Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

AFINAL ATÉ TENHO UMA DOR QUE ME CHATEIA...

image.jpeg

Até parecia estranho não ter nenhum sintoma menos bom neste terceiro trimestre da minha gravidez... Pois é, há cerca de 2 semanitas que tenho uma dor que de vez enquando me atormenta um bocadinho para o muito e me deixa a "mancar": a famosa dor do ligamento redondo!

 

Toda a gente ouve falar das famosas lombalgia (dores nas costas) e até da dor ciática que muitas grávidas chegam a ter, mas o que eu desconhecia (ou pelo menos não me lembro de falar disto nas aulas de obstetrícia, que tive durante o curso de enfermagem) era a existência deste tipo de dor a nível dos ligamentos que surge na região inferior do abdómen e que irradia para a virilha. Daí que, de início, fiquei um bocadinho preocupada pois não sabia do que realmente se tratava!

 

 

PORQUE SURGE ESTA DOR?

Normalmente, o útero é do tamanho de uma maçã, mas com o decorrer da gravidez, o útero cresce e expande-se em tamanho e peso. Ora este crescimento faz com que os ligamentos que suportam o útero no lugar do abdómen (os chamados ligamentos redondos) se estiquem e se tornem mais longos e finos a fim de suportar o crescimento fetal. Quando os ligamentos esticam, dá-se uma irritação das fibras nervosas que resulta numa dor aguda em um ou ambos os lados do abdómen, e que irradia para a virilha.

image.jpeg

A dor surge normalmente a partir do segundo trimestre de gravidez (no meu caso, tive a sorte de começar só agora no terceiro trimestre) e acontece quando há uma mudança na posição ou no movimento como levantar da posição sentada, sair ou rolar na cama, espirrar, tossir, rir, entre outros. 

 
 

COMO LIDAR COM A DOR

Existem várias dicas que são realmente simples e eficazes, entre elas, são:

- Mover-se devagar, evitando fazer movimentos bruscos ou rápidos (pois isso vai agravar a contração do ligamento e aumentar a dor);

- Sentar-se e relaxar;

- Dobrar os joelhos sob o abdómen;

- Deitar-se de lado, colocando um travesseiro sob a barriga e outro entre as pernas;

- Tomar um banho quente;

- Dobrar e flexionar os quadris no momento de tossir ou espirrar.

Caso a dor não abrande, o melhor será tomar 1gr de paracetamol, e se mesmo assim a dor persistir mais vale expô o caso ao médico que acompanha a sua gravidez. 

Eu costumo sentar-me, dobrar os joelhos sob o abdómen, e relaxar... E a dor alivia de imediato, mas para que esta desapareça são sempre precisos uns bons 15 minutos. Felizmente esta situação acontece-me muito esporadicamente, tão esporadicamente que até já me tinha esquecido que ela existe!

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.