Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

MODA PARIS

IMG_0678.JPG

Se há moda que parece existir aqui em Paris, há muitos anos, são aqueles famosos chinelos de piscina com a meia branca... Quem não se lembra, há "alguns anos luz", de ver os portugueses, que vivem aqui, a passear em Portugal com este modelito?! Desculpem-me se estou a ofender alguém, mas têm que concordar que isto não fica bem a ninguém! 

Nem imaginam a quantidade de pessoas que anda assim na rua... É vê-los todos "pimpões" e jeitosos (as), e quando olhamos para os pés vemos este modelito... Isto só pode ser moda de Paris!!! (Eh... Eh... Eh...) 

O QUINTO MÊS DO MARTIN


E é já amanhã que o Martin completa 6 mesinhos, mas com as férias de Natal só hoje é que pude falar deste mesinho que já vai longe...

 

Estavamos em Portugal quando o Martin fez 5 mesinhos, como a Pediatra dele tinha ficado doente fomos à consulta dos 5 meses ao Pediatra em Portugal, o mesmo que tínhamos ido em Agosto... Ficamos a saber que pesa quase 8kg e mede 70cm. O peso não aumentou muito, algo normal para esta fase devido ao facto dos bebés nesta idade serem muito mais activos e dispenderem muita mais energia, já o tamanho, diga-se de passagem que está muito maior que o Gui com a mesma idade! 

 

Este mês de vida foi marcado por muitas alterações, e a mais gira foi vê-lo interagir cada vez mais, principalmente com o Gui, lançando sorrisos e muitas gargalhadas!

 

Está cada vez mais curioso, e se há coisa que ele adora é explorar cada lugar novo, é mesmo giro ver o seu fascínio por tudo o que o rodeia. 

 

Aos poucos começou a brincar cada vez mais e sozinho, e tal como o Gui, prefere estar sempre acompanhado.

 

Uma semana antes de fazer 5 meses, o Martin descobriu que também tem pés, entrou na fase de tirar os sapatos e as meias, e já consegue chegar com os pés na boca! 

 

Consegue estar muito mais tempo sentado, com apoio, e tem um maior controlo sobre o tronco e a cabeça, mas acho que ainda vai demorar um tempinho a conseguir sentar-se sozinho.

 

Como está cada vez super curioso, quando mama distrai-se facilmente com outras pessoas, com sons, e até se eu falar deixa de mamar para ouvir o que se passa! É muito engraçado vê-lo entusiasmado, mas torna-se muito difícil alimentá-lo assim, pelo que só consegue comer bem em locais calmos.

 

Continua a comer de 2 em 2 horas, e à noite de 3 em 3 horas... Pensei que iria começar a mamar menos durante a noite, mas pelos vistos não está muito virado para isso... (Eh... Eh... Eh...) A novidade foi a introdução de alimentos depois que fomos à consulta do quarto mês, comeu a comer pela primeira, no dia 1 de Dezembro, um puré de legume, e diga-se de passagem que não correu muito mal... Quem estava super entusiasmo era o Gui, afinal o mano dele começou a crescer como ele tanto queria...

 

As cólicas quase desapareceram, são muito raras e surgem apenas quando se introduz um novo alimento.

 

Quanto ao padrão de sono digamos que está mais ou menos estabelecido... De noite dorme cerca de 12 horas e de dia faz três ou quatro sestas de 30 a 45 minutos. E o melhor, é que ao contrário do Gui, o Martin não gosta de dormir no colo, prefere estar todo esticadinho no berço ou na alcofa! 

 

As grandes paixões do Martin são o Gui (fica fascinado com tudo o que ele faz), as brincadeiras, a hora do banho e as gargalhadas que lhe lançamos.

 

É tão bom ver que a cada dia que passa ele interage cada vez mais connosco, é maravilhoso ver o seu sorriso, ouvir as suas gargalhadas, e apercebermo-nos das suas pequenas grandes descobertas! Estamos cada vez mais apaixonados, e mesmo sendo pais de segunda viagem, todas as pequenas coisas que ele faz, por mais banais que vocês possam imaginar, continuam a derretem o nosso coraçãozinho! 

