Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

DESCULPEM A AUSÊNCIA...

Desculpem a ausência mas foi tudo por uma boa causa... Estivemos, os três, quinze dias de férias em Portugal, desta vez o Papá R. (como chama carinhosamente o Gui) ficou em França... É claro que não foi fácil deixar o Papá cá, mas mesmo assim, foi bom podermos fazer esta escapadela os 3, para matar algumas das saudades antes do Principezinho 2 nascer...

 

Tentámos aproveitar o máximo que pudemos, visitamos a nossa família e alguns dos nossos amigos, passeamos pelo campo, andamos pela cidade e corremos pela praia... Mas que dias fantásticos que tivemos... Só foi mesmo pena o papá não estar também...

 

Fomos presenteados por dias de sol fantásticos, com algum calor à mistura... Despedimo-nos do Inverno da melhor forma possível... E prometemos que um dia aquele pedacinho de terra tornaria a ser o nosso lar...

 

O Gui andava eufórico com tanta liberdade... E assim que viu a praia correu a reclamar que queria "nadar" na água como fazemos nos dias quentes de Verão... Tentei explicar-lhe que só podíamos ir para a água quando regressassemos nas próximas férias, com mais calor, mas na sua inocência dos dois anos respondia-me sempre que "ali já era o calor"... E claro que para ele estava suficientemente calor, para trás tínhamos deixado os gorros e os casacos de Inverno a que estávamos habituados... Lá acabou por perceber que ir para a água seria complicado, mas mesmo assim delirou com o simples facto da podermos brincar na areia junto à água...

 

As idas ao parque também eram mais interactivas, depressa o Gui percebeu que todas as crianças falavam a mesma língua que ele, e não aquela língua estranha que ele percebe mas teima em não falar... 

 

Aproveitamos ainda para comprar algumas roupinhas super fofinhas para o Principezinho 2, e é claro que o Gui acabou por ganhar alguns presentinhos também...

 

No final, regressamos cansados mas com o coração cheio e uma mala cheia de boas recordações.... Como foi bom podermos recarregar baterias... Agora é aproveitar os dias da melhor forma, pois muitas coisas boas se avizinham antes das próximas férias de Verão! ❤️

339F2B76-8877-4A6A-98FA-020305393278.jpg

BABY BOY OR BABY GIRL?

IMG_9599.JPG

Ontem foi dia de fazermos a ecografia do segundo trimestre, e ficamos a saber o sexo do nosso Baby 2... Depois de tantos palpites, desta vez o nosso feeling estava certo...

 

A ecografia estava marcada para as 15h30min, e nós tínhamos explicado ao Gui que íamos então ver o bebé numa "televisão" e descobrir se ele ía ter um mano ou uma mana para brincar... A hora não era das melhores para ele, por isso, tal como na primeira ecografia, o Gui adormeceu antes de sermos atendidos e só acordou quando estávamos a chegar a casa. 

 

Contamos-lhe então o que iria ser, mas sinceramente não sei até que ponto ele realizou o que lhe dissemos... Faltava agora fazer uma surpresinha gira à família: desvendar finalmente o sexo do nosso Baby 2 de uma maneira original!

 

É óbvio que a surpresa já estava todo ela planeada na minha cabeça, não gostasse eu de fazer surpresas... Há muito que tinha encomendado um balão preto para anunciar a novidade, por isso faltava só saber exactamente como iríamos fazer a surpresa, de forma a que o Gui estivesse 100% de acordo... Tudo dependia do seu estado de espírito...

 

Colocamos um balão da cor do sexo do BABY 2 dentro do balão preto, enchemo-lo e demos um nós, de seguida colocamos uns confetis, e enchemos o balão preto... No início pensei que seria melhor o R. rebentar o balão com a ajuda do Gui, pois ele não seria capaz, mas na hora achei que seria bem mais giro se fosse o Gui a rebentar o balão... Depois de explicarmos ao Gui o que tinha que fazer, ele ficou todo entusiasmado para fazer o que estávamos a pedir... Depois disso, foram preciso apenas uns segundinhos de forma a fazermos uma introdução ao vídeo e o Gui poder finalmente rebentar o balão no berço do BABY 2...

IMG_9606.JPG

Pois é, sempre vem aí um segundo menininho! O nosso feeling esteve sempre certo, e o Gui acabou por ver o seu desejo concretizado, pois dizia que queria um bebé menino... Nós também ficamos com a "vida facilitada" pois desde o início que já tínhamos escolhido o nome do nosso Principezinho 2! 💙

SAUDADE

IMG_9406.JPG

"Aeroportos já viram mais beijos sinceros do que casamentos. Paredes de hospitais já ouviram preces mais honestas do que igrejas. A verdade absoluta das pessoas, na maioria das vezes, só aparece no momento da dor ou na ameaça da perda..." E foi neste momento de "dor" que nos despedimos e, quase sem olhar para trás, entramos naquele avião que tinha como destino aquela que é por agora a nossa casa...

