Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

QUANDO NEM TUDO O QUE PARECE É

FB_IMG_1664207856111

Encontrei isto algures na internet e nem imaginam a quantidade de comentários que me fizeram rir...

Vale mesmo a pena pensar nisto... 

A ESCOLA DO GUI

Quem me segue sabe que o factor determinante para o nosso regresso a Portugal foi o Gui entrar este ano na escola primária, foi esse o objetivo que tínhamos traçado quando ele nasceu e foi exactamente isso que fizemos... 

A matrícula do Gui foi feita de acordo com as datas fixadas pelo Ministério de Educação, por isso soubemos desde cedo que ele tinha ficado na nossa primeira opção.

O Gui andava super motivado para as aulas começarem e nem a personalidade dele, super reservada, o fizeram mudar de ideias...

No primeiro dia de aulas apenas foram as crianças do primeiro ano, e só tiveram aulas da parte da manhã... Confesso que estava um bocadinho com receio de como ele ía reagir, mas felizmente correu super bem e ele entrou super confiante...

O segundo dia foi um bocadinho diferente pois estavam os 4 anos lectivos presentes, muitos alunos, muita confusão, mas uma recepção incrível com um ambiente de festa... Até o Martin adorou!

IMG_20220922_205241

O Gui ficou super bem, tímido, mas super confiante por estar na escolinha nova... Acho que a experiência que teve em França acabou por lhe dar outro tipo de ferramentas que serviram para ele ficar mais "forte e autónomo"...

Na escola o Gui sempre foi uma criança reservada, gosta de ficar no canto dele e sempre detestou confusões, gosta de observar tudo e todos e isso faz com que ele não faça amigos facilmente pois tem tendência a esperar que os outros venham ter com ele...

Confesso que às vezes o meu coração fica apertadinho pois fico com receio que ele possa sentir-se muito sozinho naquela escola tão grande... Mas depois lembro-me de mim, exactamente com a idade dele... Chegada da Venezuela, de uma guerra civil, sem falar uma única palavra em português, super timida e reservada, que gostava de observar e aprender... Talvez o Gui seja um bocadinho daquilo que eu fui, mas ele tem a vantagem de falar também português... 

E embora ele esteja a gostar muito da escolinha, ontem acabou por dizer que "os amigos que tinha em França eram mais fixes"... Tentei explicar-lhe que era perfeitamente normal ele sentir isso, pois acabamos de chegar e mal teve tempo de fazer amigos, além disso os meninos da escola conhecem-se todos pois já andaram juntos antes e ele é o menino que ninguém conhece... 

Agora é esperar para ver... Só o "tempo" trará novos amigos para o Gui... Até lá, o meu coraçãozinho continuará um bocadinho apertado pelo menos até eu saber que ele encontrou novamente o seu "lugar"...

VIDA NOVA ESCOLINHA NOVA

Martin

Hoje partilho com vocês a integração do Martin no Infantário...

Se estivéssemos ficado em França, teria entrado na "école Maternelle" tal como o Gui andou, mas como tínhamos planos para voltar fizemos a inscrição dele num infantário privado, o ano passado, onde tenho uma prima que é educadora de infância... Confesso que este foi o factor mais determinante na escolha do infantário pois com tantas mudanças na nossa vida, queríamos que a integração do Martin não fosse muito difícil pois ele estava numa ama... Por isso, assim que decidimos não hesitamos em fazer a matrícula num lugar onde conhecíamos alguém de forma ao Martin conseguir se sentir seguro.

E assim foi, o Martin foi para o infantário no dia 2 de Setembro, cheio de vontade de ir pelas maravilhas que lhe tínhamos contado, por ter a prima como Educadora e talvez pelo facto de saber que ía agora para uma escola tal como o mano...

Os primeiros dias choramingou um bocadinho com saudades nossas, mas depressa se adaptou àquele ambiente acolhedor... 

IMG_20220916_105329_229

Ao contrário da escola do Gui, em França, aqui há abraços, sorrisos e muita compreensão... Há caras conhecidas e simpáticas, olhares que confortam e palavras que nos transmitem segurança e confiança!

De facto a integração superou até as nossas espectativas de tão bem que correu.

Hoje o Martin chegou ao infantário, e mal viu uma das funcionárias, correu para os braços dela com o sorriso mais doce que possa existir! 

É tão bom sentir que os nossos filhos são felizes nos lugares onde os deixamos quando não podemos estar com eles.