IMG_0677.JPG

ADEUS 2019... OLÁ 2020 ❤️

Sei que as férias de Natal me deixaram muito tempo ausente por aqui, e que este post já deveria ter sido escrito, mas só hoje é que consegui um tempinho... 

Pois é, de repente estamos em 2020 e eu nem me consegui despedir de 2019 como queria... Mas que ano tão atribulado... Aconteceram muitas coisas boas, outras nem por isso, e outras de tão más que foram que o  melhor é nem relembrar...

Hoje vim agradecer só as coisas boas que 2019 deixou nas nossas vidas, pois são apenas estas coisas que valem a pena guardar...

A todos aqueles dias em que nos fartamos de rir, a todos aqueles momentos em que tivemos oportunidade de estar com todos aqueles que fazem parte da nossa vida e nos querem bem, a todos os nossos pequenos momentos de loucura (pois uma dose de loucura faz sempre falta), a todas as nossas pequenas e memoráveis viagens, e sobretudo, ao facto de todos nós continuarmos com muita saúde, só tenho a AGRADECER! 

Mas o que eu quero mesmo AGRADECER a este 2019 foi o nascimento do nosso Principezinho Martin! Com ele a nossa família ficou completa de Amor, de sorrisos e de abraços... Foi tão bom ter estado grávida e no final tudo ter dado certo, foi tão bom sentir e saber que o amor por mais um filho apenas se multiplica em direcção ao infinito, foi inesquecível testemunhar o amor do Gui assim que viu o Martin pela primeira vez e ver que esse Amor só cresce de dia para dia...

E foi no campo da família que 2019 brilhou, e eu só posso estar grata por ter a sorte de me sentir tão realizada!

Que 2020 nos dê toda a força que precisamos para continuar a lutar pelos nossos sonhos (e que estes mesmos sonhos se realizem), que continuemos a ter muita saúde, muito amor e muita alegria, que tenhamos o privilégio de ter sempre emprego (emprego este devidamente remunerado) e que possam surgir oportunidades e ofertas para que eu possa também crescer aqui no blog...

A minha meta para 2020 é ser capaz de agradecer cada vez mais e reclamar menos, porque quando somos gratos a vida encarrega-se de nos levar pelos melhores caminhos...

IMG_0675.JPG

"No fundo, alguma coisa me diz que vai dar tudo certo. Que os caminhos são tortos mas a chegada é certa. Que há coisas bonitas esperando lá na frente, se a gente acredita. E eu acredito, vivo de acreditar. E acredito, que o que importa mesmo, não são as pedras que encontro pelo caminho, mas sim, as flores que carrego comigo, dentro do meu coração!" (Odilon Euzébio)

❤️ FELIZ 2020 ❤️

SOBRE UM AMOR PARA A VIDA TODA

"É fechar os olhos no final de um dia cansativo e chato e ter a certeza que tens ao teu lado uma pessoa especial, um amor e um amigo.

É seguir em frente cheia de medo e ter na pessoa que acorda todos os dias ao teu lado a coragem que te falta naquele dia.

É ouvir ''vai! Força! Tu consegues! E eu vou estar sempre aqui, sou a tua rede, o teu abrigo, o lugar que podes chamar de teu''.

É ter a certeza de que mesmo que o Mundo nos mande muito para baixo aquela pessoa põe-nos no colo, protege-nos dentro de um abraço e mostra-nos que não temos que enfrentar tudo sozinhos.

É conseguir ver com toda a clareza do mundo, no lado de dentro do teu amor e melhor amigo, o quanto gosta de ti, o quanto te admira, o quanto te respeita.

É sentir aquela paz que procuras a vida toda, e agradecer todos os dias.

É ver e viver a vida de forma mais leve, mais simples, e mesmo sabendo que nem tudo bate certo, o amor, este amor para a vida toda, resiste a confusões, empurrões, a dias em que nem tudo são flores, a outros em que chove e que troveja, a mais outros em que parece que o Mundo desaba e nos perdemos de nós, e tu vês ali aquela pessoa que nunca desiste de ti, de nós.

É ter alguém que compreende e atura os teus dias de choro e de neura, que te oferece tudo o que precisas ali: silêncio e uma paciência feita de açúcar.

É ter a sorte de ver no outro a calma em dias de tempestade, a força em dias de medo, o silêncio em dias de calar, o espaço em dias de eu.

