Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

O ESSENCIAL PARA UM QUARTO DE BEBÉ

image.jpeg

Toda a gente sonha com o quarto mais lindo do mundo para o seu bebé, ainda por mais quando se é mãe e pai de primeira viagem, como é o nosso caso, existem tantas coisas lindas e fofas no mercado que facilmente somos tentados em comprar artigos que muitas vezes nem sabemos até que ponto têm funcionalidade.

 

A pensar nisso, e dado que só temos um quarto, e não pretendemos mudar de apartamento de imediato, o quarto do Gui será inserido no nosso, pelo que iremos comprar apenas os artigos que são fundamentais para o bem estar do nosso Principezinho. 

 

Tendo em conta uma pesquisa baseada em vários testemunhos na internet, chegámos à conclusão que o essencial para o quarto do Gui passa por comprar:

 

 

- 1 Berço + colchão

 image.jpeg

- 1 Protecção de grades 180º

Recomendado apenas nos primeiros 6 meses de vida ou até o bebé se começar a sentar sozinho, pelo risco de asfixia.

 

- 3 a 4 Lençóis com elástico de berço: 100% algodão e sem bordados;

 

- 1 Protetor de colchão à prova d’água

Evita que o colchão sofra com os vazamentos da fralda.

 

- 2 ou 3 "Gigoteuses" (uma espécie de saco cama)

Ora qui está um artigo que não existe em Portugal, e que aqui em França é OBRIGATÓRIO (desde que o bebé nasce até aos 18 meses).

É uma espécie de saco de dormir que aqui em França as pessoas utilizam para colocar o bebé a dormir, e que substitui as tradicionais mantas, cobertores, colchas e lençóis, que em Portugal tanto se usam, e que eles contra-indicam pelo risco do bebé se enrolar e asfixiar.  Basicamente, em vez de enrolarmos o bebé em cobertores, este é colocado na tal "gigoteuse".

Existem com ou sem mangas, em tecido mais quente ou mais fresco, de acordo com a estação do ano que se pretende utilizar, e em vários tamanhos (normalmente dos 0 aos 24 meses).

Confesso que ainda me faz um bocadinho de confusão pois estava acostumada a ver um berço feito com o lençol e o cobertor, mas aqui, em qualquer maternidade, eles proibem, afirmam que é perigoso para o bebé e que este deve dormir deitado, de costas, sem travesseiro, bem agasalhado (de acordo com a época do ano) e com uma gigoteuse.

Aconselha-se a ter pelo menos dois sacos de dormir, pois permite alternar quando o bebé acorda molhado, ou quando o coloca para lavar.

Utiliza-se quando o bebé dorme no berço ou na alcofa. 

image.jpeg

- 1 Alcofa

Normalmente vem com o carrinho do bebé. Bastante útil pois normalmente serve de cama nos primeiros meses, uma vez que permite um acesso directo ao bebé durante a noite.

image.jpeg

- Cómoda para guardar a roupa do bebé;

 

- 1 Muda fraldas (opcional) - existem também as versões em que a cómoda está incorporada (2 em 1);

 

- 1 Colchão muda fraldas (plastificado);

 

- e 2 Capas para o colchão muda fraldas (de forma a proporcionar mais conforto ao bebé).

 

 

Por aí, alguém nos pode ajudar e opinar sobre a nossa lista?! Estará alguma coisa a faltar ou alguma coisa a mais...?!

 

Comentar:

CorretorMais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.