Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

COISAS DE MÃE

Há uns dias para cá o Gui parece que decidiu querer imitar-me nas tarefas domésticas, e se sempre foi muito preocupado em deitar o lixo no caixote de lixo, agora quando vê qualquer coisa suja vai a correr buscar o "paninho azul" para limpar...

IMG_8963.JPG

A primeira vez que o vi fazer isso pensei que fosse um acto isolado, mas pelos visto não... Vamos rezar para que este gesto não fique um dia esquecido!

COISAS DE MÃE

Desde que o Gui nasceu sempre utilizei produtos da marca Mustela pois gosto bastante dos produtos, sem falar que deixa um cheirinho bastante agradável no bebé... Até para ajudar a pentear o cabelo, o Gui sempre usou o produto desta marca, no entanto comecei a achar que devia mudar pois ficava um bocado dispendioso...

 

Resolvi experimentar várias marcas, até que descobri uma que me surpreendeu positivamente, não só pelo preço mas também pela sua eficácia! Hoje, se me pedissem para vos aconselhar um spray para desembaraçar facilmente os cabelos do bebé diria para comprarem o spray condicionador da JOHNSON’S®, que não só penteia fácil como funciona instantaneamente para remover nós e embaraçados do cabelo seco ou molhado do bebé. Fiquei tão fã deste produto que hoje não o troco por nenhuma marca!

 

E vocês, conheciam este produto?

IMG_8919.JPG

COISAS DE MÃE

Há uns meses para cá, o Gui tem o vício de fazer xixi no chao sempre que o despimos para ir para o banho... Até já tínhamos comprado o "pote" todo "XPTO" para ver se ele começava a ter interesse em fazer xixi lá, mas de nada serviu... De nada servia dizer-lhe que estava errado... A alegria dele era fazer xixi no chão...

 

Hoje foi um bocadinho diferente... O Gui já estava todo entusiasmado para fazer xixi, tal como de costume, tentamos que ele não o fizesse no chão... DIssemos-lhe que seria mais giro fazer xixi no pote... Sem contarmos, o Gui lá aceita, faz um esforço, e ao fim de uns 30 segundos, lá fez ele, pela primeira vez, xixi no pote! 

 

Escusado será dizer que ficamos ambos entusiasmados, e aproveitei até para registar esse momento! É caso para se dizer... O Orgulho de Mãe não tem mesmo limites!!! ❤️

IMG_8612.JPG

DOIS ANOS DE GUI ❤️

IMG_8607.JPG

"Você pode fazer mestrado, doutorado e até pós doutoramento.

Dar a volta ao mundo,

conhecer os 7 mares,

ir para a Lua e até para Marte.

Você pode ser incrivelmente bem sucedida

e falar todas as línguas inclusive a dos anjos.

Pode ter amigos incríveis e pais magníficos.

Pode saltar de asa-delta e nadar com golfinhos.

Sim, você pode até ter o apartamento dos sonhos

e a tão sonhada casa na praia pé na areia.

Pode ter o carro mais luxuoso do planeta

e conhecer as melhores pessoas do mundo...


Mas a experiência de ter alguém para chamar de filho,

de se doar para deixar de herança para o planeta

um ser humano bacana

é ao mesmo tempo uma das coisas mais comuns desde que o mundo é mundo,

mas é também a mais incrivelmente transformadora!


É, ainda não inventaram nada mais extraordinário do que ter filhos."

❤️

(Testo @maeforadacaixa)

FILHOS ATRAPALHAM A VIDA

 Filhos atrapalham os sonhos, a vida, destroem seus planos, dificultam a vida profissional, acabam com a poupança, com a sanidade, e são capazes de deixar em pé o pouco cabelo que te sobra no pós parto. 

Filhos.

Pra que tê-los? 

Pra nunca mais acordar com a cara amassada e fazer um brunch no domingo com os amigos? 

Pra abandonar a galera que curtia a balada até altas madrugadas? 

Pra trocar a praia às 12h, pela praia com o sol quase nascendo em pleno verão, enquanto aquelas pequenas mãos levam areia até a boca e quase te levam à loucura?

Pra quer ter filhos se você pode ser feliz sozinha?

 

Eles torcem o nariz quando você decide ter um, dois, três, quatro pingos de gente pra chamar de seu. Ficam com as mãos “no juízo”, quando você escolhe largar o emprego, a carreira, os sonhos antes tão meticulosamente planejados e perseguidos. 

Dizem que são os filhos que atrapalham. Ah, mas se eles soubessem quantos novos sonhos construímos ao lado deles. 

 

Ah! Se eles soubessem que depois que o nosso coração vive fora do peito, nos tornamos mais doce, humanas e até mais pacientes. 