Ser um amor para a vida toda é ter ao lado uma pessoa-casa, uma pessoa-farol, uma pessoa feita de luz para onde sabemos que voltamos todos os dias, aconteça o que acontecer!"

(Às Nove no meu Blog)

❤️ FELIZ NATAL ❤️

"Desejos de Natal para o ano inteiro:

que o melhor do Natal seja o melhor de todos os dias,

dar valor a quem importa e se importa,

agradecer a quem está sempre presente,

abraçar quem cuida,

querer bem a quem nos quer bem,

gostar muito de quem gosta tanto de nós,

agradecer a quem nos diz a verdade,

a quem nos faz ver ''as coisas'',

a quem não nos deixa desistir,

a quem dá fermento ao nosso coração,

a quem fica perto, mesmo que longe, porque vive connosco do lado de dentro. 

Que o melhor do Natal seja - sempre - as pessoas que nos fazem bem. 

A elas: obrigada pelo Natal que nos trazem todos os dias."

(Texto de: Às Nove nos meu Blog)

IMG_0633.JPG

A PRIMEIRA VIAGEM A 3

Desculpem a minha ausência mas já devem ter reparado que estamos de férias em Portugal, desde segunda-feira... Hoje venho contar a nossa primeira aventura a 3, a nossa primeira viagem de avião, eu, o Gui e o Martin...

 

Começamos por preparar o Gui umas 3 semanas antes da viagem, volta e meia falávamos das nossas férias de Natal a Portugal, que nós os 3 íamos primeiro e depois ía o papá... Fazíamos questão de lhe dizer que o mais importante era portar-se bem e ajudar a mamã com o Martin, pois o Martin iria no colo, e ele teria que ser muito, muito, forte pois teria que andar sempre a pé e se tivesse sono só poderia dormir no avião...

 

No  dia anterior à viagem, o Gui estava em pulgas, passou o dia a perguntar se era "agora" que ía para o aeroporto... Estava ansioso por chegar a Portugal. O vôo estava previsto para as 6h da manhã, sabíamos que não íamos dormir muito e sabíamos também que era impossível o Gui ir dormir mais cedo do que o habitual. Fizemos as malas, jantamos, tomamos banho e dissemos ao Gui que tínhamos que dormir um bocadinho para dali a um tempo acordarmos para apanhar o avião... Fiz questão de lhe dizer que o avião não esperava por ninguém, que havia um tempo a cumprir, por isso não valia a pena fazer birras pois corríamos o risco do avião levantar vôo sem nós...

 

Eram 3h quando acordamos o Gui, nesse dia nem um "ai" deu, e num tempo record, ficou pronto para sair... Era impressionante ver a vontade dele em fazer tudo direitinho, tal como tínhamos combinado... Faltava agora saber como seria no aeroporto...

 

Infelizmente, nessa noite, o Martin acordou com imensas cólicas, comeu à meia-noite e a partir daqui chorou até às 2h... Eu e o R. não dormimos praticamente nada... Eu estava tramada porque ía viajar com o Gui e o Martin, o R. estava tramado porque, além de nos ter que levar ao aeroporto, tinha que ir trabalhar...

 

De casa até ao aeroporto demoramos os 30 minutos habituais, o Gui não pregou olho, e assim que estacionamos a vontade de ir era tanta que era ele o que mais tinha pressa... Sem nunca reclamar, acompanhou-nos sempre a pé... O R. ficou connosco até entrarmos na zona do controle, e a partir daqui começava a nossa verdadeira aventura à 3...

 

A parte pior foi assim que entramos na zona de controle das malas/passageiros... Tinha o Martin no sling, o Gui ao meu lado e uma mala de mão... Faltava agora retirar tudo para colocar no tapete: comida do bebé, telemóvel, máquina fotográfica, casacos (eu e o Gui), e o melhor de tudo: tirar o sling!!! Como bónus, e sempre com o Martin no colo, ainda tive que tirar as botas pois o alarme tocou, e depois de passar os pés na máquina de controle ainda tive direito a uma "massagem nos pés e nas pernas" pois os meus pés continuavam a alarmar... Enfim... Passada esta parte, onde quase ficamos nus, reuni tudo, tornei a organizar e seguimos para a porta de embarque... A porta de embarque ficava "no cu de Judas", mas a vontade de fazer tudo certinho era bem maior, tanto que o Gui só dizia: "anda mamã, já estamos atrasados, o avião não espera por nós!"...

