Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

OS TUGAS FORAM CONHECER O LUXEMBURGO

Tal como tinha prometido, tinha que partilhar com vocês mais um lugar que fomos conhecer este fim-de-semana, o Luxemburgo.

 

O Luxemburgo tem como nome oficial Grão-Ducado do Luxemburgo (ou de Luxemburgo) devido à sua democracia parlamentar ser representada por um Grão-Duque, aliás,  o único grão-ducado ainda existente.

 

Situado na Europa Ocidental, limitado pela Bélgica, França e Alemanha, tem uma população de pouco mais de meio milhão de pessoas e uma área de aproximadamente 2586 km². E embora seja um país pequenino, possui três idiomas oficiais: o luxemburguês, o alemão e o francês, sendo que o português é a principal língua de minorias do país, devido aos imigrantes que sairam de Portugal, na década de 1970.

Luxemburgo-mapa.jpg

O país, foi um dos 6 países fundadores da União Europeia e da ONU, e foi um dos primeiros países a adotar o euro (em 1999). E tal como a Suiça, vive com base no sector bancário, e isso é bem visível quando se visita a capital: a cidade do Luxemburgo.

20150308_133730.jpg

DSC04206.JPG

Terra de duques e duquesas, a cidade de Luxemburgo está na lista do Património Mundial da UNESCO pela sua importância histórica, tendo sido denominada duas vezes como Capital Europeia da Cultura.

DSC02942.JPG

O contraste de arquitetura é muito interessante. A  cidade cresce para além dos limites da muralha medieval, e é dividida entre a cidade alta (Ville Haute) e a cidade baixa (Ville Basse), conectadas por diversas pontes e viadutos, uma das principais características da cidade. A parte mais alta é a mais moderna e é onde se situa o centro da cidade; e a parte mais baixa é cercada de penhascos, repleta de passagens subterrâneas e pontes, casinhas típicas, onde passa o rio Alzette. 

mapa cidade luxemburgo.jpg

Para quem fôr visitar, o melhor será começar pelo centro da cidade, é na Place Guillaume, a principal praça da cidade,que vai encontrar o posto de turismo.

DSC03093.JPG

A cidade é muito organizada, limpa e cheia de encanto.

DSC03098.JPG
DSC03112.JPG

DSC03184.JPG
DSC03076.JPG

DSC03091.JPG

 Câmara Municipal 

DSC03107.JPG

DSC03105.JPG

DSC03110.JPG

Place D'Armes

 

Nesta praça existe um edifício chamado de "Cercle Municipal", de aspecto tradicional, ligado por uma ponte super moderna ao prédio do lado, "Le Cité". 

DSC03109.JPG

De vários pontos da cidade vai avistar três torres agudas que pertencem à Catedral de Notre Dame,  uma estátua da Virgem Maria, a padroeira do país, encontra-se logo na entrada.

DSC04155.JPG

DSC04165.JPG

Catedral de Notre Dame

 DSC04175.JPG

Interior da Catedral de Notre Dame

 

Já na Place de la Constitution vai encontrar um monumento imponente: a estátua da "Golden Lady", uma homenagem aos que morreram na Primeira Guerra Mundial. A vista aqui é verdadeiramente fantástica!

DSC04126.JPG

DSC04141.JPG

DSC04137.JPG

DSC04121.JPG

Praça da Constituição

DSC04160.JPG

DSC04146.JPG

DSC04151.JPG

Vista da Praça da constituição / Pont Adolphe (em obras)

 

No meio de tantos edifícios, onde o moderno se mistura com o antigo, existe um jardim em cada cantinho da cidade... A Primavera já se fazia sentir!

DSC03177.JPG

DSC03178.JPG

DSC03180.JPGDSC03174.JPG

DSC03173.JPG

A cidade tem uma série de pontes imponentes, que facilmente são avistadas da parte alta da cidade...

DSC02905.JPG

DSC02937.JPG

DSC02936.JPG20150307_125553.jpg

Sem falar do resto da paisagem, digna de um verdadeiro postal!

DSC02912.JPG

Igreja de São João Batista, em estilo barroco, na Cidade Baixa

DSC02914.JPG

Grund - a Cidade Baixa

 

Nas fortalezas da cidade encontram-se as misteriosas Casematas del Bock e de la Pétrusse, a principal atracção da cidade.

 

As casematas são passagens subterrâneas secretas interligadas aos centros militares de proteção da cidade - um verdadeiro sistema de defesa. No total são 23 quilômetros de extensão, sendo, por este motivo, o Luxemburgo conhecido pelo "Gibraltar do Norte". Estes túneis secretos foram utilizados, durante a duas Guerras Mundiais, como abrigo para a população, consta que cerca de 35 mil pessoas foram protegidas dos bombardeios. Por este motivo, em 1994, a UNESCO considerou-as como Património Mundial.

 

Nós visitamos as Casematas de Bock, uma vez que as outras apenas se encontravam fechadas. Pagamos apenas 4€ por pessoa, uma verdadeira aventura!

DSC02936.JPG

DSC03047.JPG

DSC03052.JPG

DSC03056.JPG

Descendo a Cidade Baixa - Grund - existe um deslumbrante complexo de casas do século XIV todas muito bem arranjadas, nas margens do rio Alzette...  "A pequena Veneza do Luxemburgo!" 

DSC02956.JPG

DSC02977.JPG

DSC02982.JPG

DSC02992.JPG

Ainda no Grund, encontra uma zona bem interessante: uma zona de restaurantes e bares... Fomos até lá de dia e voltamos à noite... Simplesmente adoramos!

DSC03023.JPG

DSC03028.JPG

DSC03031.JPG

DSC03032.JPG

DSC03126.JPG

DSC03130.JPG

Partimos à descoberta do Luxemburgo, e adoramos o que encontrámos! Muitas mais fotografias foram tiradas, muitos outros cantinhos ficaram por explorar aqui... E por mais que eu tentasse descrever aquilo que vimos seria impossível retratar tamanha beleza num simples post como este!

 

Antes de regressarmos, ainda demos um saltinho até a uma cidadezinha da Bélgica... Mas esta ficará para um próximo post!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.