Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

AU REVOIR PARIS ❤️

Faz pouco mais de 2 dias que deixamos para trás aquele que foi o nosso lar durante quase 9 anos...

IMG_20220724_141210

Foi precisamente na sexta-feira passada... Mas com tanta confusão e algazarra, ainda não tivemos tempo de assimilar tudo o que aconteceu até aqui...

 

A semana começou da pior forma possível quando a menos de 24h a empresa que devia fazer as mudanças nos informou que viriam apenas na quarta-feira à tarde, e não na terça-feira como estava programado... Naquele dia, se o meu coração não parou, pouco faltou... (É claro que estou a exagerar, mas que foi horrível foi....)

Tinhamos programado a entrega das chaves do apartamento para a quarta-feira de manhã, e à tarde era suposto chegarmos a Bordeaux, onde ficaríamos 2 noites para descansar, e dali o destino era conhecer Madrid...

Mas o destino não quis que fosse assim... Tive que ligar para a agência, explicar a situação, e pedir para adiar a nossa saída... Felizmente não colocaram nenhum entrave, tivemos que pagar mais um dia de "estadia" e as chaves apenas foram entregues na sexta-feira, às 15h...

Sexta-feira, o pior fim-de-semana para viajar de carro rumo a Portugal, o fim-de-semana onde a maior parte das pessoas parte de férias... Mas nós não estávamos em posição de reclamar...

 

A nossa preocupação principal era a empresa de transporte voltar a falhar connosco... Tinhamos o "coração nas mãos"...

Felizmente, na quarta-feira apareceram, não à hora marcada, mas sim da parte da manhã, sem que ninguém fosse avisado previamente... Apenas um amigo estava disponível, e a três acabamos por transportar tudo para o camião..

IMG_20220726_225017

Talvez esse tenha sido o pior dia... O dia em que stressamos mais... 

Depois veio a quinta-feira, ficamos sem electricidade porque era suposto já não estarmos ali... Tínhamos cancelado o contrato...

Ficamos 24 horas sem electricidade... Escusado será dizer que vivemos grandes aventuras a 4...

 

Na sexta, demos "ao litro" para acabarmos de limpar o apartamento e colocarmos tudo no carro...  E tal como programado, lá estávamos os 4, às 15h, prontos para entregarmos a chaves daquele que foi o nosso último lar...

IMG_20220731_212402

Dali, entramos no carro, suspiramos, e super cansados ainda fomos tratar de algumas coisas que tinham ficado pendentes...

No final do dia, fizemos um jantar em jeito de despedida com os nossos amigos, num restaurante francês...

Pernoitamos na casa deles, e de manhã tomamos o pequeno-almoço todos juntos... Entre beijos, abraços e lágrimas, despedimo-nos com o "coração bem apertadinho"... E dali, partimos em direção a Bordeaux...

IMG_20220731_141213

Foi mesmo estranho despedirmo-nos daquele lugar e de todas as pessoas que ali ficaram... Nem parecia que estávamos de férias, nem parecia que estávamos felizes por termos finalmente chegado a este dia... 

 

Acho que o cansaço que fomos acumulando ao longo destas últimas semanas acabou por nos deixar esta sensação de "vazio", pois não tivemos tempo de assimilar tudo o que estava a acontecer...

Por isso, achamos que seria vantajoso tirar uns dias de férias, em Bordeaux, de forma a recarregar baterias e poder enfrentar com mais energia todos os novos projetos que estamos prontos a abraçar...

DESCULPEM A AUSÊNCIA...

Quem me segue deve ter reparado que tenho andado bastante ausente... Isto de regressarmos a Portugal fez com que a nossa vida desse uma volta de 360 graus...

Entre a organização de papeladas, os comunicados oficiais a informar que vamos mudar de país, a venda do nosso mobiliário, "os lanches/jantares de despedida", a organização das festas de aniversário do Gui e do Martin, mal tenho tido tempo para me dedicar ao blog...

A festa do Gui é já amanhã, num dia mais quente deste ano... IMG_20220617_162520

E no meio de tanta confusão o tempo tem passado demasiado rápido de mais para me conseguir organizar nesta nova fase das nossas vidas... Acho até, que tão cedo, não vou me conseguir orientar como queria...

 

IMAGENS QUE VALEM POR MIL PALAVRAS

Se há imagens que guardarei para sempre daqui de França são os lindíssimos e perfumados campos amarelinhos de Colza.

À primeira vista, e para quem chega de Portugal, a planta faz lembrar os famosos "grelos", mas enganem-se... 

