Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

NÃO É VINGANÇA É A LEI DE NEWTON: TUDO O QUE VAI VOLTA!

IMG_0514.JPG

Ainda nem dá para acreditar que conseguimos colocar um ponto final ao crédito habitação... Foram quase 12 anos de dores de cabeça por causa da compra daquele maldito apartamento, 9 dos quais passados em processos em Tribunais, e ontem parece que, finalmente, chegou a tão desejada hora... Para quem não se lembra da nossa história, ou para quem não sabe do que estou a falar, pode sempre voltar a ler aqui...

 

Nem imaginam o quanto nós esperamos que este dia acontecesse... Foram anos de luta, anos onde investimos o nosso dinheiro em algo que sabíamos que não tinha futuro, anos em que tivemos que abdicar de muitas coisas para conseguir chegar a este resultado, anos em que suspendemos as nossas vidas, anos em que perdemos muitas horas por dia a pensar no mesmo, anos em que duvidamos se tínhamos feito o melhor, anos em que chegamos a acreditar que este pesadelo nunca iria ter um fim, anos e mais anos de luta que ficarão guardados para sempre na nossa memória e que mudaram o rumo da nossa vida para sempre...

 

É incrível como a justiça é demasiado lenta, é incrível como perante factos e provas temos que nos resignar a esperar... E a esperar... E a esperar...

 

Lembro-me como se fosse hoje o dia em contactei a nossa advogada e expus o problema, lembro-me das vezes que também ela tentou negociar com a construtora, mas em vão... E lembro-me do dia em que ela concordou em dar entrada com o processo judicial no Tribunal, onde pretendíamos anular a compra/venda do dito apartamento, e ela nos ter alertado que seria uma missão quase impossível isso acontecer...

 

E se no início a anulação parecia-nos mais que evidente, com o passar do tempo fomos ficando menos esperançosos... Em momento algum ouvimos alguém que acreditasse no resultado desta nossa luta, todos eram da opinião que jamais iríamos conseguir tal proeza...

 

Queríamos apenas justiça, não pretendíamos mais nada... Mas também sabíamos que era uma luta desigual: nós os "zés-ninguém" contra os "poderosos", os conhecidos empresários da área da construção civil, tão conhecidos de nome como em número de processos em Tribunal... Felizmente, ao fim de muitas batalhas conseguimos, o que parecia impossível: Ganhamos a Guerra! 

 

E apesar da decisão final ter sido dada em Março de 2016, foram precisos mais de 3 anos e meio para a construtora cumprir com a decisão final... Foram precisos mais uns processos para que pudessemos finalmente rever o nosso dinheiro para podermos liquidar o nosso crédito habitação... Enquanto isso, fomos pagando seguros de vida e de casa, despesas com advogada, mensalidade do crédito, bem como todas as despesas daqui... 

 

Acreditem, que não foi nada fácil, foi preciso muita persistência da nossa parte, foi preciso acreditar que um dia a justiça seria feita, apesar de todos nos dizerem o contrário... Talvez as pessoas tivessem medo que pudessemos cair num abismo... Talvez nos quisessem proteger de alguma forma... Não sei... Só sei é que estas palavras menos motivadoras, com o tempo foram ganhando um certo peso, a ponto de acreditarmos que talvez tivéssemos cometido o maior erro de sempre...

 

Analisando tudo o que vivenciamos, sabemos que o balanço jamais será realmente positivo, se é que me entendem... Sabemos que talvez o mais simples teria sido termos vendido o apartamento a outra pessoa e depois logo se via no que dava... Mas a nossa natureza impedia-nos de o fazer... Somos demasiado correctos para tentar enganar alguém, tal como nos fizeram a nós... Somos demasiado sérios e demasiado responsáveis... E sei que, nem eu, nem o R., conseguiríamos viver em paz se tivéssemos seguido o caminho que parecia "mais simples"...

 

Hoje, passadas pouco mais de 24 horas, olhamos para trás e ainda não conseguimos acreditar que o principal pesadelo acabou... Agora só nos falta resolver mais um processo, que já dura há uns dois anos e tal, que a construtora colocou contra nós, um processo completamente descabido onde exigem que sejam pagas rendas do apartamento já que a compra foi anulada... E o melhor disto, é que ainda afirmam que nós com isto tudo enriquecemos às custas deles! Sabemos que tudo isto não passam de manobras para continuarmos a gastar dinheiro sem fim, sabemos que o objectivo deles sempre foi cansarem-nos ao máximo até que nós nos fartássemos e ficássemos miseravelmente pobres... Acreditamos até que eles nunca sequer colocaram a hipótese que um dia nós conseguíssemos chegar até aqui... E hoje, mais do que nunca, sabemos que não podemos desistir pois se a justiça continuar a ser feita iremos provar o que está aos olhos de qualquer pessoa: se houve alguém aqui que enriqueceu, esse alguém não fomos nós, muito pelo contrário, não há dinheiro que pague termos vivido tantos anos com a nossa vida suspensa! Quem nos dera a nós nunca termos feito a compra deste imóvel... Apesar de tudo, estamos orgulhosos por termos conseguido provar que tínhamos razão e por termos conseguido o nosso objetivo principal, a isto chama-se justiça. Não foi uma vingança, foi a Lei de Newton que conspirou a nosso favor!

3 comentários

Comentar post