 

Sempre pensei que cada partida fosse ficando mais fácil à medida que o tempo passasse, sempre acreditei que as saudades pudessem ser também menores, mas enganem-se... Quanto mais o tempo passa, quantas mais partidas vivenciamos, maior é essa saudade...

E DE REPENTE JÁ É NATAL ❤

IMG_20181224_231340_835.jpg

Feliz Natal a todos vocês! Por aqui estaremos em Portugal apenas no dia 26... "Ossos do ofício"...

JÁ CHEIRA A NATAL ❤️

IMG_9366.JPGEste ano, ao contrário do que aconteceu o ano passado, o Natal vai ser passado por aqui, pois tenho que trabalhar uma das festas... Estaremos em Portugal na Passagem de Ano... E apesar de não passarmos cá todas as festas, o ambiente Natalício não podia faltar cá em casa, não fosse eu fã desta época do ano...

 

Começamos a decorar a casa pouco depois de entrarmos em Novembro, entramos em contagem decrescente para as nossas férias de Natal este fim-de-semana, mas só hoje é que demos o toque final à nossa árvore de Natal... Um momento simples mas digno de uma partilha... Foi mesmo  bom sentir a alegria do Gui por saber que era ele que tinha que colocar a estrelinha bem no topo da árvore!

 

E por aí, também já cheira a Natal?

PARIS TEM MAIS ENCANTO

Já vos tinha dito que em 5 anos que cá estamos jamais tínhamos tido um Setembro tão bom... O Outono acabou por trazer a chuva e o frio mas Outubro decidiu ser generoso e brindar-nos também com dias de sol e calor... Esta semana tem sido incrível: sol e temperaturas mínimas e máximas que nos fazem pensar que afinal estamos na Primavera!

 

O Instituto de Meteorologia prevê que amanhã e sábado tenhamos Sol com temperaturas máximas a chegar aos 26-27 graus Celsius! Nem parece que estamos em Paris... E o melhor é que este fim-de-semana temos a nossa família próxima por cá já que a minha irmã mais nova vem festejar aqui o seu Aniversário... Nada melhor que um tempo destes para desfrutarmos de uma festa em família e aproveitarmos para passear pelas ruas de Paris... 

 IMG_9167.JPG

 

DE REGRESSO...

Ontem fez exactamente uma semana que as nossas férias de Verão terminaram, daí ter andado ausente por aqui... Passou demasiado rápido, mas deu para matar um bocadinho das SAUDADES que tínhamos da nossa Família, dos nossos Amigos e de cada cantinho do nosso Portugal!

IMG_9109.JPG

Entre o Norte e o Sul, passamos grandes momentos em Família e com os Amigos... Que bom que foi estarmos presentes na Romaria da Senhoria d'Agonia, nas Feiras Novas de Ponte de Lima, em todas as jantaradas que tivemos e no casamento dos nossos Amigos... Queríamos ter estado mais tempo com algumas pessoas mas infelizmente o tempo passa tão rápido que quando damos conta já está na hora da partida... Mesmo assim foi muito bom!

IMG_9114.JPG

É maravilhoso sentirmos que por mais que estejamos a quilómetros de distância e por mais que o tempo passe, cada vez que voltamos à "nossa casa" parece que nunca saímos de lá! ❤️

SORRI, É AGOSTO! ❤️

IMG_9028.JPG

E de repente faltam só 15 dias para estarmos de malas feitas rumo ao nosso querido Portugal! Há dias que parece que o tempo não passa, mas quando olhamos para trás, e vemos que ainda há pouco tempo o Gui passava as suas primeiras férias de Verão em Portugal... Que saudades dele assim tão pequenino...

 

Este ano não voltará a faltar sol, festas e praia... Que bom que é sentir o cheiro das férias chegar... Daqui a uns dias lá estaremos nesse cantinho tão nosso chamado Portugal...  Juntos dos nossos familiares e amigos, a matar saudades de tudo o que deixamos para trás...

FELIZ DIA ❤️

IMG_9018.JPG

No Brasil e em Portugal, o Dia dos Avós é comemorado hoje, dia 26 de Julho, como forma de comemorar o dia de Santa Ana e São Joaquim, pais de Maria e avós de Jesus Cristo.

