Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

"MUITO BONITO"

Ontem, o Gui chegou dos tempos livres e disse-me:

- Mamã, amanhã tenho que ir muito bonito.

- Muito bonito... Mas tu vais sempre muito bonito. O que há amanhã Gui? - perguntei super curiosa.

- Porque amanhã tenho um espectáculo e tenho que ir bonito... Mas, não é bonito de camisa, não vou tirar fotografias.

Respirei fundo para não rir, e respondi-lhe: 

- Sabes Gui, tu ficas tão bonito de camisa que a mamã de vez enquando gosta de te ver assim.

Sem exitção, o Gui respondeu: 

- Está bem mamã, pode ser levo então uma camisa para ir bonito!

IMG_20210421_172214_968.jpg

Moral da história: o meu Principezinho está a crescer rápido demais! 

PLANETAS...

Perguntas de uma criança de 4 anos...

No dia em que o Martin teve alta, o Gui, do nada, colocou-me duas perguntas pertinentes na hora do jantar:

- Mamã, como se formaram os Planetas? E nós, como aparecemos?

Olhei para o R. e sem saber o que lhe responder, pois jamais imaginava que ele faria este tipo de perguntas com esta idade, perguntei-lhe porque tinha interesse em saber sobre isso e se alguém tinha falado desse assunto na escolinha...

Com o ar de "menino inteligente", e na inocência dos seus pouco mais de 4 anos e meio, o Gui respondeu: 

- Não, ninguém falou disso, sou eu que quero saber.

Incrédula com aquela resposta perguntei de imediato ao R. o que tinham andado a fazer nos 3 dias em que eu e o Martin estivemos ausentes de casa.

- Nada de mais, o costume, até eu fiquei impressionado! - disse o R. com ar de espanto.

IMG_1690.JPG

E foi naquele minuto que nos sentimos as pessoas mais ignorantes do Mundo... Como Raio podemos falar disto a uma criança de 4 anos?!

Naquele dia, confesso que divaguei um bocadinho porque tinha tido uns dias bastante cansativos, mas prometi que iria aprofundar o assunto e encontrar a melhor forma de lhe responder a essas perguntas tão pertinentes....

TODOS DIFERENTES TODOS IGUAIS 💚

Peripécias com o Gui

Ontem a televisão estava ligada quando o Gui muito espantado perguntou:

- Mamã, aquela menina tem um bebé na barriga?

Fiquei curiosa com aquela pergunta e respondi-lhe que não, ao mesmo tempo que lhe perguntei porque motivo ele achava que a menina estava grávida... E foi aí que o Gui respondeu:

- Porque tem umas mamas muito grandes mamã!

Achei engraçado a ligação que ele estabeleceu, e ainda lhe perguntei se eu tinha as mamas muito grandes quando estava grávida do mano... E se na realidade até as tinha bem grandinhas, o Gui respondeu-me na sua inocência que não. E em seguida ainda me perguntou porque razão tinha aquela menina as mamas tão grandes...

- Sabes Gui, há mamas grandes e mamas pequenas, há adultos altos e adultos baixos, assim como há meninos grandes e meninos pequenos... Somos todos diferentes, mas no fundo somos todos iguais... E sabes o melhor?! Está tudo bem, o importante é que cada um de nós saiba respeitar isso! 

IMG_1635.JPG

No final do dia, quando o R. chegou o Gui contou orgulhoso que éramos todos diferentes, mesmo sendo iguais... Acho que percebeu a mensagem... Pelo menos, foi com a ideia que fiquei! ❤️

MAMÃ, JÁ NÃO SOU PEQUENO...

Peripécias com o Gui

Hoje, enquanto nos dirigíamos para a escola, o Gui ía apontando para me dizer quem eram os meninos pequenos, médios e grandes... Às tantas, viro-me para ele e digo-lhe:

- Sabes Gui, tu és "médio", mas para o ano já vais ser "grande"...

No mesmo instante, o Gui olha para mim, com um ar de "mini adulto" e responde-me todo apressado:

- Eu sei mamã, já não sou pequeno, sou médio e, para o ano já vou ser grande, por isso vou trabalhar com o Papá!