IMG_20220410_121657

 

Estas plantas existem há mais de 3500 anos e o seu cultivo foi muito importante no norte da França, entre os anos 1750-1850. Foi nessa altura que a França se tornou numa das regiões mais importantes no cultivo de oleaginosas e na fabricação de óleo.

 

Para quem não sabe, as flores aparecem nos campos, geralmente, em Abril e duram várias semanas. Os botões florescem primeiro em cachos, e é então que as abelhas e o vento fazem o seu trabalho: o pólen fertiliza os óvulos das flores da planta ou de outras mais distantes. Uma vez fertilizadas, as flores transformam-se em vagens finas que contêm entre quinze a trinta pequenas sementes esféricas de cor escura: a colza está então pronta para ser colhida.

Os campos de colza são colhidos no final de Junho e Julho e a produção é então processada de acordo com o destino final: fabricação de óleo comestível, biocombustível, alimentação de animais, fabricação de mel entre outros...

 

Outra especificidade do cultivo da colza é muito apreciada pelos agricultores: a planta é uma “planta rotativa”. Isto significa que a colza, que é semeada a partir do final do verão, ocupa o primeiro lugar na rotação de culturas dos agricultores, antes dos cereais, absorvendo nitrogênio no outono e quebrando o ciclo de ervas daninhas e doenças dos cereais. A colza reduz assim a quantidade de fertilizantes e pesticidas.

 

Sempre quis tirar uma fotografia bem no meio de um campo destes... Mas confesso que também nunca pedi ao R. para parar o carro e me tirar uma fotografia no meio de um destes "jardins amarelos"... 

IMG_20220410_121542

PATRULHA PATA EM PARIS

No sábado passado, preparamos uma surpresa para o Gui e para o Martin, fomos ver o espectáculo da Patrulha Pata!

20220414_155340

Foi muito bom ver o brilho de alegria nos olhinhos dos nossos pequenitos e, diga-se de passagem que o espectáculo estava super bem feito: um episódio completo como se estivéssemos a vê-lo na televisão.

Não conseguimos reservar os lugares mesmo em frente do palco, mas acabamos por ficar bem situados na mesma. O único "se não" foi termos comprado os bilhetes das 17h e não às 10h, porque assim o Martin já não conseguiu fazer a sesta da tarde que ele tanto adora... Por isso, quando faltavam uns 5 minutos para o final, o Martin já só queria fazer mal ao Gui pois o sono também dá para este tipo de coisas...

 

Achei impressionante a quantidade de brinquedos a preços exorbitantes que haviam a circular dentro do pavilhão, nas entradas e até nas saídas... Mas interessante mesmo foi ver as taças de champanhe vendidas nos "balcões dos comes e bebes" que os inúmeros pais faziam questão de comprar para beberem enquanto assistiam ao espectáculo com os filhos... Claro que as taças eram de plástico, mas não deixava de ser "extremamente chique" não estivéssemos nós em Paris... (Eh... Eh... Eh...)

NEVE EM ABRIL

Contado ninguém acredita

Desde que a Primavera chegou o tempo tem estado realmente muito bom, porque apesar das temperaturas matinais estarem baixas (3 a 7 graus), no final da manhã e da tarde temos tido temperaturas de 20 - 22 graus...

Infelizmente o sol parece que não veio para ficar, e amanhã o tempo já começa a mudar, com descidas de temperaturas e chuva... Mas cúmulo mesmo é a neve que prevêem para a próxima sexta-feira, que mais parece uma grande mentira para o primeiro de Abril...

adobestock-28089281

Em causa está a descida do ar polar da Escandinávia. Ao que parece esta massa de ar estará fria o suficiente para nos mergulhar por alguns dias no clima de Inverno com temperaturas de Fevereiro!

received_549012269778110

Só espero que este frio que se anuncia não fique por aqui...

O DRAMA DA INDIFERENÇA HUMANA

Aconteceu em Paris

Foi apenas hoje notícia, mas o caso aconteceu na passada quarta-feira, dia 19 de Janeiro... Um fotógrafo famoso, René Robert, morreu aos 84 anos após uma queda numa rua de Paris (na rue de Turbigo).

image

Por volta das 21h, René Robert saiu para passear pelas ruas da capital depois de ter jantado num restaurante. Incapaz de se levantar após uma queda, permaneceu no chão, no frio, por nove longas horas. Ninguém se indignou a prestar assistência, e só ao fim de 9 horas, por volta das 6h30, é que um sem-abrigo, intrigado por ver o corpo de uma pessoa no chão, pediu ajuda! Encontrado em extrema hipotermia, já nada pôde ser feito, mas talvez a sua morte pudesse ter sido evitada. As razões da sua queda ainda não são conhecidas, mas em nada muda o desfecho desta tragédia. 