 

Na Itália houve a preocupação de desconectar o Dia dos Avós da memória dos santos, justamente para enfatizar o caráter civil (e não religioso) da celebração - e a "Festa Dei Nonni" é celebrada no dia 2 de Outubro. Nos Estados Unidos, comemora-se no primeiro domingo de Setembro, no Reino Unido, no primeiro domingo de Outubro e na Estónia no segundo domingo de Outubro. Já na Austrália, a data tem lugar no primeiro domingo de Novembro, e no Canadá, a 25 de Outubro.

 

A França é um caso raro: há o Dia das Avós (o primeiro domingo de Março) e o Dia dos Avôs (o primeiro domingo de Outubro).

 

Apesar de estarmos em França, comemoramos as datas tal e qual a Portugal, por isso, hoje é o dia dos nossos Avós também! Aqui vai um beijinho especial a todos os Super Avós que amam os seus netos como se fossem os seus filhos.

 

Feliz Dia dos Avós! ❤️

SAUDADE

Amanhã faz uma semana que viemos de umas mini-férias de Portugal... Foram 7 dias tão curtos que mal tive tempo para "repousar" e passar por aqui...  Foi a última viagem que o Gui viajou gratuitamente de avião (já que em Junho completa já 2 anos!Nem me acredito... O tempo voa!), e foi a primeira viagem em que viajamos apenas os dois (pois o R. não tinha mais férias)... Foram 7 dias intensos, 7 dias que me fizeram reflectir ainda mais sobre esta nossa vida longe do nosso país... 

 

Sempre pensei que com o tempo, as saudades do nosso país, se fossem atenuando... Imaginei até que um dia iria dizer, como ouvimos muitos emigrantes, "na França é que é...  Na França não há nada disto, nem nada daquilo...". Mas não...

 

Mais o tempo passa, mais eu vejo que a saudade aumenta... Mais eu vou a Portugal e eu me apercebo que fica mais difícil regressar aqui... Mais eu vejo o Gui crescer, mais eu acredito que ele teria uma infância mais feliz e saudável em Portugal... 

 

Perguntam-me muitas vezes se tenho saudades do meus país, se penso um dia voltar... Como não ter saudades do cheiro e do sol das nossas praias, do campo e das montanhas? Como não ter saudades de passear tranquilamente na minha cidade? Como não ter saudades da nossa comida, das esplanadas dos nossos cafés, das nossas Igrejas, dos nossos Mercados, das nossas Feiras? Como não ter saudades da nossa Família e dos nossos Amigos? Como não ter saudades das jantaradas, das saídas à noite, das festas em família e/ou entre amigos? 

 

É preciso estar longe e sair do nosso cantinho para percebermos a dimensão da palavra saudade! É preciso acreditar que esta é apenas uma fase das nossas vidas, e que um dia, não muito longe do amanhã, iremos regressar sem arrependimentos e aproveitar melhor tudo o que até aqui não dávamos o devido valor... Só quem está longe é que irá perceber, e só quem está longe é que sabe como fica mais difícil cada abraço de despedida...

 

Nunca me arrependi de ter saído de Portugal e, se o tempo voltasse atrás, voltaria a fazê-lo... O facto de sairmos do nosso país dá-nos uma visão melhor do Mundo, dá-nos uma melhor visão do que realmente queremos, e do que é mais importante para nós...

IMG_8594.JPG

SOBRE O FIM-DE-SEMANA DE PÁSCOA...

Pelo quinto ano consecutivo passamos a Páscoa na Alemanha...

Mas desta vez foi diferente...

Foi tão bom ver a ALEGRIA do Gui...

Como ele adora estar rodeado de pessoas queridas...

Foram 3 dias que mais pareceram 3 semanas de desenvolvimento...

Foi impressionante como o Gui cresceu...

O lado menos bom disto tudo, foi a hora da partida...

Foi de partir o coração...

Tão pequenino, mas já percebeu que a hora da despedida dói,

e dói muito...

A partir de agora vai ficar ainda mais difícil

a hora de dizer "vamos até ali mas voltamos já"...

IMG_8394.JPG

CONTADO NINGUÉM ACREDITA

IMG_8357.JPG

Finalmente chegaram por aqui os oregãos em folhas e o alecrim (em francês, romarin)! Pode parecer mentira, mas estas especiarias não existiam simplesmente nos supermercados daqui.

 

Ora nós, consumidores de oregãos, víamo-nos obrigados a trazer sempre uns 2 ou 3 fresquinhos connosco, cada vez que íamos a Portugal. Nem consigo compreender como é que eles não tinham estas ervas aromáticas, de qualquer forma agora já sabemos que, pelo menos, no Lidl vamos encontrar o que tanto procurámos quando chegámos aqui! 

 

"Novidades"... Dizem eles por aqui! (até me deu vontade de rir quando vi esta placa!!!)