 

A partir do momento em que ficamos só os 3 e vi que o Gui fazia tudo direitinho sem nunca reclamar, sabia que podia contar com ele para me ajudar! E assim foi, entrámos no avião, bebeu um pacote de leite, colocamos o sinto e não houve uma única birra, tinha ao meu lado o menino mais bem comportado de sempre! Ficou acordado até o avião descolar, adormeceu logo de seguida e só acordou uma vez, a meio da viagem, para dizer que estava a dormir bem... Assim que aterramos  abriu os olhos e muito espantado perguntou se ali era a casa da avó... Esperou por todas as minha indicações... Saímos do avião, fizemos um pequeno percurso à chuva e outro percurso bem maior até chegar à zona das malas...

 

Nunca pensei que o Gui fosse aguentar andar tanto a pé sem dizer que estava cansado... Nunca imaginei que ele fosse ser tão responsável... Dei por mim, muitas vezes, a pensar se iria conseguir fazer a viagem a 3, e confesso até que tive receio que o Gui se lembrasse de fazer birras por estar cansado! Lembrei-me muitas vezes das últimas viagens que fiz com ele de avião, e tive receio que ele se lembrasse de ligar o "complicómetro" e não fizesse nada do que eu lhe pedisse, pois o sono é um grande inimigo nestes momentos... Mas não, aquela imagem que eu tinha do Gui irrequieto o tempo todo não se concretizou em nenhum momento...

IMG_0629.JPG

Já o Martin chorou um bocadinho por causa das cólicas, mas acabou por dormir uma grande parte da viagem... E eu, apesar de toda "partida" e super cansada, senti-me a Super Mulher por ter conseguido viajar sozinha com os meus 2 Principezinhos... É óbvio que tudo isto só foi possível porque os meus dois Bonequinhos portaram-se lindamente e, uma vez mais, o Gui conseguiu surpreender-me pela positiva.

 

Acho que toda a preparação que fizemos com o Gui e o facto de viajarmos de manhã cedo acabou por contribuir para o grande sucesso desta nossa primeira viagem!

PARA TI QUE ESTÁS GRÁVIDA ❤️

"Hoje eu vou falar para ti, que estás grávida. Vou contar-te coisas que poucas pessoas têm coragem de nos falar. Talvez por medo, talvez para não soar negativo, para não colocar medo. Hoje, quero dar-te as mãos, levar-te para um lugar tranquilo e falar olhando nos teus olhos. Quero contar-te algumas coisas. Coisas que ninguém me disse, e que quando eu senti, imaginei-me a pior das criaturas por achar que só eu vivenciava aquilo.

Pois bem. Logo tu darás à luz todo o sentido da tua vida. Serás inundada por um amor nunca antes sentido, imaginado, vivenciado. Terás a certeza de que os teus dias, enfim, terão sentido. Essa fofura em forma de bebé trará alegrias, descobertas e muitas aventuras.
Mas, também te digo que muitas coisas não são tão positivas, podem ocorrer e isso é normal. Sim, normal! Porque, antes de sermos mães, nós somos mulheres. Somos de carne e osso, coração e cérebro. E diria que muito mais coração do que cérebro. Porque nós temos as nossas limitações, porque nos cansamos, porque temos sono, porque temos desejos, porque somos seres humanos.

Essa criaturinha que está a chegar vai precisar de ti a 100% do teu tempo nesse início de vida. E ele vai chorar, e ele não vai dormir, e ele vai pendurar no teu peito por horas e horas e horas. E quando tu estiveres quase a dormir ele vai ter a fralda cheia de xixi. E quando estiveres prontinha para sair ele vai regurgitar em cima da roupa linda dele e em cima de ti, deixando um cheiro azedo.

Não, ele não fará isso para te punir, nem porque tem manhas. Os bebés não têm maturidade emocional para fazer joguinhos de manha. Eles apenas são bebés e precisam de cuidados. Precisam de alguém que os alimente. Acabaram de sair de um útero quentinho, onde estavam protegidos do frio e da luz.