Esta pessoa permaneceu sozinha no chão, consciente, pelo menos nas primeiras cinco ou seis horas num dos bairros mais movimentados de Paris, sem que ninguém ficasse minimamente sensibilizado para o poder ajudar.

Este trágico fim de vida é um dos tristes exemplos que mostra bem o nosso comportamento e a nossa solidariedade com nosso próximo...

É o verdadeiro drama da indiferença hunana que se vê muitas vezes aqui... E infelizmente, cada vez mais, principalmente em grandes cidades como esta!

O ARCO DO TRIUNFO FOI EMBALADO

[Desculpem a minha ignorância]

A semana passada fui a Paris e reparei que o Arco do Triunfo estava em "obras"... Pensava eu que estava em obras, mas nesse mesmo dia recebi uma notícia a falar do que se tratava afinal....

IMG_2065.JPG

Pasmem-se agora, tal como eu, assim que vi que afinal tratava-se de uma obra de arte: 25.000 metros quadrados de polipropileno reciclado de cor azul prateado, amarrados por 3 mil metros de corda vermelha, como num pacote de presente. Uma obra do artista plástico búlgaro, Christo, e da sua esposa, Jeanne-Claude, que teve um custo de 14 milhões de euros, um projeto totalmente autofinanciado com a venda de obras originais do artista.

 

Christo fez uma fotomontagem na década de 1960, mas nunca se propôs fazê-la, pois achava que nunca obteria as permissões necessárias, a ideia foi repensada em 2017 para coincidir com uma exposição sua e foi aprovada pelas autoridades da cidade de Paris. Por causa da pandemia, e da presença de ninhos de aves que vivem há muito tempo no Arco do Triunfo, o projeto foi sempre adiado.

 

Para quem passar por lá, desde o dia 18 de Setembro até ao dia 3 de Outubro, pode apreciar esta obra... Eu cá, confesso que não percebo nada de obras de arte, mas não consigo encontrar nenhuma beleza nisto, sem falar do dinheiro que foi gasto...

IMG_2063.JPG

E vocês, o que acham?! 

RECORDAR É VIVER

Emigrantes em Paris

Faz hoje exactamente 8 anos que chegamos aqui a França para dar início a uma das maiores voltas da nossa vida...

Saímos da casa dos meus pais, exactamente no dia 3 de Agosto, no meu Peugeot 206 comercial, em pleno Verão, com as temperaturas a rondar os 35 graus... Lembro-me do imenso calor que passamos porque não tinhamos ar condicionado... Pernoitamos em Bordeaux, e chegamos ao nosso destino num domingo... No dia 4 de Agosto de 2013...

Lembro-me desse dia como se fosse hoje, cheios de medos e incertezas... E uma desilusão imensa com o que encontramos... Afinal, aquilo que tinhamos idealizado não correspondia ao que tinhamos encontrado... Ruas sujas, casas que mais pareciam abandonadas, e gente que parecia que não conseguia "ver os outros"... À medida que nos íamos aproximando do nosso destino descobrimos que o hospital ficava num local bastante isolado...

 

Dirigimo-nos directamente ao hospital onde ía começar a trabalhar, e no meu francês "tremido", dirigi-me à recepção e tive uma recepção surreal... Mal sabiam da minha chegada e nem sabiam do código da porta de entrada do edifício onde ía ficar... Ligaram para um serviço onde estava uma enfermeira portuguesa a trabalhar, para saber se se lembrava do código, mas também não se lembrava... Depois, ela ligou para alguém que ainda morava lá e conseguimos o código...

Entregaram-me um saco com roupa da cama, deram-me as indicações para ir para o apartamento e as chaves do apartamento... 

O meu coração "batia a mil", e se houve um momento que duvidei do que tinhamos feito foi exactamente naquele instante em que senti que agora apenas erámos os dois... O momento tinha chegado: agora só tinhamos que lutar para tudo dar certo...

A boa surpresa foi descobrir que tinha um estúdio reservado só para mim, por isso o R. iria poder ficar comigo, mesmo que não fosse "oficial"... A má foi ver o estado em que me entregaram o apartamento: cheio de pó, com as janelas abertas e uma temperatura interior a rondar os 30 graus!

