Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

BOLO DE AVEIA E IOGURTE

IDEAL PARA FAZER COM CRIANÇAS ❤️

Quarta-feira é dia do Gui ficar em casa por isso nada melhor que aproveitar este dia de chuva para aprimorar o seu gosto pela cozinha... Hoje decidimos experimentar uma receita super fácil, deliciosa, e saudável: bolinho de aveia e iogurte. Por isso, para quem quiser fazer um lanche diferente aqui fica está super receita ideal para fazer com os mais pequeninos de tão simples que é... Mas melhor mesmo é experimentar e depois passar por aqui para deixar a sua opinião...

IMG_0623.JPG

Ingredientes

1 Iogurte Natural

3 Colheres de sopa de Açúcar Amarelo

2 Copos (utilize o copo do iogurte) de Flocos de aveia

2 Colheres de sopa de Azeite

4 Ovos

1 Colher de café de Fermento

Manteiga e farinha q.b. (para untar a forma)

 

1. Numa caçarola coloque todos os ingredientes, bata com a ajuda de uma varinha mágica e reserve.

2. Unte com manteiga uma forma com buraco e polvilhe com farinha.

3. Despeje a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido, a 180ºC, durante aproximadamente 25minutos (antes de retirar do forno verifique se o bolo está cozido, picando o bolo com um palito, que deve sair limpo).

4. Desenforme, deixe arrefecer e sirva! 

 

 

QUICHE DE ESPINAFRES E DOIS QUEIJOS

Um dia destes partilhei aqui com vocês a minha receita de quiche de frango e queijo, e a "Nala", uma seguidora assídua do blog, comentou que a quiche mais deliciosa era a de espinafres e queijo de cabra. Decidi então fazer a minha própria receita, e se a primeira não saiu tão bem pois senti que faltaram alguns ingredientes, a segunda ficou tão deliciosa que achei que era digna de ser partilhada! O segredo, está principalmente na utilização de dois queijos e em refogar os espinafres... Fica simplesmente um almoço/jantar irresistível!

Fiquem com esta receita, experimentem e venham contar aqui o que acharam...

IMG_0385.JPG

Ingredientes

1 massa quebrada

500gr de espinafres frescos

Sal a gosto

2 colheres de sopa de Azeite 

1 Cebola média

2 dentes de alho

2 ovos

1 chávena de café de Leite

1 Pacote de natas de soja

200 gr de Queijo mozarela (ralado)

Pimenta branca a gosto

Oregãos a gosto 

180 gr de Queijo de cabra (em forma de rolo)

 

1. Estenda a massa numa tarteira, sem retirar o papel vegetal (assim não precisamos de barrar a tarteira com manteiga ou azeite). Pique a massa com um garfo e reserve.

2. Numa panela, coloque água a ferver. Escalde os espinafres por cerca de 3 minutos e tempere com sal. De seguida, escorra, esprema-os de forma a tirar o excesso de água e pique-os.

3. Em seguida coloque, coloque o azeite numa frigideira e junte a cebola e o alho picados. Deixe refogar até a cebola ficar dourada e acrescente os espinafres. Deixe refogar mais um bocado, em lume brando, até a água dos espinafres evaporar por completo.

4. Coloque o preparado anterior, em cima da massa e reserve.

5. Para finalizar, bata os ovos com as natas, o leite e o queijo mozarela, temperando com pimenta e oregãos a gosto. Coloque este preparado sobre o quiche.

6. Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 20 minutos. Retire do forno e disponha por cima o queijo de cabra cortado às rodelas. Volte a colocar no forno por mais 10 minutos.

7. Sirva quente e acompanhado por uma salada.

UM BOLINHO COM CHEIRINHO A OUTONO

Uma das coisas que o Gui gosta de fazer é imitar tudo o que fazemos em casa, por isso acaba sempre por nos querer "ajudar" nas diversas tarefas do dia-a-dia... É óbvio que o "ajudar" dele a maior parte das vezes trata-se mais em "atrapalhar", pois demoramos muito mais tempo principalmente quando ele se lembra de complicar, mas no final o balanço acaba por ser sempre muito positivo pois é maravilhoso ver o sorriso estampado no seu rosto assim que ele vê o resultado final.

