Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

ÉCOLE MATERNELLE

IMG_9458.JPG

O Gui faz 3 aninhos este ano, por isso em Setembro deixará de ir para a ama e passará a frequentar a Escola Maternal, ao que os franceses chamam aqui de École Maternelle.

 

A inscrição é sempre feita na Câmara Municipal da Cidade onde se mora, e geralmente ocorre sempre no início do ano, no caso do Gui as inscrições começaram  a 15 de Outubro de 2018 e terminam no dia 1 de Fevereiro de 2019. 

 

É uma mudança grande na vida de uma criança, pois antes dos 3 anos, a criança está numa creche (onde as regras são menos rígidas), com uma assistante maternelle (uma ama que recebe as crianças na casa dela) ou com uma nounou (quando a ama toma conta da criança na própria casa dos pais), num ambiente muito mais acolhedor. Quando entra na escola maternal depara-se com uma grande turma onde existem muitas mais regras... É um grande orgulho para a criança mas também é um grande desafio.

 

A Escolha da Escola

A escola é gratuita a partir dos 3 anos, a menos que optemos por uma escola  particular. Por norma, em cada cidade existem várias escolas, não se pode escolher a escola porque estas são separadas por setores e estão ligadas ao local onde morámos. 

 

Turmas
As turmas estão divididas em 4 sectores: toute petite section (TPS), petite section (PS), moyenne section (MS) e grande section (GS), respectivamente 2-3 anos, 3, 4 e 5-6 anos. Costumam ser turmas  grandes, entre 25 a 30 crianças, com 1 professor e até 3 auxiliares.

 

Horários

O horário da escola varia de escola para escola, em regra pode começar entre as 8:15 e 8:30 e terminar às 16:30.

O almoço é sempre pago, quer seja uma escola pública ou particular, e o valor depende do rendimento da família. Podemos escolher se a criança almoça na escola ou em casa, claro que isto só é viável para os pais que não trabalham ou têm um horário que permita ir buscar os filhos às 11:30 e levá-los às 13:30. 

Infelizmente, para quem trabalha, e não tem com quem deixar os filhos, o horário da Escola Maternal não é compatível com o horário laboral, daí que exista ainda o chamado período peri scolaire, que são nada mais que os períodos antes e depois das aulas. Trata-se de uma espécie de "tempos livres" onde as escolas possuem um espaço (ao que os franceses chamam de garderie), ou na própria escola ou fora desta, que permite que as crianças possam ficar mais cedo na escola e entrar mais tarde em casa (os horários começam às 7h da manhã e terminam às 19h). Esta opção é paga e o valor também depende dos rendimentos de cada família. 

 

Dias de Escola

Para complicar a vida, aqui em França a maioria das escolas não têm aulas à quarta-feira. Há pessoas que conseguem ter um horário laboral que lhes permita não trabalharem à quarta-feira para ficar com os filhos, mas para quem não tem essa sorte a opção passa por deixar os filhos na tal garderia (opção esta que também tem que ser paga).

 

Período Letivo e Férias Escolares

O ano letivo começa em Setembro e vai até final de Junho, existindo as  férias grandes de Verão, de Julho a Agosto. Além destas férias, as crianças têm 2 semanas de férias a cada 2 meses, ou seja: em Outubro, Dezembro, Fevereiro e Abril, sendo que as datas específicas dependem sempre da região onde se mora (tal como já tinha falado uma vez aqui). Escusado será dizer que nestas alturas, e para quem não tem alternativa, existem os centros de lazer, a pagar. 

 

 

No nosso caso...

Fizemos  a inscrição do Gui ontem e ainda não sabemos qual a escola que   vai frequentar pois a escola que deveria ir já está sobrelotada, tudo devido a uma série de imóveis que se construíram perto o que aumentou o número de crianças na zona. Ora, sendo assim, a funcionária da Câmara Municipal informou que só no final de Maio é que saberia a escola seleccionada. Depois disto, teremos que em entrar em contacto com a directora da escola para inscrever o Gui e tirarmos todas a dúvidas, espero que nessa altura possa conhecer também a escola.

Como estou grávida, numa primeira fase o Gui não vai precisar de ir para a Garderie, fará apenas o horário escolar, que no caso dele é das 8:30 às 16:30. No entanto, a opção de comer não cantina da escola será uma excelente ideia, para se adaptar mais facilmente à escola e também às refeições daqui pois desde pequenino está habituado a comer comida portuguesa feita por nós (mesmo quando vai para a ama).  

Vai ser uma grande mudança na vida dele até porque acho que ele ainda não tem noção do que lhe estou a falar quando lhe digo que um dia terá que ir para a escola. Além disso, como vamos de férias de Verão, o mais provável é que ele entre uns dias mais tarde depois do início escolar... Vão ser muitas mudanças que se avizinham para ele, e sei que vai ser um período um bocadinho complicado até para nós, mas calma e muito amor, tudo vai dar certo... Afinal vão ser mudanças positivas que vão permitir que o Gui cresça e desenvolva cada vez mais a sua autonomia!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.