E por aí, como foi?

Quanto ao Gui, ficará para o post de amanhã...

O UNIVERSO CONSPIRA A NOSSO FAVOR ❤️

Desculpem a minha ausência mas não tem sido fácil conciliar tantas mudanças na nossa vida...

Sabíamos que íam ser muitas mudanças, sabíamos que a nossa vida ía dar novamente uma volta de 360 graus, mas não fizemos planos a contar que um de nós fosse logo trabalhar...

A verdade é que essa possibilidade até existia mas nós nunca acreditamos muito nisso, e talvez lá no fundo sabíamos que isso não nos ía dar "muito jeito"... Mas a vida trocou-nos os planos e quis colocar-nos à prova... 

Na realidade, tinha aberto um concurso de Enfermagem na função pública em Fevereiro deste ano e eu tinha-me candidatado, e até tinha ficado numa boa posição... Sabia que, assim que saísse a lista dos classificados, podiam-me chamar a qualquer momento, mas quis acreditar que isso nunca iria acontecer antes de Setembro...

Mas o destino tinha outros planos para nós...

No dia das mudanças, cansada e incrédula com o que acabava de receber, abri um e-mail e vi que se tratava do meu futuro emprego... Respirei fundo e com o coração nas mãos disse ao R. que tinha acabado de ser colocada, e tinha apenas 24h para dar uma resposta... Confesso que fiquei com medo que não fossem "esperar por mim", pois tínhamos a nossa vida programada para os próximos dias e não podia agora deixar tudo para trás assim tão de repente... Felizmente, do outro lado, tive uma Enfermeira Directora super compreensível que permitiu que eu não perdesse "o meu lugar"... 

E assim foi, no dia 16 de Agosto, doze dias depois de termos chegado a Portugal, já estava eu a trabalhar!

No meio de caixotes, com a vida completamente do avesso, sem termos tido tempo de assimilar tudo o que nos estava a acontecer, começávamos uma nova aventura...

IMG_20220817_181656

Faz hoje exactamente 1 mês que comecei a trabalhar como enfermeira, 1 mês que comecei a trabalhar pela primeira na minha cidade...

Ao fim de 17 anos cá estou eu, pronta para abraçar esta nova aventura... Talvez seja a "aventura" que vai exigir mais de nós, pois temos que acreditar que vai dar tudo certo apesar dos obstáculos e das incertezas que sabemos que teremos que passar...

Há quem nos chame loucos, há quem ainda não acredite que viemos para ficar... 

Mas o que as pessoas talvez ainda não sabem é que somos suficientemente teimosos para levar este nosso plano até ao fim... Pois "quando desejamos muito alguma coisa o universo inteiro conspira a nosso favor!" (Paulo Coelho) ♥️

VIDA DO AVESSO

Faz hoje 15 dias que chegamos aqui, mas mal vimos o tempo passar... Os dias têm sido super intensos, e se tínhamos 1000 coisas para fazer antes de virmos para cá, agora temos 10001...

Confesso que ainda não deu para respirar nem sentirmos que "viemos para ficar"...

Felizmente tiramos 5 dias de férias por Bordeaux antes de entrarmos em Portugal, caso contrário acho que já estávamos maluquinhos há algum tempo... 

Só para terem uma ideia, desde que cá estamos, fomos apenas a um Batizado e saímos uma vez os 4...

A nossa vida tem sido uma autêntica correria... Entre caixotes, arrumações, limpezas, compras de móveis, passando pelas burocrácias que ficaram pendentes por lá e as burocracias que temos agora por aqui, mal tem sobrado tempo para nós... Mas a novidade mais bombástica é que, ontem, já comecei a trabalhar! Agora imaginem como está a minha vida... Este assunto ficará para o próximo post..IMG_20220817_192311

9 ANOS ♥️

A vida tem mesmo muitas coincidências... Ontem, regressamos definitivamente a Portugal... E ontem, fez exactamente 9 anos que largamos tudo rumo a uma grande aventura... Talvez a mais louca das nossas vidas...

DSC00403.JPG

DSC00455

O mais incrível é que lembro-me exactemente desse dia como se fosse ontem, mas a verdade é que estas fotografias são exactamente de Agosto de 2013!

Cada vez tenho mais certeza que a vida passa demasiado rápido, por isso temos mesmo que aproveitar cada segundo da melhor forma possível porque quando damos conta, o melhor da vida pode ter passado ao lado!