 

Se há algo que ele adora fazer é cozinhar, principalmente quando se trata de fazer bolos, acho que toda aquela panóplia de coisas que envolve a confecção de um bolo, desde o partir dos ovos à utilização da própria batedeira, deixa-o entusiasmado a ponto de pensar que é capaz de fazer um bolo sozinho... Ontem mesmo, assim que lhe coloquei o avental ficou super feliz e disse-me: "Mamã, o Gui é o Chefe?". Fiquei incrédula a olhar para ele e com um grande sorriso respondi-lhe que SIM! Não sei onde raio ele ouviu isso, mas que tinha toda a lógica, tinha... Por isso, e sempre que posso, procuro fazer uma vez por semana um docinho com ele para que ele se senta ainda mais útil e ter uma actividade diferente.

IMG_0355.JPG

Ontem foi então esse dia, decidimos que seria bom começarmos este mês com uma receita ideal para esta altura do ano de forma a utilizarmos os ingredientes mais típicos desta estação: maçãs e nozes! A receita é simples e super fácil de fazer, e o resultado posso-vos garantir que é simplesmente divinal, por isso achei que seria óptimo partilhar com vocês a nossa receita do nosso Bolo de Maçã e Noz... 

IMG_0357.JPG

Ingredientes

180 gr de Açúcar Amarelo

130 gr de Manteiga

4 Ovos

1 colher de chá de Canela em pó

15 gr de açúcar baunilhado

200 gr de Farinha

1 colher de sopa de Fermento 

2 Maçãs de tamanho médio

130 gr de nozes picadas 

 

1. Comece por juntar a manteiga ao açúcar e bata até obter um creme.

2. De seguida, separe as gemas das claras.

3. Ao preparado anterior (manteiga e açúcar), junte agora as gemas, a canela, o açúcar baunilhado. Bata muito bem, com a ajuda de uma batedeira.

4. A seguir, junte a farinha com o fermento, e torne a bater bem.

5. Entretanto, descasque as maçãs, retire os caroços e corte-as em cubos pequenos e acrescente ao preparado anterior.

6. De seguida, junte as nozes picadas e mexa tudo muito bem.

7. Bata as claras em castelo e envolva-as suavemente à massa, sem bater.

8.  Unte uma forma redonda e forre o fundo com papel vegetal, também untado com manteiga.

9. Despeje a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido, a 180ºC, durante aproximadamente 35-40 minutos (antes de retirar do forno verifique se o bolo está cozido, picando o bolo com um palito, que deve sair limpo).

10. Desenforme, deixe arrefecer e sirva frio!

IMG_0356.JPG

Ficaram com vontade de experimentar?! Façam este bolinho e digam o que acharam, e se gostaram partilhem com os vossos amigos, familiares, vizinhos ou até mesmo colegas de trabalho... 

QUICHE DE FRANGO E QUEIJO

IMG_0256.JPG

Hoje partilho com vocês uma receita super económica, deliciosa e super fácil, muito útil para aproveitar restos de frango (pode ser feita mesmo com restos de churrasco): quiche de frango e queijo! Tenho a certeza que vão querer experimentar...

 

Ingredientes

1 massa quebrada

Restos de frango q.b.

200 gr de queijo ralado a gosto

1 pacote de natas de soja 

4 Ovos

150gr de cogumelos 

1 lata de milho das pequenas

Azeitonas pretas q.b. (ou verdes recheadas com pimentos)

Meio pimento vermelho (tamanho médio)

Pimenta branca a gosto 

 

1. Estenda a massa numa tarteira, sem retirar o papel vegetal (assim não precisamos de barrar a tarteira com manteiga ou azeite). Pique a massa com um garfo e reserve.

2. Desfie o frango, retirando a pele e os ossos. Disponha-o sobre a massa.

3. Em seguida coloque, sobre o frango, o milho e o os cogumelos previamente  laminados. 

4. À parte, bata os ovos com as natas, temperando com pimenta a gosto. Coloque este preparado sobre o quiche. 

5. Para finalizar, polvilhe com o queijo ralado e coloque o pimento vermelho partido em cubos.

6. Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, durante 45- 50 minutos. Sirva quente e acompanhado por uma salada. 

IMG_0257.JPG

E vocês, como aproveitam os restos de frango?