E tu poderás sentir-te, por muitas e muitas vezes, com raiva. E poderás sentir culpa por sentires raiva. E isso vai doer. Vais encontrar, na Internet, milhões de relatos apaixonados sobre a maternidade, sobre o encanto de ser mãe, sobre a coisa mais deliciosa do mundo de cuidar de um bebé. E muitas vezes vais sentir-te a pior mãe do mundo e vais te questionar: <se todos só falam do amor e prazer de ser mãe, porque que é que eu me sinto tão cansada, precisando de mim e querendo ser eu novamente?>.

Eu digo-te: porque tu és normal. Tu és um ser humano. Tu tens desejos, sonhos e necessidades. Não te sintas culpada quando isso acontecer. Ter filhos dá trabalho, sim! Eles são extremamente dependentes, e isso, às vezes, até nos assusta. Pode ser que chores, que tenhas vontade de desaparecer, que olhes para aquele bebezinho tão lindo e não tenhas vontade de pegá-lo no colo. Sim, pode até acontecer!

E isso não significa que és uma péssima mãe. Não. Muitas de nós sentimos isso. Muitas sofrem caladas, eu vivenciei isso e algumas, amigas e conhecidas, também. Não te sintas mal.

Sabes o que é melhor? O melhor é que tiramos uma força não sei de onde, um poder, um amor, sacudimos a poeira, damos a volta por cima em instantes e abrimos um sorriso. Voltamos a ter a doçura que nos é peculiar. Abrimos os braços para o nosso bebé. E damos o peito. E mimamos. E acalentamos. Sentindo um amor que não cabe em adjetivos nem expressões.

E isso é a maternidade. É a dedicação exclusiva mais gratificante da tua vida. E também, por que não, mais cansativa? Mas, quem é que disse que seria fácil? Fomos preparadas para ser mãe e temos condições de superar tudo isso. Amor, esse amor de verdade que falamos quando experimentamos a maternidade, tem um custo. E sabes o melhor? Nós conseguimos! Pagamos qualquer preço e vale muito a pena. Ah, se vale!..." (Texto adaptado - Autor desconhecido)

IMG_0628.JPG

Isto tudo para dizer que eu própria esta noite me senti assim... Acho que foi a pior noite que o Martin teve desde que nasceu... Ele que costuma ser tão calmo e dormir como um anjinho, passou a noite a acordar e a chorar, praticamente todas as horas... Estava cheio de cólicas e nem as gotas milagrosas foram capazes de o sossegar. Às tantas comecei a ficar exausta,  tinha sono, dali a umas horas tinha que me levantar para ir levar o Gui à escola e recomeçar um outro dia... O R. acabou por ter que ajudar também... E eu senti-me mal por estar cansada e ter sono e não ser capaz de estar a cuidar do meu bebezinho... Já eram quase 6 horas quando o Martin ficou mais calmo, o R. já tinha saído para o trabalho, e eu pude respirar de alívio... 

Há dias em que a Maternidade nos mostra o seu lado menos bom, hoje, como mãe de segunda viagem, sei que é perfeitamente natural sentirmo-nos às vezes assim... A primeira vez que isto me aconteceu, no nascimento do Gui, confesso que me senti a pior pessoa do Mundo! 

Se voltava a fazer tudo de novo?! Claro que SIM, não há nada melhor que ser MÃE! ❤️

 

CANSAÇO SELETIVO

Ora aqui algo comum a todas as crianças: o cansaço seletivo! O Gui anda assim há uns 3 ou 4 meses e temo que este cansaço veio para ficar durante muito tempo... 

IMG_0624.JPG

Quem confirma esta minha teoria?! 

BOLO DE AVEIA E IOGURTE

IDEAL PARA FAZER COM CRIANÇAS ❤️

Quarta-feira é dia do Gui ficar em casa por isso nada melhor que aproveitar este dia de chuva para aprimorar o seu gosto pela cozinha... Hoje decidimos experimentar uma receita super fácil, deliciosa, e saudável: bolinho de aveia e iogurte. Por isso, para quem quiser fazer um lanche diferente aqui fica está super receita ideal para fazer com os mais pequeninos de tão simples que é... Mas melhor mesmo é experimentar e depois passar por aqui para deixar a sua opinião...