IMG_1432.JPG

Fiquei sem reacção perante aquela resposta e nem o quis contrariar no seu pensamento, pois senti que aquelas palavras foram ditas com o maior orgulho e com toda a convicção...

O mais giro é que ele farta-se de dizer que quer ser Polícia quando fôr crescido, mas hoje respondeu-me que ís trabalhar com o papá... Talvez porque reconheça que o "trabalhar/ter uma profissão" faz parte da vida de um adulto, e o quanto isso acaba por ser importante no dia-a-dia... 

O BICHO CABIDELA

Peripécias com o Gui

Omtem, enquanto que o Martin dormia, e uma vez que estava sol aproveitamos para cortar a relva do jardim que já estava a ficar bastante crescida... O Gui estava todo entusiasmado a ajudar quando, de repente, encontrou algo a mexer na relva...

- Olha mamã, o que encontrei... Um bicho cabidela!

Olhei para ele e tentei não me rir, aproximei-me e vi que era o insecto que eu pensava: uma cadela de abade! Perguntei outra vez o nome daquele insecto, e ele voltou a responder "bicho cabidela", corrigi-o mas ainda hoje voltou a falar do insecto e tornou a dar-lhe o mesmo nome... 

IMG_1376.JPG

Pelos vistos, este insecto é conhecido por uma série de nomes, ainda tentei ver se o nome que o Gui dava aparecia na lista, mas pelos vistos parece que não... Eh... Eh... Eh...

FÉRIAS EM TEMPO DE PANDEMIA

Fez ontem 1 semana que apanhamos o avião e partimos os 3, eu e os dois bonequinhos, rumo às nossas merecidas férias de Verão... O R. ainda ficou mais uns dias mas irá juntar-se a nós muito em breve...

 

Confesso que tinha um certo receio de viajar de avião com esta pandemia, mas acho que correu tudo bem... Os meus bonequinhos estiveram à altura e, tanto no aeroporto como no avião, senti que estávamos seguros.

 

Os dias têm sido bastante movimentados, passados da forma mais simples, no campo e na praia, em boa companhia...

 

O Martin tem estado super enérgico e só quer andar de um lado para o outro, o pior são as noites que não têm sido nada fáceis porque acorda imensas noites, ora com os galos a cantar, ora com o calor ou até a luz do dia que entra pela janela do quarto que fica aberta...

 

O Gui revelou-se a grande surpresa, está super sociável e comunicativo tanto com os adultos como com as crianças. Anda super entusiasmado com as descobertas da vida do campo e à conta disso temos vivido momentos muito caricatos... Desde ele tirar um pintainho de um ovo que ainda estava por nascer sem ninguém ver porque tinha visto a minha mãe a fazer o mesmo, até chamar por mim a correr para me mostrar um "coelhinho" que estava no jardim que na verdade era um rato morto, passando por colocar a máquina de lavar louça a lavar porque viu que tinha louça um bocadinho suja... Nem imaginam o quanto nos temos divertido...

 

As férias ainda estão a começar e estamos ansiosos que o R. e o resto da família, que está longe se junte a nós... Com esta Pandemia, sabemos que estas férias vão ser bastante diferentes, mas com os devidos cuidados vamos procurar aproveitar e divertirmo-nos ao máximo! À conta disto, e como era de se prever, os posts serão menos frequentes mas prometo passar aqui para contar as novidades e as peripécias que achar que merecem destaque!

received_214961883207661.jpeg

PERIPÉCIAS COM O GUI

IMG_20200506_150038.jpg

Estava com o Gui a fazer esta actividade e fiz-lhe a pergunta tal como tinha no livro: Qual o animal que tem o pescoço mais longo que a Avestruz?.

O Gui, olha para mim com cara de suspeito, começa a pensar e diz:

- Já sei mamã, é o Frango!!!!

Não me consegui conter e fartei-me de rir com semelhante resposta... Como é que ele se foi lembrar do frango??!

Ainda a rir, olhei para ele e tentei perceber o motivo de tal resposta, mas como era de esperar não obtive explicação... Foi então que o R. lhe deu uma pista e ele respondeu de imediato que era a Girafa...

Acho que sempre que olhar agora para uma girafa vou lembrar-me deste dia... (Eh... Eh... Eh...)