Costumam fazer quiches?  Que ingredientes costumam utilizar?!

 

 

DE COMER E CHORAR POR MAIS

Ontem fui às compras de manhã e quando cheguei a casa não tinha programado nada para o almoço.. Tinha apenas uma sopa de espinafres preparada na véspera, por isso decidi improvisar algo rápido e bom... Lembrei-me então de fazer tostas de pão de noz com tomate e queijo mozarela, um petisco divinal que tanto pode ser feito para entrada, como para uma refeição rápida! 

Ingredientes (2 pessoas)

4 Fatias pequenas de pão de nozes (ou outro tipo de pão a gosto)

1 Tomate médio 

2 Fatias de fiambre

1 Queijo mozarela fresco 

Pimenta q.b.

Oregãos q.b.  

 

1. Comece por cortar o tomate e o queijo mozarela em rodelas e reserve.

2. De seguida coloque, sobre cada fatia de pão, tomate, fiambre, queijo e tempere a gosto com pimenta e oregãos.

3.  Coloque as fatias de pão em cima de papel vegetal e leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, até o queijo ficar gratinado (cerca de 10 min). Retire e sirva de imediato.

IMG_20190521_155305_917.jpg

Bom Apetite!

PÃO DE NOZES COM PASTA DE ABACATE E OVO

IMG_9768.JPG

Ora aqui está um fruto que está cada vez mais na moda e que eu sempre comi desde pequenina... Não fosse eu ter nascido na Venezuela e neste país ser um fruto tão banal.

 

Para quem desconhece, os abacates para estarem comestíveis devem estar relativamente "moles", caso contrário terão um sabor amargo. Normalmente quando os compramos eles estão verdes, nesse caso, e para que eles amadureçam mais rápido o ideal será colocá-los dentro de um saco de papel, com uma banana ou uma maçã, fechar o saco e guardá-los à temperatura ambiente, depois é só esperar 2 ou 3 dias para os poder comer. Deve ser consumido cru e, para que não fiquem "escuros" em contacto com o ar (oxidem), o ideal é espremer algumas gotas de sumo de limão em cima do fruto.

 

Existem muitas formas de comer este fruto, há quem o utilize como substituto da manteiga, em saladas frias, para barrar pão ou torradas, juntando um pouco de sal e pimenta. Eu pessoalmente sempre o comi em saladas frias e para barrar em pão, mas há quem o coma na opção "doce", com mel ou para fazer uma bela mousse de chocolate (pessoalmente confesso que nunca experimentei).

 

Hoje decidi partilhar com vocês um almoço super simples, rápido e saudável, ideal para acompanhar com uma sopa de legumes: pão de nozes com pasta de abacate e nozes!

 

Ingredientes (1 pessoa)

2 Fatias pequenas de pão de nozes (ou outro tipo de pão a gosto)

1/2 abacate maduro

Sumo de limão q.b.

Pimenta q.b.

Sal q.b.

1 ovo

Azeite q.b.

 

1. Esmague o abacate com a ajuda de um garfo e tempere com sal, pimenta e umas gotas de sumo de limão.

2. Barre cada fatia, generosamente, com a pasta de abacate e coloque num prato.

3. Frite o ovo com um bocadinho de azeite e retire do lume.

4. Coloque o ovo cuidadosamente sobre as fatias de pão e sirva de imediato.

 

Bom Apetite!

 

Nota: se preferir pode substituir o ovo frito por um ovo cozido, para isso, coza o ovo em água durante 4 minutos, retire-o da água, de imediato, coloque-o numa taça com água fria e deixe arrefecer. Depois é só descascá-lo e colocá-lo cuidadosamente por cima das fatias de pão.

BOLO RÚSTICO DE BANANA

O Gui ontem chegou a casa e começou a pedir bolo de banana... Para quem está desse lado até pode parecer um pedido normal mas na realidade já não faço um bolo de banana há muitos anos mesmo... Tanto que pediu o bolo que liguei à minha para me enviar a receita de um bolo de banana que fazia quando era adolescente... Infelizmente, a minha mãe não encontrou a receita por isso fui ao Google e procurei uma receita que se assemelhasse à receita que eu fazia.