IMG_0623.JPG

Ingredientes

1 Iogurte Natural

3 Colheres de sopa de Açúcar Amarelo

2 Copos (utilize o copo do iogurte) de Flocos de aveia

2 Colheres de sopa de Azeite

4 Ovos

1 Colher de café de Fermento

Manteiga e farinha q.b. (para untar a forma)

 

1. Numa caçarola coloque todos os ingredientes, bata com a ajuda de uma varinha mágica e reserve.

2. Unte com manteiga uma forma com buraco e polvilhe com farinha.

3. Despeje a massa na forma e leve ao forno pré-aquecido, a 180ºC, durante aproximadamente 25minutos (antes de retirar do forno verifique se o bolo está cozido, picando o bolo com um palito, que deve sair limpo).

4. Desenforme, deixe arrefecer e sirva! 

 

 

OBRIGADA ❤️

A equipa do Sapo Blogs fez um balanço individual de cada blog, sobre o ano 2019, e enviou o resultado a cada um que faz parte desta imensa família Sapo... Fiquei a saber que este ano publiquei 138 posts (confesso que achava que tinha publicado mais, isto de ser mãe de dois é o que dá...), os quais tiveram um total de 73 reações e 511 comentários. Mas o melhor disto foi saber que, o meu humilde blog, atraiu 297.842 visitas, que geraram 390.695 visualizações (entre comentários, pesquisas e todo o tipo de consultas)! 

 

Posts mais visitados 

1. A CULPA É DA PLACENTA
2. PORQUE RAZÃO A GRAVIDEZ É CONTADA EM SEMANAS
3. PÃO DE LÓ HÚMIDO - FACÍLIMO!
4. PATANISCAS DE BACALHAU
5. AEROPORTOS EM PARIS
6. FRANÇA: REGIÕES E DEPARTAMENTOS
7. AS 3 FASES DO TRABALHO DE PARTO
8. PALAVRAS E FRASES BÁSICAS EM FRANCÊS
9. RESTRIÇÕES ALIMENTARES NA GRAVIDEZ
10. FOLHADINHOS DE ALHEIRA DE MIRANDELA

Cheguei à conclusão que os meus posts sobre gravidez/maternidade continuam a se destacar sobre todos os outros,  daí que, em 2020, vou manter e desenvolver este tema. 

Algum tema que não costume falar e achem pertinente?! Aceitam-se sugestões...

 

Principais fontes de tráfego

1. google.com
2. facebook.com
3. trapalhadascaseiras.blogspot.com
4. bing.com
5. blogs.sapo.pt
6. sapo.pt
7. yahoo
8. diariodeumadesarrumada.blogs.sapo.pt
9. coconafralda.sapo.pt

Fiquei feliz por conhecer as principais fontes de tráfego do meu blog, e confesso até que não contava que fossem aparecer Blogs específicos, aos autores destes Blogs (itens 3, 8 e 9) aqui fica o meu agradecimento.

 

Os mais comentadores

Por último, estão as pessoas que mais comentaram os meus posts e mais interagiram comigo este ano...

1. omeumaiorsonho
2. Nala
3. Happy
4. Anita
5. Jess
6. Nuvem
7. Maribel Maia
8. Life Inc
9. marta-omeucanto

... Obrigados por partilharem comigo as vossas opiniões, as vossas experiências, e as vossas emoções! São vocês que tornam este blog mais interactivo e real... Espero que continuem desse lado e possamos intereagir cada vez mais!

 

Com isto só tenho a agradecer a cada um de vocês que de alguma forma ou outra contribuíram para o resultado destes números, eles são o reflexo da minha visibilidade... Ainda faltam alguns dias para o final do ano, mas  o balanço é, sem dúvida, positivo!

Espero que cada um de vocês continue a visitar-me em 2020 e não se esqueçam: se tiverem alguma sugestão ou algum tema que gostariam que fosse aqui falado digam! ❤️

IMG_0619.JPG

 

O GUI FEZ 42 MESES 💙

O Gui fez 42 meses na passada sexta-feira, 3 anos e meio que passaram num "piscar de olhos"! De repente ficou tão crescido, e aquele bebezinho que embalávamos nos braços para adormecer, passou a correr, a pular, a subir, a girar, a cair e a levantar-se sem qualquer dificuldade! 

