Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

COISAS DE MÃE

Esta é a imagem que retrata o Gui cada vez que lhe pedimos para fazer alguma coisa... 

IMG_0624.JPG

Confesso que às vezes até tem uma certa graça, mas há outras vezes que é preciso respirar fundo e contar até 100!

COM AMOR 💙💙

IMG_0114.JPG

Quem me segue, sabe bem o quanto eu adoro eternizar todos os momentos em fotografia... Já tínhamos feito uma sessão fotográfica durante a gravidez do Gui, por isso quisemos repetir a dose, agora com a família maior... 

 

Aproveitámos para fazer a sessão, mais ou menos com o mesmo tempo de gestação que tinha do Gui, neste caso 37 semanas e 1 dia.  O cenário escolhido foi num parque, perto da casa da fotógrafa... Uma manhã agradável de sol, com uma temperatura a rondar os 23 graus, na melhor companhia de sempre...

 

Tenho que confessar que o Gui ainda nem a meio da sessão íamos e ele já  tinha ficado sem paciência, felizmente a fotógrafa era tão dedicada que conseguiu eternizar este momento com fotografias simplesmente MARAVILHOSAS...

IMG_0115.JPG

Se pretende fazer uma sessão fotográfica durante a gravidez, os fotógrafos aconselham a que esta seja feita entre as 30 e 36 semanas, numa altura em que a mulher já está com a barriga no tamanho ideal para ilustrar fotos de grávida incríveis! Além disso, esta será provavelmente a altura onde os desconfortos, da reta final da gestação (como: inchaço, retenção de líquidos, dificuldade para andar), estarão menos presentes. Na altura que fiz marcação para a sessão fotográfica do Gui e do Martin foram as únicas datas que consegui, felizmente não houve nenhum contra-tempo, mas confesso que à medida que o tempo se ía aproximando fiquei com algum receio que não desse para realizar a sessão... 

 

Se eu já tinha adorado o resultado da primeira sessão de grávida, nesta fiquei absolutamente rendida... É tão bom um dia podermos mostrar aos nossos filhos todo o amor e o carinho que sempre sentimos por eles! 

IMG_0116.JPG

9 MESES DE MARTIN 💙

85B6F6D0-780C-4BCB-9DC0-6D9D81E33635.jpg

Com tanta correria cá em casa, nem demos conta que entramos no nono mês de gravidez na passada sexta-feira, exactamente nas 36 semanas de gravidez

 

lavei e passei todas as roupinhas do Martin,  e acho que tenho quase tudo pronto, no caso do Martin nascer... Digo quase, pois só hoje é que vou fazer a "mala de maternidade"... 

 

O tempo tem passado demasiado rápido, e se há dias que acho que não vou aguentar muito mais tempo este "peso todo", há outros que me sinto tão bem que chego a desejar que o tempo pare só para poder aproveitar mais, e mais, cada segundo desta fase tão mágica... 

 

Na última consulta, dia 11 de Junho, o Martin já se encontrava bem posicionado, estava com a cabeça para baixo, vamos lá ver se ele consegue manter-se nessa posição, porque tal como o Gui, o Martin tem-se revelado um verdadeiro acrobata na minha barriga... E o mais engraçado é que os horários das acrobacias são exactamente os mesmo!

 

Para quem desconhece, a partir das 37 semanas, o bebé já está pronto para nascer a qualquer momento, por isso é normal que entre as 36 e as 37 semanas cerca de 98% dos bebés já tenham dado a volta, ou seja, viraram-se de forma a ficar de cabeça para baixo, em direção à pélvis da mãe. Esta é a melhor posição para o bebé nascer por parto normal porque a cabeça é a área maior do corpo, depois de sair a cabeça, o corpo do bebé desliza facilmente para o exterior. Gostava que o parto fosse outra vez normal, mas claro que o mais importante é que no final tudo corra bem e o Martin nasça cheio de vida! 

 

Tal como na gravidez do Gui, tenho um pressentimento que o Martin vai nascer para breve, mas pode ser só mais um dos meus pressentimentos errados... Se dependesse de mim, pedia ao Martin para nascer às 39 semanas, o que daria no início de mês de Julho, pois em Agosto rumamos de férias a Portugal... Assim ele não seria tão pequenino para viajar e eu também estaria  mais em forma! 

 

Enquanto que ele não nasce, vou tentando registar a minha super barriga, pois quero que um dia o Martin também possa sentir todo o amor que  sentimos por ele desde que soubemos que ele fazia parte da nossa família...

IMG_9982.JPG

MÃE DE SEGUNDA VIAGEM