 

Confesso que o resultado, em termos de apresentação, não ficou nada parecido com o do site onde retirei a receita, porque fiz o caramelo com açúcar amarelo, o que não é propriamente fácil de se fazer, pois é preciso alguma experiência... No meu caso, o caramelo ficou completamente solidificado assim que o coloquei na forma do bolo, por isso quando coloquei as bananas e depois juntei a massa, no processo de cozedura tudo acabou por se misturar, ficando um bolo com um aspecto mais artesanal, mas super delicioso na mesma!

IMG_9761.JPG

Fiz umas pequeninas alterações à receita original, por isso quem quiser a receita original é só clicar aqui, quem quiser esta receita mais rústica aqui fica a minha...

 

Ingredientes 

Caramelo:

100gr de Açúcar amarelo

1/2 Sumo de limão

1/2 Chávena (café) de água

 

Bolo:

5 ovos

120 gr de Açúcar amarelo

160 gr de Farinha de trigo com fermento

40 g Manteiga

1 Chávena (café) de leite

1 Colher (sopa) de açúcar baunilhado

1 Colher (sopa) de fermento em pó

2 Bananas médias 

Manteiga para barrar a forma

 

1. Comece por fazer o caramelo: leve os 100 g de açúcar amarelo, a água e o sumo de limão, num tacho, ao lume até ficar em caramelo. Verta para uma forma redonda, espalhe bem e coloque as bananas cortadas às rodelas no fundo da forma. Barre o resto da forma com manteiga e reserve.

 

2. Bolo: Junte todos os ingredientes até ficar uma massa uniforme. Coloque cuidadosamente o preparado na forma, por cima da banana caramelizada e leve ao forno durante 35 minutos a 175º C.

IMG_9759.JPG

ÍSCAS DE FÍGADO COM CEBOLA

A maior parte das pessoas não aprecia bifes de fígado, mas existe uma receita, deliciosa e super fácil de fazer, que faz mudar a opinião a muita gente: iscas de fígado com cebola. 

 

Este é um prato tipicamente português que eu adoro e aprendi com a minha mãe. De vez enquando, e como forma de variar o menu cá de casa compro uns bifes de fígado e faço esta receita divinal! Pessoalmente prefiro o fígado de vitela por ter um sabor mais suave e uma carne mais macia, mas também pode ser usada com fígado de porco. Aqui fica a receita para que possam também experimentar...

 

Ingredientes (4 pessoas)

8 Fatias finas de fígado de vitela ou porco (iscas)

4 a 6 Dentes de alho

2 Folhas de louro

Sal q.b.

Pimenta branca q.b. 

0,5 dl de Vinho branco

Azeite q.b.

2 a 3 Cebolas grandes

2 a 3 Colheres de sopa de vinagre de vinho branco

 

1. Corte os bifes de fígado às tiras, coloque-os num recipiente e tempere-as com os dentes de alho, descascados e cortados em rodelas, o sal, a pimenta e o louro. Regue com vinho branco e deixe marinar pelo menos 4 horas no frigorífico. 

2. Coloque o azeite numa frigideira, escorra as iscas e frite-as de ambos os lados, deixando-as cozinhar lentamente.

3. Quando estiverem cozinhadas, retire as iscas para um recipiente e mantenha-as quentes.

4. Entretanto, descasque e corte as cebolas às rodelas. Junte a cebola à gordura onde fritou as iscas e quando a cebola estiver mole, junte o vinagre e deixe ferver durante 2 a 3 minutos.

5. De seguida, deite a cebolada sobre as iscas e sirva de imediato acompanhado com batatas cozidas e uma salada de alface e tomate. 

IMG_9735.JPG

E vocês, também costumam fazer este petisco? Qual os ingredientes que costumam utilizar? Conhecem outra forma de cozinhar os bifes de fígado?! Vá lá, partilhem aqui comigo...

PANQUECAS DE BANANA E AVEIA - PARTE 2

IMG_9746.JPGTal como prometido hoje trago-vos a receita das panquecas que fiz ontem, como forma de comemorar os 33 mesinhos do Gui. São super fáceis de fazer e ficam deliciosas! Para quem quiser experimentar, aqui fica uma óptima sugestão!