 

É giro ver a curiosidade que ele tem cada vez mais nas letras e nos números... Pede para lermos histórias, aponta para as letras e para os números de forma a que nós possamos dizer o que representam, e fica super orgulhoso quando memoriza algum... E sempre que surge uma oportunidade faz questão de mostrar que sabe que o nome dele começa com a letra "G".

 

Está mais tagarela que nunca, constrói frases sem grandes dificuldades, adora repetir palavras de forma a falar melhor, gosta de falar sobre coisas do dia-a-dia, ou se vamos a algum lugar diferente ou compramos alguma coisa nova gosta de contar aos outros... É incrível como presta atenção a todos os detalhes mesmo os mais minuciosos, conseguindo ter um pensamento mais lógico. Mais do que nunca temos que ter cuidado com o que fazemos e dizemos pois ele tem uma capacidade de memorização enorme, sem falar que a capacidade de imitar está cada vez mais aprimorada! (EH... Eh... Eh...)

 

E embora ele seja super tagarela, e adore correr o dia todo, fica super tímido e calado na presença de quem não conhece ou tem menos confiança. Precisa de algum tempo para se adaptar aos outros e a lugares diferentes, por isso detesta quando o pressionam ou se "colam" a ele... 

 

Desde que entrou na escolinha começou a querer ser mais autónomo, tanto no comer como no vestir e ir ao wc. No comer come praticamente sempre sozinho, e aumentou em muito a variedade alimentar pois tem muita mais curiosidade em experimentar alimentos. Infelizmente ainda não come nenhum legume, a não ser na sopa, mas dá muito mais valor à comida feita em casa. Para vestir/calçar ainda precisa de alguma ajuda, embora ele ache que já não precisa de nós.  No que diz respeito a ida ao wc, o cocó continua a ser um problema... Quando sente vontade coloca uma fralda e faz, pois continua com medo de fazer na sanita ou no pote, a Pediatra diz que é normal porque como ele vê o irmão a fazer cocó na fralda, ele sente que tem o mesmo direito... Vamos ver quanto tempo isto ainda vai durar, pois o facto dele não ir ao wc faz com que ele se retenha na escola...

 

Outro aspecto importante é a curiosidade que ele tem agora em aprender palavras em francês, e embora continue tímido para falar em francês, compreende o que lhe dizem. O português continua a ser a sua língua favorita, o que acaba por não o ajudar na escolinha pois tem vergonha de interagir com os outros meninos... De qualquer forma estou confiante na aprendizagem dele pois sempre que uma palavra em português é mais difícil de pronunciar ele diz em francês, o que acaba por se tornar  bastante engraçado.

 

Mas claro que nem tudo são rosas... Mais do que nunca o Gui ficou teimoso e perito em fazer birras... Confesso que há dias que nos tira do sério de tão teimosinho que é, e de tantas birras que faz... Parece que temos um mini adolescente a querer afirmar-se cá em casa!

 

Por outro lado, temos o lado mais fofo do Gui que quando se lembra abraça-se a nós e enche-nos de beijinhos e abraços, diz-nos que somos bonitos e que gosta muito, muito, muito de nós os 3... E é nestas alturas que o nosso coração se derrete e sentimos que este amor que nos une cresce cada vez mais e mais... Um Amor Infinito! ❤️

IMG_0614.JPG

TEMPO LIVRE

IMG_0611.JPG

E ainda há quem acredita que ficar em casa com os filhos pequenos é ter boa vida e tempo livre de sobra... Eu cá ainda não consegui encontrar esse tempo livre que muitas pessoas falam... Alguém me explica como é que se arranja uma dose dessas para mim?!

 

O PAI NATAL TEM CARA DE MAU

No fim-de-semana passado decidimos arriscar e ir tirar uma fotografia com o Pai Natal... Costumamos ir a uma loja que todos os anos programa, durante vários dias, uma sessão fotográfica com o Pai Natal de forma a arrecadar dinheiro para uma associação, que ajuda crianças com doenças graves. Faz-se a inscrição no dia para poderem formar-se grupos de cerca de 10 crianças e por 3.50€ o Pai Natal conta uma história ao grupo, e no final cada criança pode tirar uma fotografia e recebe um presentinho  (sendo que as fotografias são levantadas na semana seguinte).