Ah! Se eles soubessem que depois que a vida fica de pernas para o ar, a gente dá um jeito, bem criativo de se reinventar.

Por que depois que uma mulher mergulha de cabeça no caos e no amor de ser mãe, ela jamais voltará a ser a mesma. “Vá por mim!”

 

Um filho tem o incrível poder de dar sentido à vida, direção aos passos, e até fazem reviver sonhos que já estavam esquecidos dentro de nós. 

Um filho tem o poder de fechar janelas da vida, e escancarar portas do coração.

 

Eu não sou a mesma. E hoje, agradeço ao meu filho, que atrapalhou os meus antigos sonhos e me fez ter coragem para viver a vida que eu nem eu sabia que queria. Mas que vida linda.

Ele atrapalha as minhas noites de sono, o meu almoço, a minha ida à casa de banho, a minha concentração. Atrapalha os meus afazeres domésticos, o meu trabalho, as minhas mensagens nunca respondidas, as minhas saídas com as amigas, e até a minha vida a dois.
Atrapalha na ausência, no silêncio da casa vazia, na saudade que dá quando não o tenho ao meu lado. “Um atrapalhado sem fim”, eu diria.

 

Mas foi assim, vivendo uma vida de pernas pro ar, que eu descobri a melhor versão de mim. Foi preciso me perder em pequenos abraços, para que eu pudesse me encontrar. E é nesse atrapalhado que eu fiz do meu coração o seu, mais completo e lindo, lar!"

(Texto adaptado do livro "Muito Além da maternidade, da autora Ananda Urias)

IMG_20180506_153408_866.jpg

❤ FELIZ DIA A TODAS AS MÃES ❤

COM AMOR ❤️

Nunca mais me lembrei de contar um dos episódios mais doces das nossas vidas... Lembram-se de vos falar que o Gui tinha um doudou inseparável e raro? Pois é, tanto que procuramos que acabamos por encontrá-lo na internet, num site alemão, um doudou gémeo. Ficamos tão entusiasmados que a minha irmã decidiu oferecer-lhe (já que a original tinha também sido oferecido por ela)...

 

Estávamos ansiosos por ver a reacção do Gui, até que esse dia aconteceu, exactamente quando os meus pais e a minha irmã vieram cá, para festejarmos juntos o aniversário do meu Pai... 

 

Foi a reacção mais eufórica e emotiva que o Gui alguma vez tinha feito ao abrir uma prenda, tão incrível, que mal viu a foca, a preocupação dele foi procurar pela foca original, para ver se tinha mesmo duas focas agora! Hei-de lembrar-me, para sempre daquele dia, nunca imaginei que a reacção do Gui fosse tão ternurenta...  Apenas consegui filmar uns minutinhos, os suficientes para que ficassem registados no nosso álbum de memórias...

IMG_8542.JPG

Mas apesar desta alegria toda, o Gui nunca se deixou enganar pela nova foca doudou, a antiga continua a ser a sua predilecta e insubstituível para dormir e levá-la a todo o lado! Sempre pensei que o iríamos conseguir enganar com uma segunda foquinha, mas não há quem consiga enganar o coração dele!

IDEIAS DE GÉNIO

Quem segue o blog sabe que já é hábito nosso dar um saltinho à Alemanha, pelo menos uma vez por ano... Desta última vez, para além das pizzas de chocolate, encontrei algo que me surpreendeu pela positiva: um local para mudar os bebés, dentro da própria superfície comercial, no corredor dos produtos para bebés, de forma a podermos trocar a fralda ao bebé a custo zero! 

 

Escusado será dizer que a ideia é muito apreciada, pois para além de ser super prático, podemos testar gratuitamente as fraldas, bem como as toalhitas, da marca da loja! Uma ideia de gênio diria eu :)

 

E por aí, conhecem lojas que praticam estas ideias?

IMG_8424.JPG

COISAS DE MÃE

Hoje fui trabalhar e, como é habitual, o Gui foi para a casa da "Assistante Maternelle", como estava um tempo formidável foram passear com outros meninos... De repente, olhei para o meu telemóvel e tinha uma série de fotografias do que o Gui andava a fazer...

IMG_8455.JPG

Nem queria acreditar: o Gui a passear todo certinho, agarrado a uma espécie de fio... Não sei se alguma vez viram isso por aí, mas aqui usa-se imenso para substituir a mão de um adulto enquanto este leva um carrinho de bebé.

 

Nunca pensei que o meu Principezinho traquina fosse tão responsável. E mais, a "ama" disse-me que ele ía tão entusiasmado agarrado ao "fio" que não o largou um único momento.