IMG_0106.JPG

Tinhamos alugado uns quartos durante os primeiros 12 dias, porque o hospital tinha dito que o R. não podia morar comigo enquanto que estivesse no alojamento do hospital, pois iria viver com outras enfermeiras... Felizmente, conseguiram dar-me um estúdio e os planos acabaram por sair melhor do que pensávamos...

DSC00416.JPG

No dia seguinte, apresentei-me no hospital, onde a Directora dos Cuidados de Saúde estava à minha espera, fui apresentada ao serviço e à tarde fomos os dois, pela primeira vez a Paris, onde tive a entrevista na Ordem dos Enfermeiros, com um dos conselheiros da Ordem. 

Comecei a trabalhar exactemente no dia 7 de Agosto... Os primeiros dias foram, sem dúvida, os mais difíceis, entre dominar a língua, a integração no local de trabalho, e a nossa instalação/limpezas no estúdio, mal tínhamos tempo para dormir...

O R. ainda voltou a Portugal, tal como tinhamos planeado, para depois regressar de vez... Dois meses depois tinhamos arranjado trabalho também para ele, e eu tinha o meu contrato indeterminado na mão... A partir daí sabíamos que tudo iria depender apenas de nós dois...

Moramos uns meses ali, mesmo ao lado do hospital, mas foi quando nos mudamos para o nosso apartamento que sentimos que a partir dali as coisas eram "afinal mesmo a sério"...

IMG_0295.JPG

PARIS ACORDOU EM VERDE

Ontem o Presidente Macron deu luz verde ao desconfinamento total, levantando as restrições por causa da covid-19, exceto para os territórios ultramarinos da Maiote e da Guiana. Com isto, a partir de hoje é possível viajar para outros países da União Europeia, os cafés, restaurante e bares, que até agora podiam ter só esplanadas em Paris, vão poder reabrir completamente e as escolas, até ao ensino secundário, vão abrir a 22 de junho, sendo o regresso obrigatório!

IMG_1078.JPG

O Presidente fez questão de sublinhar que o vírus ainda circula e que, por isso, as aglomerações de pessoas vão continuar a ser controladas, embora não tenha especificado se o número máximo para um grupo vai continuar a ser de 10 pessoas.

 

Segundo o Presidente Macron, a prioridade da França passa agora pela construção de uma economia "forte, ecológica, soberana e solidária".... Vamos lá ver como isto vai correr... Confesso que esta abertura das escolas durante quinzes dias, antes das férias de Verão, não me deixam nada descansada e, se depender de mim, o Gui só voltará para a escola em Setembro... Não consigo perceber como é que são proibidas aglomerações de mais 10 pessoas quando as crianças vão ser obrigadas todas a ir para a escola...

PARIS JÁ NÃO ESTÁ NA ZONA VERMELHA

Paris já não está na zona vermelha para o coronavírus, com os riscos diminuindo progressivamente passamos agora para a zona laranja. A classificação laranja significa que ainda não estamos tão livres do vírus como a maioria das regiões que a França identificou como zona verde, mas as medidas restritivas anteriores ficarão facilitadas já no próximo dia 2 de Junho

IMG_1050.JPG

Foi ontem que o Primeiro Ministro francês, Édouard Philippe, anunciou a tão esperada segunda etapa do plano de suspensão do isolamento adotado na França para combater a epidemia do coronavírus. O país está praticamente toda em zona verde para o vírus, os resultados estão bons do ponto de vista sanitário, à exceção de três departamentos que estão em laranja – Île-de-France, onde se situa Paris, e dois territórios ultramarinos: a Guiana Francesa, na fronteira com o Brasil, e Mayotte, no oceano Índico. 

 

A partir da próxima terça-feira, nas zonas verdes, todos os cafés, bares e restaurantes poderão voltar a funcionar. Clientes e funcionários terão de usar máscaras de proteção facial, e as mesas poderão ter, no máximo, dez pessoas. Já nas zonas laranja só poderão abrir os cafés e os restaurantes que dispõem de terraços e áreas externas. 

 

As praias,  as casas de espetáculo, os museus e os monumentos também serão reabertos em todo país, e o uso de máscara será obrigatório para os visitantes. Já os torneios desportivos só serão retomados no dia 21 de Junho.

 

A grande novidade, há muito esperada, foi a reabertura de todos os parques e jardins nas zonas laranja.

 

Quanto à regra que limita os deslocamentos a uma distância máxima de 100 km do domicílio deixará de existir para todos. As viagens para outros países da União Europeia continuarão suspensas até, pelo menos, no próximo dia 15 de Junho.

 

Outra medida que abrange todos, incluindo as zonas laranjas, é a abertura de todas as escolas e colégios. Os estabelecimentos terão de respeitar as medidas de distanciamento social e, num primeiro momento, terão um número reduzido de alunos.