Queríamos que o Gui e o Martin ficassem com um registo deles pequeninos com o Pai Natal, por isso começamos uma semana antes a apalpar terreno com o Gui, não fosse ele recusar como o ano passado... Fomos até à loja que fazia a campanha, vimos as decorações de Natal e perguntámos ao Gui se este ano queria tirar uma foto com o mano... E embora a reacção dele não fosse de euforia, parecia que desta vez ele ia aceitar, mais que não fosse por ter o mano com ele...

Chegado ao dia, o Gui parecia super entusiasmado, até que entramos na loja e ele viu o Pai Natal... Começou a ficar envergonhado e aborrecido com a situação... Mas mesmo assim sabíamos que não valia a pena adiarmos pois a reacção dele não iria ser diferente se viéssemos num outro dia... Primeiro, começou por dizer que não ía, depois que ía... Enfim... Acabamos por fazer a inscrição dos dois... Entretanto, o Pai Natal juntou o grupo de meninos que íam tirar a foto e começou por contar a história... O Gui olhou para ele e disse logo que não queria ir... Quando terminou, cada criança foi chamada para tirar a fotografia... O Pai Natal pegou no Martin, a miúda tirou a fotografia e, de seguida, o Pai Natal pediu ao Gui para se sentar ao lado dele para tirarem uma fotografia os três... E mais uma vez ele negou! Acabamos por tirar a segunda fotografia a 4, com o Pai Natal, mas com o Gui com cara de mete nojo (Eh... Eh... Eh...)... No final, cada criança recebeu a prendinha simbólica, mas mesmo assim o Gui não ficou convencido com o Pai Natal...

Quando nos dirigíamos para o carro, perguntei-lhe porque é que ele não quis tirar uma fotografia com o Pai Natal sendo ele uma pessoa tão amiga das crianças. Foi então que ele olhou para mim e respondeu muito sério:

- O Gui não gosta do Pai Natal. O Pai Natal tem cara de mau!

Escusado será dizer que fartamo-nos de rir com tamanha resposta! E o pior é que ele Ainda continua a dizer o mesmo... Eh... Eh... Eh...

Agora é esperar para ver como ficaram as fotografias...

E por aí, também acontece o mesmo?!

IMG_0609.JPG

QUEM MAIS SE IDENTIFICA?

Ora aqui está uma das minhas paixões: decorar a casa para ocasiões especiais... E o Natal é, sem dúvida, uma das ocasiões em que eu procuro dar o meu melhor de forma a podermos sentir toda essa Magia... Sei que pode parecer um bocadinho consumismo da minha parte, mas não posso negar que adoro decorações de Natal, e adoro ver uma casa bem decorada, pois só assim é que consigo realizar que estamos no Natal...

Mas bom mesmo, é acrescentar a essa magia o brilho do olhar de uma criança... É a primeira vez que sinto que o Gui compreendeu um bocadinho daquilo que estamos a celebrar, tanto que sabe perfeitamente que terá que aguardar para a célebre ceia de Natal...

É mesmo giro vê-lo fascinado com as decorações e as iluminações que vemos nas ruas e nos shoppings... A única coisa que acho estanho é na escola dele não haver um único indício que estamos na Época de Natal... Ou será que ainda estão a preparar?! Vamos aguardar para ver... 

IMG_0608.JPG

E por aí, quem concorda comigo?!

NATAL É AMOR ❤️

Natal é Amor, e o Amor está nos pequenos detalhes do dia-a-dia, que nos fazem sentir felizes e especiais. Nós temos a sorte de estarmos rodeados desse Amor... Não temos milhares de amigos, nem milhares de familiares próximos, mas aqueles que temos são mais que suficientes para nos sentirmos realmente Especias...  

Prova disso foi entrarmos em Dezembro com uma prendinha de Natal antecipada, uma surpresa maravilhosa que chegou hoje, pelo correio, vinda da nossa Família de Coração, os nosso Amigos, Padrinhos do nosso Principezinho Gui, que vivem em Portugal... 

IMG_0605.JPG

Escusado será dizer que a nossa árvore de Natal ficou ainda mais radiante... São pequenos gestos como este que serão as nossas lembranças eternas de amanhã! 

E foi da forma mais doce que a Magia do Natal entrou na nossa casa...