AU REVOIR PARIS ❤️

Faz pouco mais de 2 dias que deixamos para trás aquele que foi o nosso lar durante quase 9 anos...

IMG_20220724_141210

Foi precisamente na sexta-feira passada... Mas com tanta confusão e algazarra, ainda não tivemos tempo de assimilar tudo o que aconteceu até aqui...

 

A semana começou da pior forma possível quando a menos de 24h a empresa que devia fazer as mudanças nos informou que viriam apenas na quarta-feira à tarde, e não na terça-feira como estava programado... Naquele dia, se o meu coração não parou, pouco faltou... (É claro que estou a exagerar, mas que foi horrível foi....)

Tinhamos programado a entrega das chaves do apartamento para a quarta-feira de manhã, e à tarde era suposto chegarmos a Bordeaux, onde ficaríamos 2 noites para descansar, e dali o destino era conhecer Madrid...

Mas o destino não quis que fosse assim... Tive que ligar para a agência, explicar a situação, e pedir para adiar a nossa saída... Felizmente não colocaram nenhum entrave, tivemos que pagar mais um dia de "estadia" e as chaves apenas foram entregues na sexta-feira, às 15h...

Sexta-feira, o pior fim-de-semana para viajar de carro rumo a Portugal, o fim-de-semana onde a maior parte das pessoas parte de férias... Mas nós não estávamos em posição de reclamar...

 

A nossa preocupação principal era a empresa de transporte voltar a falhar connosco... Tinhamos o "coração nas mãos"...

Felizmente, na quarta-feira apareceram, não à hora marcada, mas sim da parte da manhã, sem que ninguém fosse avisado previamente... Apenas um amigo estava disponível, e a três acabamos por transportar tudo para o camião..

IMG_20220726_225017

Talvez esse tenha sido o pior dia... O dia em que stressamos mais... 

Depois veio a quinta-feira, ficamos sem electricidade porque era suposto já não estarmos ali... Tínhamos cancelado o contrato...

Ficamos 24 horas sem electricidade... Escusado será dizer que vivemos grandes aventuras a 4...

 

Na sexta, demos "ao litro" para acabarmos de limpar o apartamento e colocarmos tudo no carro...  E tal como programado, lá estávamos os 4, às 15h, prontos para entregarmos a chaves daquele que foi o nosso último lar...

IMG_20220731_212402

Dali, entramos no carro, suspiramos, e super cansados ainda fomos tratar de algumas coisas que tinham ficado pendentes...

No final do dia, fizemos um jantar em jeito de despedida com os nossos amigos, num restaurante francês...

Pernoitamos na casa deles, e de manhã tomamos o pequeno-almoço todos juntos... Entre beijos, abraços e lágrimas, despedimo-nos com o "coração bem apertadinho"... E dali, partimos em direção a Bordeaux...

IMG_20220731_141213

Foi mesmo estranho despedirmo-nos daquele lugar e de todas as pessoas que ali ficaram... Nem parecia que estávamos de férias, nem parecia que estávamos felizes por termos finalmente chegado a este dia... 

 

Acho que o cansaço que fomos acumulando ao longo destas últimas semanas acabou por nos deixar esta sensação de "vazio", pois não tivemos tempo de assimilar tudo o que estava a acontecer...

Por isso, achamos que seria vantajoso tirar uns dias de férias, em Bordeaux, de forma a recarregar baterias e poder enfrentar com mais energia todos os novos projetos que estamos prontos a abraçar...

❤️ DÉPART ❤️

E ao fim de quase 9 anos, hoje foi o último dia de trabalho aqui em França... 

Confesso que ainda não tive tempo de assimilar tudo o que se passou ultimamente... 

Passou tudo demasiado rápido...

Faz mais de um mês que fiz a minha "despedida" (o que os franceses aqui chamam de "pot de départ", onde a pessoa que vai embora organiza um lanche para todos)...

Fez exactamente um mês no passado dia 10 de Julho...

Fizemos cedo por uma questão de organização com os colegas que íam de férias e não íamos ver mais... Sim, "íamos" porque juntamente comigo também se despediu uma colega (filha de pais portugueses) que trabalhava no mesmo serviço há 10 anos e que se mudou para outra região da França...

