Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

A PRIMEIRA VIAGEM A 3

Desculpem a minha ausência mas já devem ter reparado que estamos de férias em Portugal, desde segunda-feira... Hoje venho contar a nossa primeira aventura a 3, a nossa primeira viagem de avião, eu, o Gui e o Martin...

 

Começamos por preparar o Gui umas 3 semanas antes da viagem, volta e meia falávamos das nossas férias de Natal a Portugal, que nós os 3 íamos primeiro e depois ía o papá... Fazíamos questão de lhe dizer que o mais importante era portar-se bem e ajudar a mamã com o Martin, pois o Martin iria no colo, e ele teria que ser muito, muito, forte pois teria que andar sempre a pé e se tivesse sono só poderia dormir no avião...

 

No  dia anterior à viagem, o Gui estava em pulgas, passou o dia a perguntar se era "agora" que ía para o aeroporto... Estava ansioso por chegar a Portugal. O vôo estava previsto para as 6h da manhã, sabíamos que não íamos dormir muito e sabíamos também que era impossível o Gui ir dormir mais cedo do que o habitual. Fizemos as malas, jantamos, tomamos banho e dissemos ao Gui que tínhamos que dormir um bocadinho para dali a um tempo acordarmos para apanhar o avião... Fiz questão de lhe dizer que o avião não esperava por ninguém, que havia um tempo a cumprir, por isso não valia a pena fazer birras pois corríamos o risco do avião levantar vôo sem nós...

 

Eram 3h quando acordamos o Gui, nesse dia nem um "ai" deu, e num tempo record, ficou pronto para sair... Era impressionante ver a vontade dele em fazer tudo direitinho, tal como tínhamos combinado... Faltava agora saber como seria no aeroporto...

 

Infelizmente, nessa noite, o Martin acordou com imensas cólicas, comeu à meia-noite e a partir daqui chorou até às 2h... Eu e o R. não dormimos praticamente nada... Eu estava tramada porque ía viajar com o Gui e o Martin, o R. estava tramado porque, além de nos ter que levar ao aeroporto, tinha que ir trabalhar...

 

De casa até ao aeroporto demoramos os 30 minutos habituais, o Gui não pregou olho, e assim que estacionamos a vontade de ir era tanta que era ele o que mais tinha pressa... Sem nunca reclamar, acompanhou-nos sempre a pé... O R. ficou connosco até entrarmos na zona do controle, e a partir daqui começava a nossa verdadeira aventura à 3...

 

A parte pior foi assim que entramos na zona de controle das malas/passageiros... Tinha o Martin no sling, o Gui ao meu lado e uma mala de mão... Faltava agora retirar tudo para colocar no tapete: comida do bebé, telemóvel, máquina fotográfica, casacos (eu e o Gui), e o melhor de tudo: tirar o sling!!! Como bónus, e sempre com o Martin no colo, ainda tive que tirar as botas pois o alarme tocou, e depois de passar os pés na máquina de controle ainda tive direito a uma "massagem nos pés e nas pernas" pois os meus pés continuavam a alarmar... Enfim... Passada esta parte, onde quase ficamos nus, reuni tudo, tornei a organizar e seguimos para a porta de embarque... A porta de embarque ficava "no cu de Judas", mas a vontade de fazer tudo certinho era bem maior, tanto que o Gui só dizia: "anda mamã, já estamos atrasados, o avião não espera por nós!"...

 

A partir do momento em que ficamos só os 3 e vi que o Gui fazia tudo direitinho sem nunca reclamar, sabia que podia contar com ele para me ajudar! E assim foi, entrámos no avião, bebeu um pacote de leite, colocamos o sinto e não houve uma única birra, tinha ao meu lado o menino mais bem comportado de sempre! Ficou acordado até o avião descolar, adormeceu logo de seguida e só acordou uma vez, a meio da viagem, para dizer que estava a dormir bem... Assim que aterramos  abriu os olhos e muito espantado perguntou se ali era a casa da avó... Esperou por todas as minha indicações... Saímos do avião, fizemos um pequeno percurso à chuva e outro percurso bem maior até chegar à zona das malas...

 

Nunca pensei que o Gui fosse aguentar andar tanto a pé sem dizer que estava cansado... Nunca imaginei que ele fosse ser tão responsável... Dei por mim, muitas vezes, a pensar se iria conseguir fazer a viagem a 3, e confesso até que tive receio que o Gui se lembrasse de fazer birras por estar cansado! Lembrei-me muitas vezes das últimas viagens que fiz com ele de avião, e tive receio que ele se lembrasse de ligar o "complicómetro" e não fizesse nada do que eu lhe pedisse, pois o sono é um grande inimigo nestes momentos... Mas não, aquela imagem que eu tinha do Gui irrequieto o tempo todo não se concretizou em nenhum momento...

IMG_0629.JPG

Já o Martin chorou um bocadinho por causa das cólicas, mas acabou por dormir uma grande parte da viagem... E eu, apesar de toda "partida" e super cansada, senti-me a Super Mulher por ter conseguido viajar sozinha com os meus 2 Principezinhos... É óbvio que tudo isto só foi possível porque os meus dois Bonequinhos portaram-se lindamente e, uma vez mais, o Gui conseguiu surpreender-me pela positiva.

 

Acho que toda a preparação que fizemos com o Gui e o facto de viajarmos de manhã cedo acabou por contribuir para o grande sucesso desta nossa primeira viagem!

2 comentários

  • Imagem de perfil

    As Nossas Voltas 21.01.2020 14:27

    Sem dúvida! O Gui portou-se 200% bem Fiquei tão feliz e tão orgulhosa...
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.