Ingredientes (9 panquecas)

1 banana média madura

2 ovos

5 colheres sopa de farinha de aveia

3 colheres sopa de leite

1 colher de chá de fermento 

Canela em pó a gosto


1. Junte todos os ingredientes, e bata no liquificador, ou com a ajuda de uma varinha mágica, até obter uma massa homogénea. Se preferir sentir a textura da banana pode misturar com um garfo (coloque a massa num jarro para ser mais fácil de despejar a massa na frigideira).
2. Aqueça uma frigideira antiaderente e coloque meia colher de café de manteiga. Assim que estiver quente deite a massa no centro da frigideira, formando um círculo.
3. Quando a massa começar a ganhar bolhinhas, vire-a com uma espátula e deixe cozinhar por cerca de 45 segundos.
4. Retire e repita o processo até acabar a massa.
5. Sirva acompanhado como mais gostar: mel, doce de frutas, chocolate, açúcar ou outro acompanhamento a gosto!

Bom Apetite!

MAÇA NO FORNO COM CANELA

Hoje trago uma receita super fácil e ideal para esta época do ano: maçã no forno com canela. Tenho a certeza que muitos de vocês vão querer experimentar!

 

Ingredientes

Maçãs médias ou grandes (1por pessoa)

Canela em pó (q.b.)

Mel ou Açúcar amarelo (q.b.)

Paus de Canela (um pau de canela para cada maçã)

Vinho do Porto (q.b)

 

1. Lave as maçãs e retire os caroços.

2. Coloque as maçãs num tabuleiro para ir ao forno, com um pouco de vinho do Porto no fundo.

3. Coloque um pau de canela no interior de cada maçã, adicione uma colher de sopa de mel e polvilhe com canela em pó (se quiser pode colocar também algumas nozes ou amêndoa laminada, no interior da maçã).

4. De seguida, leve ao forno pré-aquecido a 180ºC e deixe assar até ficarem bem douradas!

IMG_9445.JPG

Bom Apetite!

 

CULINÁRIA

ENTRADAS

 

CARNE

 

PEIXE

 

SALADAS e MASSAS

 

OUTROS PRATOS PRINCIPAIS

 

 

SOBREMESAS

 

BEBIDAS

 

SNAKS

 

IDEIAS

O MELHOR ARROZ DE PATO

IMG_8557.JPG

Existem muitas maneiras de fazer Arroz de Pato, e a minha receita talvez seja até única, pois é fruto da minha experiência. Comecei por seguir algumas receitas na internet, até que um dia achei que talvez à minha maneira a receita ficaria bem mais simples e igualmente deliciosa... E não é que tinha mesmo razão?! (Eh... Eh... Eh...)

 

Para os amantes de Arroz de Pato, como nós, aqui fica a receita... Experimentem e passem por aqui para dizer se gostaram, e se não for pedir muito, partilhem comigo a vossa receita...

 

Ingredientes (6 pessoas)

1 Pato

2 Cenouras 

2 Folhas de Louro

Ervas da Provence q.b.

1 Cubo de caldo de carne Knorr

Sal q.b.

Azeite q.b.

1 Cebola

1 Dente de alho

Pimenta branca q.b.

Arroz q.b. 

Bacon em pedacinhos q.b.

Chouriço de carne às rodelas (picante) 

Queijo ralado Mozzarela

Água q.b.


1. Leve o pato a cozer em água com as folhas de louro, as duas cenouras descascadas, o caldo de carne e as ervas da provença (as ervas devem ir dentro de um infusor de chá, de forma a podermos utilizar a água da cozedura para fazer o arroz). Deixe cozer entre 45 minutos a 1 hora. 

2. Depois de cozido, retire o pato e reserve a água onde cozeu o pato (retire o excesso de gordura que há na água).

3. Desfie o pato. 

4. Entretanto, faça um arroz seco com a água do pato: coloque numa panela o azeite, a cebola e o alho picados, a pimenta e o sal. Deixe refogar um pouco, deixando a cebola branca e macia, e acrescente a água. Assim que a água ferver, acrescente o arroz e deixe cozer, em lume brando, até a água evaporar.

5. Num tabuleiro de ir ao forno, coloque papel vegetal, espalhe metade do arroz e sobre este espalhe o pato e o bacon. Cubra com o restante arroz e alise. Em cima coloque o queijo ralado e as rodelas de chouriço.