 

Parece que o panorama tem tendência para continuar a melhorar, nós cá ficamos particularmente felizes com a abertura dos jardins e parques pois desta forma vai ser possível festejar o Quarto Aniversário do Gui num parque ao ar livre! 

 

Agora é esperar que na terceira etapa do plano de suspensão do isolamento tudo volte a funcionar o mais normal possível... Vamos aguardar pelo dia 22 de Junho!

O DIA D

Hoje foi o primeiro dia oficial do desconfinamento aqui em França, apesar do risco elevado de contágio que ainda existe em vários departamentos... Confesso que tenho receio dos comportamentos que as pessoas vão adoptar agora... 

IMG_1017.JPG

Não é por acaso que a França aparece no quinto lugar dos países que apresenta o maior número oficial de mortos da doença... Vamos esperar pelo fim do mês para vermos os resultados... Até lá, o melhor mesmo é mantermo-nos o máximo possível em casa! 

PARIS TEM MAIS ENCANTO

Já vos tinha dito que em 5 anos que cá estamos jamais tínhamos tido um Setembro tão bom... O Outono acabou por trazer a chuva e o frio mas Outubro decidiu ser generoso e brindar-nos também com dias de sol e calor... Esta semana tem sido incrível: sol e temperaturas mínimas e máximas que nos fazem pensar que afinal estamos na Primavera!

 

O Instituto de Meteorologia prevê que amanhã e sábado tenhamos Sol com temperaturas máximas a chegar aos 26-27 graus Celsius! Nem parece que estamos em Paris... E o melhor é que este fim-de-semana temos a nossa família próxima por cá já que a minha irmã mais nova vem festejar aqui o seu Aniversário... Nada melhor que um tempo destes para desfrutarmos de uma festa em família e aproveitarmos para passear pelas ruas de Paris... 

 IMG_9167.JPG

 

SALDÍSSIMOS

Aqui em França os saldos acontecem duas vezes por ano, de forma a liquidar as colecções de Verão e de Inverno. As datas são regulamentadas, havendo uma data fixa para começar e terminar. Por exemplo, este ano, os saldos de Verão começaram no dia 27 de Junho e vão terminar a 7 de Agosto. Nesse período, quase todas as lojas entram em promoção (lojas de roupas, informática, móveis, eletrodomésticos, supermercados, bem como outros serviços), e à medida que o tempo vai avançando os preços vão caindo mais e mais, com o objetivo de vender todos os artigos.

 

Assim, a pouco mais de uma semana do fim dos saldos, existem lojas que já colocaram os produtos a 90% de redução!!! Nesta altura, a escolha é bem menor, mas se tivermos sorte podemos trazer para casa artigos a "preço de chuva"! Foi o caso de hoje que comprei 4 pares de leggings, a 80 cêntimos cada uma, 2.40€ no total!!! Diga-se de passagem que as cores não são as mais espectaculares, mas para ficar por casa ou fazer umas caminhadas, servem perfeitamente. 

 

Com saldos a carteira até agradece! 

20180731_144134.jpg

AMANHECER EM PARIS

Quando acordas de manhã e tens uma fotografia desta qualidade enviada pelo marido... ❤️

IMG_9023.JPG 

PRIMAVERA COM CHEIRO A VERÃO

IMG_8451.JPG

Parece que também vamos ter direito a um cheirinho de Verão antecipado... Pois é, a partir de amanhã, e até ao final da semana, os meteorologistas confirmaram a chegada do bom tempo, com temperaturas acima do normal para a época do ano em questão  (prevêem-se 27 graus aqui na Île de France).

 

Vamos lá ver se as previsões não falham já que esta semana só não vou trabalhar na quinta e na sexta, e sempre que estou em casa o sol teima em se esconder!

 

Em contrapartida, e para quem sofre de problemas respiratórios, as notícias não são as mais favoráveis, já que este calor repentino faz aumentar exponencialmente os níveis de pólen no ar a níveis catastróficos! A pensar nisso, e de forma a diminuir as reacções alérgicas, a direcção geral de saúde aconselha a:

- lavar os cabelos no final do dia;

- abrir as janelas de casa antes e depois do pôr do sol;

- não secar a roupa no exterior;

- fazer uma lavagem nasal com água do mar uma vez por dia;

- e, se necessário, consultar o médico para este prescrever anti-histamínicos.

 

Aqui ficam estas dicas para quem estiver por estes lados e quiser aproveitar o calor da melhor forma!