Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

GENTE QUE SE PREOCUPA COM A GENTE!

IMG_8196.JPG

Hoje entregamos as chaves do nosso antigo apartamento, moramos lá quase quatro anos, e por incrível que possa parecer sentíamo-nos bem naquele lugar. 

 

Tal como este apartamento, onde moramos agora, também aquele foi encontrado no site da "leboncoin", só que este pertencia a um particular, não a nenhuma agência... O senhorio, um ex-construtor reformado com os seus 70 e muitos anos, era o proprietário de todo o edifício, tinha sido construído pela empresa dele... O edifico tinha apenas três andares, cada andar tinha quatro apartamentos, e o nosso ficava no último andar... Não tinha elevador, tínhamos um lugar de estacionamento no exterior e uma cave... 

 

Lembro-me da primeira vez que fomos ver o apartamento, ficamos imediatamente convencidos que era uma boa escolha, pelo edifico que era, pela área que apresentava (50 metros2) e pela proximidade ao meu local de trabalho... Na altura só tínhamos um carro, e não queríamos comprar outro, por isso, a maior parte das vezes ía a pé (quer dizer, vinha a pé para casa, porque como trabalhava de noite, o meu marido levava-me sempre)...  

 

Quando nos mudamos para ali, pensavamos que a relação com os vizinhos seria semelhante àquela que tínhamos no nosso apartamento do Porto... Felizmente, estávamos enganados, havia uma espécie de mini-comunidade... Pouco a pouco fomo-nos conhecendo... Não éramos propriamente aqueles vizinhos que íamos bater à porta para pedir um "bocadinho de salsa", mas éramos suficientemente próximos... Cumprimentávamo-nos, falávamos do nosso país, das férias... Sabíamos quando estávamos ausentes e porque estávamos ausentes... Havia uma certa preocupação em saber se estávamos bem...

 

Foi bom sentirmo-nos bem longe da nossa verdadeira casa, foi bom encontrarmos vizinhos assim, foi bom saber que, aqui, ainda existem pessoas que gostam de viver em comunidade.... Foi bom saber que existe gente que se preocupa com a gente! ❤️

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.