Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

VANTAGENS DO PARTO NORMAL

IMG_0081.JPG

Quando se fica grávida, principalmente da primeira vez, ficamos de uma forma geral ansiosas pelo nascimento do bebé, e um dos primeiros "medos" que surge é se seremos ou não capazes de “ter um parto normal ou se não seria melhor um parto por cesariana”.

 

Felizmente, hoje em dia é possível ter um parto normal quase sem dor, através da anestesia epidural ou recorrendo a outros métodos não farmacológicos, como a acupuntura, caminhar, um banho de imersão ou umas massagens... O importante é que a grávida esclareça todas as dúvidas com o médico e conheça se não existe nada que impeça o parto normal (uma alteração no bebé, uma infecção, uma patologia, etc...), pois caso não existam contra-indicações, o melhor é deixar a natureza agir naturalmente.

 

Ora o que muitas mulheres desconhecem, é que o parto normal tem inúmeras vantagens sobre sobre a cesariana pois, por incrível que possa parecer, o corpo da mulher foi preparado para isso mesmo. Por isso, é que num parto normal, a recuperação é mais rápida e os riscos de surgirem complicações na mãe e no bebé são muito menores... Basta pensarmos que o parto normal acaba por ser o término natural de uma gravidez. 

 

Mas afinal, o que é o parto normal?

O parto normal é a maneira mais natural para o bebé nascer, no qual o bebé nasce pela via vaginal.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), entende-se por parto normal aquele que se inicia espontaneamente, que tem baixo risco, mantendo-se assim até ao nascimento do bebé. O bebé nasce espontaneamente, em apresentação cefálica de vértice, entre as 37 e as 42 semanas completas de gestação. Depois do parto, a mãe e o bebé apresentam-se em boa condição.

 

Vantagens do parto normal para a mãe

  • Recuperação muito mais rápida e consequentemente menor tempo de internamento hospitalar;
  • Menor risco de infecção;
  • Favorecimento da produção de leite materno (ideal para quem quer amamentar);
  • Ligação imediata entre a mãe e bebé; 
  • Involução uterina mais rápida (o útero volta ao seu tamanho normal mais rapidamente);
  • No caso de uma segunda gravidez, e a cada parto normal, o tempo de trabalho de parto fica mais reduzido (de uma forma geral, o primeiro trabalho de parto dura cerca de 12 horas, a partir da segunda gravidez, o tempo pode diminuir para 6 horas, existindo mulheres que conseguem ter o bebé em 3 horas ou até menos).

 

Vantagens do parto normal para o bebé

  • Maior facilidade para respirar espontaneamente (o bebé ao passar pelo canal vaginal, o seu tórax é comprimido o que faz com que os líquidos que estão dentro dos pulmões sejam expelidos com mais facilidade);
  • Bebé mais reactivo ao nascer (o bebé beneficia das alterações hormonais que ocorrem no corpo da mãe durante o trabalho de parto normal. Os bebés que nascem de parto normal quando ainda não tem o cordão umbilical cortado e são colocados em cima da barriga da mãe conseguem arrastar até o peito para mamar, sem precisar de nenhuma ajuda);
  • Maior receptividade ao toque (durante a passagem pelo canal vaginal, o corpo do bebé sofre uma espécie de massagem, fazendo com que ele fique mais desperto para o toque e não estranhe tanto o toque das pessoas ao nascer);
  • Bebé mais tranquilo (ao nascer o bebé pode ser imediatamente colocado em cima da mãe, o que acalma tanto a mãe como o bebé e aumenta os laços emocionais. E após estar limpo e vestido, pode permanecer todo o tempo junto da mãe, se ambos estiverem saudáveis, pois não precisa ficar em observação).

 

É claro que o parto normal não pode ser realizado com dia e hora marcados, mas há sempre uma data provável, que nos ajuda a estarmos preparados para a chegada do bebé. O importante é estarmos informadas, conhecer as fases do parto e saber reconhecer os sinais que o nosso corpo nos dá para irmos para a Maternidade

 

O Gui nasceu de parto normal, e espero que o Martin nasça também, pois é maravilhoso podermos estar bem e não termos dores depois do parto. Caso não exista nenhuma restrição para o parto normal, não tenha receio deste momento e lembre-se que estar depois "inteira" para cuidar do bebé, sem ter as restrições que uma cirurgia acarreta, é de facto fantástico!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.