Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

E EIS QUE O MILAGRE ACONTECEU

Contado Ninguém Acredita

Lembram-se daquele problema que contei aqui, em Julho de 2019, da anulação do nosso contrato de electricidade? Pois é, depois de muitos telefonemas e uma carta registada, foram precisos 2 anos e 5 meses para o problema ficar resolvido.

Nem imaginam a "quantidade de finais horríveis que fizemos para este filme"... E durante muito tempo fizemos contas sobre o quanto poderíamos ter que pagar...

020e151a322dd79baabc9ed10adcd0af

A verdade é que a companhia de electricidade solucionou o problema o passado mês de Dezembro, mas só agora é que decidi contar o desfecho desta história, para ter a certeza que estava mesmo resolvido porque o final foi realmente surpreendente!

A empresa ligou-me para me informar que o problema estava dado como encerrado mas, nesse dia, como estava a trabalhar, não pude atender o telemóvel, por isso deixaram uma mensagem de voz... Ouvi três vezes seguidas a mensagem e li três vezes o e-mail que também me tinham enviado e só não gritei porque estava no meu local de trabalho...

No mesmo instante, liguei para o R. e contei-lhe o que tinha acabado de receber: a companhia de electricidade pedia desculpas pelo transtorno e o nosso contrato começava agora do zero, com o contador certo, e o reembolso do dinheiro pago desde o início do contrato (Fevereiro 2018 até Fevereiro de 2019) pois não se tratava do nosso contador!

 

No final de tudo, a justiça acabou por ser feita, pois durante este tempo de espera sofremos um bocadinho pois estávamos com receio da conta que teríamos que pagar ao fim de 2 anos e 5 meses sem pagar electricidade...

 

Quem daí imaginou que esta história fosse acabar assim?!