 

Fizemos o nosso "pot de départ", exactemente no dia 10 de Junho, Dia de Portugal, por isso fizemos tudo com produtos portugueses, e os nossos colegas retribuíram-nos com diversos presentes especiais.... Fomos verdadeiramente mimadas!

20220722_215716

Depois desse dia, os dias passaram à velocidade da luz... Entre caixotes e vendas, não me apercebi do tempo passar...

Hoje, lá estava eu, no meu último dia, no hospital que me acolheu... 

20220722_220126

Para trás ficarão memórias únicas, momentos de alegria e de partilha... Outros momentos menos bons, mas que foram também importantes, pois serviram de grande aprendizagem...

 

Conheci pessoas incríveis e outras que me marcaram pela negativa...

Acredito que no meio dessas pessoas haverá umas mais especiais do que outras... Que não só entraram como vão ficar...

 

Foi aqui, longe do meu país, longe do conforto do meu lar, que cresci verdadeiramente enquanto pessoa...

Hoje olho para trás e vejo o quanto foi incrível tudo o que vivi aqui...

 

Só tenho a agradecer a força e a coragem que tivemos quando decidimos sair de Portugal e abraçar um projeto novo sem certezas se iria dar certo... E digo "tivemos" porque o R. sempre acreditou nesta minha "loucura"...

 

Agora é hora de acabar de encaixotar o que ainda temos espalhado pela casa, fechar a porta, entrarmos no carro e partirmos para uma nova grande aventura... Desta vez a 4...

 

A vida dá mesmo muitas voltas... Quem diria que um dia viriamos viver aqui... 

E o mais incrível é saber que, depois de estarmos cá, ninguém acreditava que um dia tivéssemos a coragem de regressar a Portugal!

O SEXTO ANIVERSÁRIO DO GUI

Só hoje consegui partilhar com vocês um bocadinho do aniversário do Gui... Talvez o último passado aqui em França...

Este ano, além dos amigos e da família que moram aqui , os meus pais puderam estar presentes, por isso o Gui ficou super contente...

O tema da festa foi escolhido por ele, os famosos Pokémons, os desenhos animados que ele delira!

Uma vez mais, eu e o R. fizemos o bolinho, e a decoração ficou toda à minha imaginação...

O resultado foi bastante positivo... O Gui estava super feliz por ter tido uma festa como ele tanto queria...

20220714_214052

Quem não ficou também indiferente foi o Martin, que ficou ansioso pelo aniversário dele pois desta vez também escolheu o tema da sua festa... 

A VIDA É FEITA DE ESCOLHAS

Nem imaginam a azáfama que tem sido desde Maio... Entre caixotes, artigos a publicar (para vender metade das nossas coisas), organizações de eventos, somado com as inúmeras "coisas do dia-a-dia", pouco tempo tem ficado para "respirar"... 

O meu cérebro anda a mil e o meu corpo lá tem conseguido acompanhar... Mas confesso que não tem sido nada fácil gerir tanta coisa... 

Nem tempo tive de festejar o nascimento do meu sobrinho... Mas sei que a minha irmã e o meu cunhado percebem as nossas dificuldades actuais...

Agora até as videochamadas são raras e feitas sempre no "corre-corre"... 

Aos poucos a casa vai ficando vazia... Vazia de móveis, cada vez mais desorganizada, repleta de caixotes e amontoados de coisas que ainda não tiveram tempo de ser "devidamente catalogados"... 

O Gui e o Martin parecem acompanhar calmamente a situação...

IMG_20220623_193844

E o meu coração?! Esse nem se fala... Tem batido a 200ppl/min... O meu e o do R... 

Há dias que temos a certeza que estamos a fazer a melhor coisa do Mundo... Há outros que o medo nos invade por não sabermos se vamos tornar a encontrar o equilíbrio em Portugal... 

Há dias em que estamos motivados e cheios de energia, há outros que estamos cansados e inseguros...

Mas apesar destes sentimentos ambíguos, continuamos a encher caixotes e a fazer despedidas (que nem sempre são fáceis) porque lá no fundo o nosso desejo de partir fala mais alto...

A nossa vontade de voltar a viver em Portugal é tão grande que mesmo que o nosso plano não der certo não ficaremos arrependidos de termos tentado porque sabemos que a vida será sempre feita de escolhas... E muitas vezes, é preciso deixarmos coisas para trás...

DESCULPEM A AUSÊNCIA...

Quem me segue deve ter reparado que tenho andado bastante ausente... Isto de regressarmos a Portugal fez com que a nossa vida desse uma volta de 360 graus...