 

São a soma de momentos simples como estes que enchem o meu coração de mãe de primeira viagem! Tão crescido que está o meu Principezinho... 💙

A IDADE DA IMITAÇÃO

No sábado passado o R. tinha consulta no dentista, o Gui como não tem paciência para estar quieto ficou comigo na sala de espera... Brinca, que brinca, mas a dada altura começa a fartar-se e a chamar pelo papá, numa forma de o chamar para irmos embora dali... Sai da sala, repara que a porta do consultório está encostada, e fica curioso por saber o que se passa lá dentro... Aos poucos a porta vai ficando entre-aberta e ele repara que o papá está numa cadeira deitado, com a boca aberta... Ficou tão espantado que permaneceu ali a ver o que se estava a passar...

 

Uns dias mais tarde, e já em casa, enquanto brincávamos os dois, fez-se um "clic"na cabecinha do Gui... Olhou para mim, abriu a boca e pediu-me para fazer o mesmo, enquanto ele tentava imitar o que a dentista fazia ao papá naquele sábado... Escusado será dizer que fartei-me de rir sozinha!

 

Esta é, sem dúvida, uma idade muito engraçada, e eu, como mãe babada, vou-me deliciando a vê-lo imitar os adultos... Coisas tão simples, mas que alegram o coração de uma mãe! ❤️

IMG_8366.JPG

COISAS DE MÃE

IMG_8271.JPG

E assim vai crescendo o Gui... Cada vez mais curioso, cada vez mais "intrometido"... Agora adora ir até à casa-de-banho e imitar-nos... Senta-se no seu pote e começa a imitar os sons... E não pensem que fechar a porta é uma solução porque, quando o fazemos, ele "arma um berreiro" só para o deixarmos entrar!

QUEM ACHA QUE NÃO FUNCIONA?!

IMG_8267.JPG

Não sei se foi coincidência ou não mas, desde que mudamos de apartamento, o Gui nunca quer dormir... Nem de dia, nem de noite... É óbvio, que acaba por adormecer, mas ao fim de uma grande luta... Contudo, existe um lugar que funciona quase 90% das vezes: o carro!  Basta entrar no carro, e uns minutinhos depois lá está ele todo consoladinho a dormir... Confesso que às vezes dá jeito para ir fazer umas comprinhas mais descansada, mas quando vamos passear ele acaba por não aproveitar grande coisa pois dorme grande parte do tempo!

 

E por aí, também acontece o mesmo? ❤️

 

AS MELHOR MARCA DE CHUPETAS

Lembram-se daquele post que cheguei a fazer a pedir ajuda para encontrar a marca de chupetas mais "resistentes a dentinhos"? Estes dias, a C., uma seguidora do Blog, enviou-me uma mensagem privada a perguntar-me se tinha encontrado, pois estava a ter o mesmo problema com a filha dela... Foi aí que achei que seria oportuno partilhar a minha experiência, de forma a poder ajudar mais pais que possam estar a passar por uma situação semelhante...

 

Andávamos um bocadinho desesperados, pois o Gui em menos de 24 horas conseguia destruir a chupeta... E para sermos francos, as chupetas não são propriamente artigos baratos, por isso começamos por comprar várias marcas diferentes e, de tentativa em tentativa, houve apenas uma que nos satisfez completamente, a famosa marca espanhola de artigo para bebé: Suavinex! Além das chupetas serem resistentes, são também super leves e super confortáveis. Desde esse dia, o Gui usa essa marca de chupetas...

IMG_8223.JPG

CAI NEVE...

Ontem o R. (vamos começar a chamar assim ao meu marido) ficou responsável por colocar o Gui a dormir... Como tinha acordado cedo e dormido apenas 1 hora durante todo o dia, e à hora do jantar estava rabujento, pensamos que iria adormecer rápido, de tão cansado que parecia estar...

 

O dia parecia ter sido cansativo, pelo menos para mim tinha sido, tínhamos andado durante o dia, os dois, de "um lado para o outro", por isso, nada fazia prever que, à noite, depois de ter tomado banho, e duas horas depois de estar na cama, o Gui continuasse a desafiar o R., rindo-se e rebolando na cama... 

 

Fui tomar banho para substituir o R., na tarefa de adormecer o Gui, e reparei que havia um lencinho fofinho de papel, na cama, para assoar o Gui, por ele estar constipado (ideia do R., claro, querer sempre tudo perto... Eh... Eh... Eh...)... Quando voltei ao quarto, o R. dormia profundamente e o Gui continuava eufórico sentado na cama a gritar "cáca, cáca, cáca..."... Aproximo-me mais de perto e vejo que aquele lencinho fofinho de papel tinha-se transformado em milhentos papelinhos, como de flocos de neve se tratasse... O R. acordou todo sobressaltado sem saber o que se estava a passar e o Gui continuava todo animado... Perante aquele "cenário brando" fui obrigada a ligar o aspirador àquela hora da noite... Acho que ter visto a neve cair inspirou o Gui a ponto de querer recriar o cenário dentro de casa!

