Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

"TESTAR, TESTAR, TESTAR"

Covid-19

Quando a Organização Mundial de Saúde (OMS) dizia, a propósito da COVID-19, que o importante era "testar, testar, testar", o governo Francês decidiu, no início desta pandemia, que só as pessoas com saúde mais frágil, doentes internados nos hospitais e profissionais de saúde é que deveriam ser testados.

Demorou tempo, morreram muitas pessoas, e os hospitais tiveram que ficar saturados para o governo mudar de estratégia e aceitar a importância de "testar". 

Passaram a testar também todas as pessoas, desde que tivessem uma prescrição médica... Mas foram precisos mais alguns meses para reconhecerem que esse método também não era o mais lógico para "testar, testar, testar"...

Só em finais de Novembro é que o governo francês seguiu à risca esta indicação da OMS e colocou os testes à disposição do público. A partir dessa altura, passamos a poder fazer os testes nos laboratórios, nas farmácias, em consultórios médicos ou de enfermagem, com ou sem marcação, com ou sem sintomas, e sem qualquer tipo de prescrição médica, quantas vezes as pessoas quiserem ser testadas, e sem qualquer custo associado.

Sei que o mesmo não acontece em muitos países e confesso que custa-me a acreditar como é que isso ainda é possível! Na minha opinião, os testes deviam ser gratuitos a todas as pessoas, em qualquer país do Mundo, porque se queremos realmente proteger temos que testar para depois isolar!

IMG_1568.JPG