Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

UMA QUESTÃO DE LIBERDADE

No passado dia 16 de Outubro, um professor - Samuel Paty - de 47 anos, foi decapitado após mostrar caricaturas do profeta Maomé numa aula sobre liberdade de expressão. Tudo aconteceu, por volta das 17 horas, na saída da escola onde trabalhava, na pequena cidade de Conflans-Saint-Honorine, em Yvelines, na região parisiense, quando um terrorista o assassinou. Um ataque feito por um jovem de 18 anos de origem chechena, que acabou por morrer ao ser baleado pela polícia, no momento da captura.

 

Perante esta tragédia, o Presidente Emmanuel Macron defendeu a liberdade de expressão e o uso de caricaturas satíricas, como as do profeta Mohamed, mostradas pelo professor Samuel Paty, mas desde aí, vários países muçulmanos, como a Turquia, têm lançado várias críticas contra a França.

 

Hoje, foi em Nice, no sul da França... Mais três pessoas morreram num novo ataque com uma faca! O atentado aconteceu às 9h dentro da basílica Notre-Dame. Duas das pessoas, um homem de 55 anos e uma mulher de 60 anos, foram mortos dentro da igreja. A mulher foi degolada e o homem, ferido com diversos golpes de faca no pescoço. Já a terceira vítima, de 44 anos, ainda conseguiu fugir da igreja, mas acabou por não resistir e morreu num bar que se situava próximo do local onde aconteceu a tragédia. "Digam aos meus filhos que eu os amo", ainda conseguiu dizer pouco antes de morrer, segundo depoimentos de testemunhas.

Desta vez, o terrorista, um migrante tunisiano de 21 anos que chegou à França no início do mês, foi ferido durante a intervenção policial e levado ao hospital e enquanto estava algemado proclamou as palavras "Allahou akbar" (Allah é o maior). 

 

Com isto, o governo francês aumentou o nível de segurança em todo o país para "atentado de emergência" (urgence attentat), que corresponde a um estado de alerta máximo, aumentando de 3.000 para 7.000 os militares que vão patrulhar as ruas e proteger especialmente os locais de culto nas vésperas da festa católica de Todos os Santos.

 

Com tantos atentados, confesso que começo a ficar um bocadinho preocupada... Sem falar que na próxima segunda-feira está prevista uma homenagem em todas as escolas ao professor que foi assassinado... Só espero que nenhuma tragédia volte a acontecer...

FB_IMG_1603975597935.jpg

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.