6. Leve ao forno previamente aquecido nos 200º entre 20 a 25 minutos.

7. Sirva acompanhado de uma salada a gosto.

IMG_8558.JPG 

Bom Apetite!

SIMPLES E IRRESISTÍVEL

IMG_8380.JPG

Como vem sendo tradição, ontem fizemos um jantarzinho de Páscoa cá em casa para os amigos, uma vez que no fim-de-semana de Páscoa partimos em direção à Alemanha. Um jantar simples mas que teve uma entrada especial: Folhado de Queijo Brie com cebolinho!

 

Para quem desconhece, o queijo brie tem origem francesa e é bastante conhecido em todo o mundo. Caracteriza-se por ter uma casquinha crocante por fora e um interior macio e cremoso, tudo graças ao seu processo de maturação, que faz com que tenha um sabor e textura únicos.

 

O brie pode ser consumido de várias formas: natural, com doces, geleias ou mel, como aperitivo ou na confecção de diversos pratos. Pode ser servido gelado, assado ou até mesmo frito, e esta variedade toda faz com que muitas pessoas apreciem este queijo.

 

Para quem quiser experimentar esta entrada deliciosa, aqui fica o segredo...

 

Ingredientes

1 Queijo Brie 

1 Massa Folhada (redonda)

Pimenta branca (a gosto)

Cebolinho (a gosto)

1 Gema de Ovo

1. Corte o queijo a meio, no sentido horizontal, de forma a ficar com duas metades.
3. Numa das metades, junte o cebolinho e tempere com pimenta.
4. Coloque a outra metade do queijo por cima, de forma a fechar novamente o queijo (desta forma o interior do queijo ficará recheado).
5. Desenrole a massa folhada, coloque o queijo bem no centro e corte a massa folhada em 6 partes de forma a poder cobrir o queijo na totalidade, com a massa folhada.
6. Mantenha a mesma folha de papel onde vem a massa folhada, pincele com a gema do ovo (previamente batida).
7. Leve ao forno, pré-aquecido a 180ºC, num tabuleiro por cerca de 20 minutos, ou até dourar.

IMG_8378.JPG

Bom Apetite!

BACALHAU À BRÁS COM BATATA PALHA

Um dia destes decidi experimentar fazer o famoso Bacalhau à Brás com batata palha, daquela que se compra no supermercado... E o resultado foi positivissimo! (Eh... Eh... Eh...) 

 

Para quem quiser a receita, basta expreitar aqui, e fazer a substituição das batata normal" pela "batata palha de pacote". Uma excelente receita para quando não temos muito tempo para cozinha!

IMG_8064.JPG

SALADA DE FEIJÃO FRADE COM BACALHAU

IMG_7462.JPG

Hoje decidi partilhar com vocês uma receita bem simples mas que sabe mesmo bem nestes dias de calor: salada de feijão frade com bacalhau! 

 

Ingredientes (4 pessoas)

1 Lata de feijão-frade grande

1 Lata de milho 

1 Posta média de Bacalhau

4 ovos

Azeite q.b. 

Vinagre branco q.b.

1 cebola grande

1 ramo de salsa

Pimenta-preta (moída na hora)

 

1. Comece por cozer o bacalhau e os ovos.

2. Assim que o bacalhau estiver cozido, desfie o bacalhau e reserve.

3. Descasque os ovos.

4. Abra a lata de feijão, escoe e passe o feijão por água fria. Deixe escoar novamente. Repita este processo com a lata de milho.

5. Numa travessa coloque o feijão, o milho, o bacalhau desfiado e os ovos previamente picados, e misture tudo muito bem.

6. Numa tigela pique a cebola e a salsa. Junte o azeite e o vinagre, tempere com a pimenta, e misture todos os ingredientes até obter uma mistura homogénea (a este molho, no Norte de Portugal, chamamos "molho verde").

7. Regue com este molho a salda de feijão fradinho e coloque no frigorífico, no mínimo uns 30 minutos, antes de servir.

 

Nota: Se preferir, pode substituir o bacalhau por atum.

 

E, se não fôr pedir muito, experimentem, partilhem e digam se gostaram :)

Bom Apetite!