Entre a organização de papeladas, os comunicados oficiais a informar que vamos mudar de país, a venda do nosso mobiliário, "os lanches/jantares de despedida", a organização das festas de aniversário do Gui e do Martin, mal tenho tido tempo para me dedicar ao blog...

A festa do Gui é já amanhã, num dia mais quente deste ano... IMG_20220617_162520

E no meio de tanta confusão o tempo tem passado demasiado rápido de mais para me conseguir organizar nesta nova fase das nossas vidas... Acho até, que tão cedo, não vou me conseguir orientar como queria...

 

"MATERNIDADE REAL"

A rainha Elizabeth 2ª comemorou a semana passada o Jubileu de Platina, ou seja, os 70 anos de reinado da monarca. A festividade aconteceu em Londres e reuniu milhares de pessoas nos arredores do Palácio de Buckingham, e não passou indiferente aos olhos do Mundo já que o evento foi transmitido em directo.

Confesso que não perdi muito tempo com isto, mas houve algo que captou a minha atenção, e a de milhares de pessoas: o comportamento do Príncipe Louis, o filho mais novo do Príncipe William e da Kate Middleton. 

IMG_20220609_213840

Imagino os comentários depreciativos que circulam na internet sobre o comportamento do pequenitos de 4 anos... Já eu não fiquei nada chocada e achei que a Kate até soube gerir a situação, mantendo a calma nesta situação. 

Colocar um miudo tão pequenino sentado a assistir a este tipo de comemorações, diga-se de passagem que poucas crianças seriam capazes de se comportar como verdadeiros "príncipes"!

IMG_20220609_215559

Tenho dois "príncipes" assim em casa, por isso sei bem do que estou a falar... 

O GUI FAZ 6 ANOS 💙

Feliz Aniversário para o meu Príncipezinho Gui, aquele que me ensinou a ser Mãe.. ♥️
Nem tudo são rosas, nem todos os dias são coloridos como esperávamos... E eu sei que sabes disso. Há dias que parecem combates, que parecem não ter fim, e eu questiono-me se estou a ser uma boa Mãe... As noites mal dormidas, as birras, as "guerras" com o teu irmão, a tua personalidade a querer afirmar-se e a desafiar-me, levando-me muitas vezes ao "limite"... Depois lembro-me do teu sorriso, dos teus abraços apertados, do teu "desculpa mamã", do teu "gosto de ti daqui até à Torre Eiffel e voltar" e tudo passa...
É incrível como mudaste a minha vida para melhor, porque apesar de todos os desafios da maternidade, foi contigo que me tornei uma pessoa melhor! ♥️

received_2001282370055266

SOBRE O DIA DO IRMÃO

O Dia dos Irmãos comemora-se em Portugal no dia 31 de Maio e o principal objetivo é relembrar a importância que os irmãos têm na formação pessoal de cada pessoa, celebrando e homenageando os irmãos.

Para quem tem irmãos, estes fazem parte da nossa história pessoal, com eles partilhamos memórias de infância e, na maior parte das vezes, são eles os nossos primeiros amigos...

 

É exactamente isso que eu espero que o Gui e o Martin reconheçam um dia... Pois apesar das birras, das crises de ciúme ou até da diferença de idade, o irmão será sempre aquela pessoa que sempre esteve lá quando eles mais precisaram... Até lá vamos guardando memórias em forma de fotografia para que eles tenham registos que comprovem isso...20220531_153310

 

Feliz Dia do Irmão, em especial para as minhas irmãs! 

E O MUNDO NOS CHAMA LOUCOS...

Desde que o Gui nasceu, fizemos a promessa que voltaríamos a Portugal de forma definitiva assim que ele completasse 6 anos... Ou pelo menos tentaríamos...

A ideia de ficarmos a viver para sempre num país que não é o "nosso" nunca fez parte dos nossos planos, por isso sabíamos que um dia teríamos que arriscar de novo...

A "Pandemia e o Putin" só veio agravar a economia Mundial, e Portugal não ficou de fora, o nosso coração tremeu mas decidimos que não poderíamos voltar atrás...

O momento é agora, e acreditamos que tudo vai dar certo... Mas se por acaso não der, temos o nosso plano B feito... Voltaremos para aqui e, desta vez, não iremos fazer planos para regressar tão cedo...

20220530_153345