Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

QUANDO A COVID MORA EM CASA

O R. ao fim de 15 dias e de 2 testes positivos, repetiu ontem o teste à Covid-19 e hoje recebeu finalmente o resultado negativo. 

 

Para mim, estava infectado bem antes do dia 28 de Dezembro, porque começou com alguns sintomas bem antes dessa data, o problema é que ficamos sem certezas de nada pois ele sempre acreditou que era mais uma crise de sinusite... O problema é que para além das dores de cabeça insuportáveis e do "zumbido" nos ouvidos, o R. andava excessivamente cansado, com dores musculares, articulares e abdominais, por isso não descansei enquanto ele não fez o teste... Sem falar que, o Gui tinha tido duas noites super estranhas onde transpirou imenso sem qualquer motivo e andava com uma tosse irritativa, já o Martin também não andava muito bem, tinha feito duas vezes febre e andava também com bastante tosse...

 

O Martin tinha ido a uma consulta de Pediatria na semana anterior, e a médica achou melhor fazer o teste para despistar se ele tinha o vírus, porque na ama o pai de um dos meninos tinha testado positivo... Confesso que lhe custou um bocadinho, mas fiquei descansada quando o resultado foi negativo. Apesar disso, não descansei enquanto que o R. não foi fazer o teste também.

 

Felizmente, aqui, qualquer pessoa pode fazer um teste para despistar se está infectado com a Covid-19, as vezes que quiser, sem precisar de nenhuma indicação médica e de forma gratuita, por isso acabei por tomar a iniciativa e marquei-lhe um teste para descartar a hipótese que tinha na minha mente...

 

Infelizmente a minha suspeita acabou por se revelar numa certeza, o laboratório acabou por ligar ao R para lhe comunicar que estava positivo, e que teria que se isolar...

 

O protocolo, aqui, diz que a pessoa que testa positivo à Covid-19 é contactada pela segurança social, devendo isolar-se 7 dias, e após esses 7 dias pode voltar ao trabalho sem ser necessário repetir o teste (a menos que apresente sintomas e nesse caso terá que ser reavaliado pelo médico). Já as pessoas "contacto" devem fazer o teste à Covid 7 dias depois da ultima vez que estiveram com a pessoa infectada, mas se a pessoa viver na mesma casa deve fazer de imediato, e 7 dias depois do resultado positivo da pessoa infectada. Normalmente, todos os casos contacto recebem uma mensagem ou uma chamada telefónica da segurança social para serem infirmadas. Em ambos os casos, o tempo de isolamento é de 7 dias, a não ser que a pessoa "contacto" teste também positivo, e nesse caso caberá ao médico avaliar a situação.

 

Ficamos em isolamento assim que soubemos que o R estava positivo, embora só o R é que tenha recebido a chamada telefónica da segurança social, passados 3 dias. Marcamos consulta por videochamada com um médico de medicina geral de forma a ficar tudo documentado, porque nem a segurança social deu informações precisas de nada. Eu fiz o teste no dia seguinte e 7 dias depois, e ambos estavam negativos.

 

Voltei ao trabalho, 7 dias depois mesmo com o R. positivo, já o R. só vai voltar mesmo amanhã porque a empresa onde ele trabalha só permitia que ele fosse quando estivesse negativo. 

 

O cúmulo é que o hospital onde trabalho incentiva as pessoas a trabalhar mesmo que estejam positivas ou sejam caso contacto, já o R, que não  trabalha na área da saúde, não lhe permitem que transgridam as leis...

 

Confesso que acho super estranho eu ter testado sempre negativo, mas daqui a 15 dias vou fazer o teste serológico (colheita de sangue para saber se tenho anticorpos contra o vírus) para ter a certeza que não tive infectada antes do R. 

IMG_1501.JPG

Deste episódio todo, pude constatar, na primeira pessoa, que as medidas que o governo francês anuncia para o combate à propagação do vírus são de longe cumpridas pela população e até pelas entendidas reguladoras da saúde... Posso dizer-vos que liguei para a linha Covid-19 e a pessoa que me atendeu não soube dizer nada em relação às medidas a tomar e os passos a seguir, bastou uma pesquisa na internet para eu saber mais do que me souberam informar... Já o pessoal do hospital, senti que não aprovaram o facto de eu ter ficado 1 semana em isolamento... Depois ainda se admiram quando vêem os números de pessoas infectadas a aumentar... 

2 comentários

  • Imagem de perfil

    As Nossas Voltas 02.02.2021 20:37

    Obrigada Pelos vistos até eu fiquei contaminada!
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.