IMG_8212.JPG

DOUDOU INSEPARÁVEL

IMG_8079.JPG

Para quem não sabe, um doudou é um peluche para bebés, geralmente de forma plana, com uma textura muito suave, que tem por objetivo acompanhar o bebé, tanto de dia como de noite, de forma a que a criança se sinta segura, possa descansar e acalmar-se em situações que lhe provocam mais "stress". O facto do peluche ter o cheiro da casa, da mãe e do pai, faz com que este se torne muitas vezes inseparável do bebé.

 

Quando o Gui nasceu, nunca pensei que isto fosse funcionar com ele, até porque ele tinha uma meia dúzia de "doudous" e não havia nenhuma ligação especial com nenhum deles... O Gui foi crescendo, o tempo foi passando, mais doudous lhe iam oferecendo... Pouco depois de ter completado 1 aninho, as coisas começaram a mudar, o Gui já começava a ter preferência por um doudou, e fazia questão de o levar para todo o lado... Não sei como isto aconteceu e como ele o escolheu, mas o que é certo é que foi logo escolher o doudou mais difícil de encontrar: um doudou que a minha irmã mais nova lhe deu quando ele tinha 9 meses. O problema é que este doudou foi comprado na Alemanha e, por sinal, tratava-se de uma edição limitada! Agora imaginem o que é ter um doudou que é uma foca branca e que parecer ser quase única no mundo! O Gui é tão louco por esta foca que um dia se tivermos o azar de a perder não sei o que vamos fazer. 

 

Já tentei que ele trocasse de doudou, já lhe comprei outros, já lhe ofereceram outros ainda mais interessantes e fofinhos, mas não há nenhum que o consiga convencer... A Foca será sempre o seu doudou de eleição!

 

Estes dias, uma amiga que está na Alemanha encontrou um doudou semelhante, da mesma marca e com o mesmo material... Não é uma foca, mas mesmo assim vamos arriscar e ver se conseguimos que o Gui consiga ficar inseparável desde doudou também... Se assim fôr, vou ter que comprar mais dois exemplares para evitar que isto me torne a acontecer. Agora só faltam os meus pais virem cá em meados de Fevereiro e trazerem o novo doudou do Gui, confesso que estou ansiosa por ver a reação do Gui... Se realmente funcionar a nossa amiga V. salvou-nos de um futuro problema...

IMG_8081.JPG

E por aí, tiveram algum problema semelhante? 

COISAS DE MÃE

Ontem o Gui, no final do dia, estava tão eufórico que só queria correr de um lado para o outro... Às tantas, ouvimos um estrondo... Tinha tropeçado e batido em cheio na perna da mesa da sala! Felizmente, não bateu em nenhuma aresta, fez um "galito" que desapareceu rapidamente porque colocamos a pomada a tempo  (a famosa pomada para evitar as "pisaduras" / equimoses)... 

 

O cúmulo foi que hoje saímos os dois de casa, de manhã, e nunca mais me lembrei que o Gui tinha caído ontem... Por volta da hora do almoço reparei que ele tinha uma marca na testa... Fiquei um bocadinho incrédula sem perceber porque é que só hoje é que ele tinha aquela marca... Estava convencida que era da queda de ontem... Voltei para casa... Falei com a minha mãe por vídeo chamada, contei-lhe que o Gui tinha caído mas que só hoje é que tinha reparado que afinal tinha ficado com uma pequena "marca na testa", almoçamos os dois, tornamos a sair de casa...

 

Nisto de tornar a sair, o Gui acaba por adormecer a meio do caminho, coloco-o no carrinho dele, e num instinto maternal dou-lhe um beijo no nariz... Faço o que tenho a fazer, com o Gui sempre a dormir, e ao voltar para o carro quando vou a colocá-lo na cadeira do carro reparo que existia uma mancha, semelhante à da testa, no nariz! Numa fracção de segundos lembrei-me que aquelas marcas que o Gui tinha eram simplesmente as marcas dos meus beijos, mais precisamente, do meu batom cor de rosa!!! Isto é o que faz não colocar (quase nunca) um batom nos lábios!!! Escusado será dizer que fartei-me de rir sozinha no carro, durante toda a viagem do nosso regresso a casa!

IMG_8075.JPG