Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

AMOR MAIOR

Faz hoje 3 anos que a nossa vida mudou para SEMPRE...

E foi a partir desse dia que descobrimos o AMOR eterno e incondicional!

Surpresa 2 10 2015 (3).jpg

Porque "quando num filho nasce,

nasce também no coração dos pais,

um Amor Maior que a vida e mais eterno que o tempo!"

O GUI FEZ 2 ANOS

Dá para acreditar que o Gui já tem dois ano?! Pois é, fez 2 anos no passado dia 6 de Junho, e hoje partilho aqui com vocês as mudanças ocorridas durante estes últimos 6 meses (já que o último post foi escrito quando fez 18 meses), já a verdadeira festa de Aniversário falarei dela no próximo post.

O Gui continua bastante crescido: mede 92cm, pesa 13Kg700gr e tem 18 dentinhos. Está numa das fases mais engraçadas mas, ao mesmo tempo, mais trabalhosa já que  as birras são o "prato principal do dia" pois quer demonstrar que já sabe o que quer e que pode mandar. 

 

Está cada vez mais confiante nas suas capacidades físicas, mas ainda não compreende bem os seus limites, por isso temos que estar sempre atrás dele  pois gosta de arriscar e aventurar-se.

 

Adora correr, e está cada vez mais rápido, e o mais engraçado é que ele tem noção disso, por isso desafia-nos imensas vezes correndo na direção oposta a nós. Descobriu que os escorregas são super divertidos, tem um fascínio por subir e trepar objetos (a imaginação dele é muito fértil daí que a nossa atenção tem que estar mais que redobrada), gosta de subir e descer móveis  (sofás, cadeiras…) sem ajuda, consegue subir e descer escadas agarrado ao corrimão, adora dançar, ver desenhos animados com música, pintar, construir legos e castelos. 

 

Nestes 6 meses, o vocabulário sofreu bastantes alterações: sabe identificar uma série de objectos e imagens quando os nomeamos, conhece os nomes das pessoas mais familiares (amigos e familiares) e é capaz de reter o nome das pessoas quando as vê pela primeira vez, conhece todos as partes do corpo, cumpre instruções simples, aponta para as imagens de um livro, e diz uma série de palavras... Ainda não é capaz de construir frases e reconheço que o número de palavras que o Gui utiliza não é imenso, mesmo assim acho perfeitamente natural já que está a aprender duas línguas em simultâneo (português e francês), e é em português que ele se exprime sempre.

 

O Gui continua a ter uma adoração por animais, principalmente por gatos, patos e pintaínhos (o seu animal favorito continua a ser o gato); adora passear ao ar livre; gosta de andar à chuva; adora estar rodeado de pessoas; receber amigos e família em casa; adora que brinquem, dancem e sorriam para ele; continua a ter um fascínio por comandos e chaves, adora carros de brincar e "carros a sério", e gosta imenso de ir passar férias a Portugal (sempre que vamos a Portugal lembra-se de muitas coisas e das pessoas que lá estão...).

 

E agora o que o Gui não gosta?! Não gosta de adormecer (é quase sempre uma grande luta), não gosta de dormir muito, não gosta que o contrariem, não gosta de estar em espaços fechados, não gosta de ser o centro das atenções, não gosta de dar beijos (só dá mesmo quando quer, por isso nem adianta pedir muito) e não gosta nada de estar doente.

 

Quanto à alimentação, confesso que pouco se alterou já que o Gui não gosta muito de inovar nem de experimentar novidades, por isso, a introdução de alimentos diferentes e texturas diferentes tem que ser feita muito lentamente para ele se poder adaptar. O leitinho, esse continua a ser o seu amigo durante a noite: um biberão por volta da 1hora da manhã e um segundo perto da hora de acordar.

 

E é desta forma que o nosso Principezinho vaí crescendo... Só queria que o tempo não passasse tão rápido, quem me dera que o tempo pudesse passar mais devagar... É tão bom chegar a casa do trabalho, abrir a porta de casa e ver o Gui correr na minha direcção a chamar por mim, "Mamã, mamã", só para me dar um grande abraço de saudade... 💙

IMG_8607.JPG

DOIS ANOS DE GUI ❤️

IMG_8607.JPG

"Você pode fazer mestrado, doutorado e até pós doutoramento.

Dar a volta ao mundo,

conhecer os 7 mares,

ir para a Lua e até para Marte.

Você pode ser incrivelmente bem sucedida

e falar todas as línguas inclusive a dos anjos.

Pode ter amigos incríveis e pais magníficos.

Pode saltar de asa-delta e nadar com golfinhos.

Sim, você pode até ter o apartamento dos sonhos

e a tão sonhada casa na praia pé na areia.

Pode ter o carro mais luxuoso do planeta

e conhecer as melhores pessoas do mundo...


Mas a experiência de ter alguém para chamar de filho,

de se doar para deixar de herança para o planeta

um ser humano bacana

é ao mesmo tempo uma das coisas mais comuns desde que o mundo é mundo,

mas é também a mais incrivelmente transformadora!


É, ainda não inventaram nada mais extraordinário do que ter filhos."

❤️

(Testo @maeforadacaixa)