O MEU SUPER PAI

Somente os Melhores Pais se transformam em Super-Avôs,

como TU!

E é por seres assim,

tão genuíno e tão generoso,

 que és o meu Ídolo Favorito!

 

FELIZ DIA A TODOS OS SUPER PAIS

(não esquecendo o R., o Super Pai do Gui 💙)

IMG_8289.JPG

ALTERAR A MORADA NO CARTÃO DE CIDADÃO - PARTE 2

IMG_8272.JPG

Lembram-se do post que fiz sobre a "alteração da morada no Cartão de Cidadão"? Pois é, depois de descobrir que podia comprar o bendito leitor de cartões, pedi à minha mãe para comprar um e trazer-nos quando viesse cá em Fevereiro, pois teríamos que mudar novamente as nossas moradas... E assim foi, a minha mãe lá me comprou o aparelho, por cerca de 20 euros, e eu estava toda entusiasmada pois ía mudar não só as nossas moradas, como a morada do Gui (uma vez que da última vez não tinha encontrado os códigos do cartão de cidadão dele).

 

Assim que nos mudámos, fomos então ao site do Portal do Cidadão, que por sinal não é nada evidente e prático, criamos a dita Chave Móvel Digital (CMD) e, com os PIN's de autenticação do Cartão de Cidadão, fizemos os pedidos para alterarmos a nossa morada. O problema é que tudo isto correu bem para mim e para o R., já para o Gui, como tem menos de 16 anos, não foi possível fazer nenhuma alteração online pois simplesmente o sistema não deixa, a alteração tem que ser feita presencial num Balcão ou num Consulado, sendo que para isso é necessário:

- a apresentação do Cartão de Cidadão; 

- o acompanhamento de um maior (de preferência, pai ou mãe) identificado com Bilhete de Identidade, Cartão de Cidadão, Autorização/Título de Residência ou documento de inscrição no Consulado.

 

Ficamos parvos com esta situação! Como é possível não conseguirmos fazermos a alteração da morada do nosso filho, via online?! Não deveria o Cartão de Cidadão de uma criança estar conectado a pelo menos um dos Cartões de Cidadão (da mãe ou do pai) de forma a que possamos fazer também esta alteração simultaneamente?! 

 

Com isto, o Gui continua com uma morada totalmente diferente da nossa, com uma morada que já não faz parte das nossas vidas... Ir ao Consulado de Portugal a Paris está totalmente fora de questão... E com tantos entraves, lá teremos que continuar com a esta situação irregular, só vamos fazer esta alteração da próxima vez que formos a Portugal!

GENTE QUE SE PREOCUPA COM A GENTE!

IMG_8196.JPG

Hoje entregamos as chaves do nosso antigo apartamento, moramos lá quase quatro anos, e por incrível que possa parecer sentíamo-nos bem naquele lugar. 

 

Tal como este apartamento, onde moramos agora, também aquele foi encontrado no site da "leboncoin", só que este pertencia a um particular, não a nenhuma agência... O senhorio, um ex-construtor reformado com os seus 70 e muitos anos, era o proprietário de todo o edifício, tinha sido construído pela empresa dele... O edifico tinha apenas três andares, cada andar tinha quatro apartamentos, e o nosso ficava no último andar... Não tinha elevador, tínhamos um lugar de estacionamento no exterior e uma cave... 

 

Lembro-me da primeira vez que fomos ver o apartamento, ficamos imediatamente convencidos que era uma boa escolha, pelo edifico que era, pela área que apresentava (50 metros2) e pela proximidade ao meu local de trabalho... Na altura só tínhamos um carro, e não queríamos comprar outro, por isso, a maior parte das vezes ía a pé (quer dizer, vinha a pé para casa, porque como trabalhava de noite, o meu marido levava-me sempre)...  

 

Quando nos mudamos para ali, pensavamos que a relação com os vizinhos seria semelhante àquela que tínhamos no nosso apartamento do Porto... Felizmente, estávamos enganados, havia uma espécie de mini-comunidade... Pouco a pouco fomo-nos conhecendo... Não éramos propriamente aqueles vizinhos que íamos bater à porta para pedir um "bocadinho de salsa", mas éramos suficientemente próximos... Cumprimentávamo-nos, falávamos do nosso país, das férias... Sabíamos quando estávamos ausentes e porque estávamos ausentes... Havia uma certa preocupação em saber se estávamos bem...

 

Foi bom sentirmo-nos bem longe da nossa verdadeira casa, foi bom encontrarmos vizinhos assim, foi bom saber que, aqui, ainda existem pessoas que gostam de viver em comunidade.... Foi bom saber que existe gente que se preocupa com a gente! ❤️