Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

ALTERAR A MORADA NO CARTÃO DE CIDADÃO - PARTE 2

IMG_8272.JPG

Lembram-se do post que fiz sobre a "alteração da morada no Cartão de Cidadão"? Pois é, depois de descobrir que podia comprar o bendito leitor de cartões, pedi à minha mãe para comprar um e trazer-nos quando viesse cá em Fevereiro, pois teríamos que mudar novamente as nossas moradas... E assim foi, a minha mãe lá me comprou o aparelho, por cerca de 20 euros, e eu estava toda entusiasmada pois ía mudar não só as nossas moradas, como a morada do Gui (uma vez que da última vez não tinha encontrado os códigos do cartão de cidadão dele).

 

Assim que nos mudámos, fomos então ao site do Portal do Cidadão, que por sinal não é nada evidente e prático, criamos a dita Chave Móvel Digital (CMD) e, com os PIN's de autenticação do Cartão de Cidadão, fizemos os pedidos para alterarmos a nossa morada. O problema é que tudo isto correu bem para mim e para o R., já para o Gui, como tem menos de 16 anos, não foi possível fazer nenhuma alteração online pois simplesmente o sistema não deixa, a alteração tem que ser feita presencial num Balcão ou num Consulado, sendo que para isso é necessário:

- a apresentação do Cartão de Cidadão; 

- o acompanhamento de um maior (de preferência, pai ou mãe) identificado com Bilhete de Identidade, Cartão de Cidadão, Autorização/Título de Residência ou documento de inscrição no Consulado.

 

Ficamos parvos com esta situação! Como é possível não conseguirmos fazermos a alteração da morada do nosso filho, via online?! Não deveria o Cartão de Cidadão de uma criança estar conectado a pelo menos um dos Cartões de Cidadão (da mãe ou do pai) de forma a que possamos fazer também esta alteração simultaneamente?! 

 

Com isto, o Gui continua com uma morada totalmente diferente da nossa, com uma morada que já não faz parte das nossas vidas... Ir ao Consulado de Portugal a Paris está totalmente fora de questão... E com tantos entraves, lá teremos que continuar com a esta situação irregular, só vamos fazer esta alteração da próxima vez que formos a Portugal!

1 comentário

Comentar post