Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

ARCO-ÍRIS, DUENDES E POTES DE OURO

Hoje quando chegamos ao trabalho, fomos brindados com um arco-íris desses de tirar o fôlego... Um não, dois...

IMG_20221118_192112_084.jpg

A minha colega, em tom de brincadeira, começou logo a falar que devíamos ir atrás do arco-íris para encontrarmos o "potinho de ouro"... 

Potinho de ouro?! Mas qual potinho de ouro? - perguntei eu intrigada.

Foi então que, ela contou, que quando era pequena diziam, às crianças, que no fim do arco-íris existia um pote de ouro! Eu pessoalmente nunca tinha ouvido tal, mas que a história é gira é, e faz a cabeça de qualquer criança sonhar… 

 

A lenda do pote de ouro no fim do arco-íris

A lenda vem da Irlanda e conta que os duendes ou elfosa, aprisionados, podem levá-lo a um pote de ouro que fica no fim do arco-íris. Trata-se de uma bela lenda sobre os sonhos de todos nós e o modo pelo qual podemos realizá-los.

A lenda sugere a facilidade proporcionada pela magia. Mas os duendes, ou leprechauns, são mais do que isso...

De acordo com a lenda, eles medem entre 30 a 50cm de altura, vestem-se de vermelho ou verde, e usam um chapéu de copa alta – a roupa pode variar de região para região na Irlanda. São tidos por criaturas solitárias, ocupadas em consertar sapatos e que adoram piadas e partidas. Não são totalmente bons nem totalmente maus e, aprisionados (fortemente aprisionados), são obrigados a revelar o tesouro das moedas de ouro.

As moedas são, no dizer de vários autores irlandeses, os sonhos de cada um – uma habilidade a aprender, uma carreira a desenvolver, uma pessoa que queremos amar.

Os nossos talentos são como os duendes: devem ser perseguidos e aprisionados, para que nos levem ao tesouro, isto é, às coisas boas da vida. Para isso, é preciso ter coragem de empreender a viagem (pelo arco-íris) e a firmeza (manter prisioneiros os duendes) para nos mantermos fiel aos nossos sonhos. No fim, se cada um se aplicar terá o seu potinho de ouro.

istockphoto-1133522799-170667a.jpg

Por isso já sabes, se algum dia encontrares um duende escondido na floresta, deves agarrá-lo com firmeza, em troca da liberdade ele irá revelar-te onde se esconde o pote de ouro no final do arco-íris!

 

Também conheciam esta história?