Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

VIVA EL MÉXICO!

DSC00208.JPGEstávamos em Março de 2012, faltavam menos de 2 meses para o nosso casamento e ainda não tínhamos decidido onde iríamos passar a nossa Lua-de-Mel... Não queria um destino apenas de praia, até porque gosto de explorar, conhecer novas culturas... Caso contrário, fico com uma sensação de vazio dentro de mim! O Rui acaba por alinhar comigo, até porque não é adepto de estar horas e horas deitado numa toalha a apanhar sol, e se nas nossas primeiras viagens ele não era de muitas correrias, hoje sei que posso contar com ele pois o bichinho de conhecer também acabou por crescer nele!

 

Começámos a ouvir maravilhas do México, as suas praias paradisíacas com águas quentinhas, a sua riqueza cultural, as inúmeras atracções em contacto com a natureza, a sua gastronomia, a animada vida nocturna, o povo acolhedor e tantas outras coisas que fomos explorando, na internet, e acabou por nos deixar completamente rendidos!

 

Estávamos a falar da Viagem das Nossas Vidas, a nossa Lua-de-Mel, por isso queríamos que fosse especial, mágica e verdadeiramente inesquecível.

 

Fizemos a reserva numa Agência de Viagens e reservámos os nossos bilhetes pouco mais de um mês antes do nosso casamento... Partíamos dois dias depois do nosso casamento para a Riviera Maya, numa viagem de 15 dias, de forma a conhecer este Paraíso...

 

 

VAMOS SITUAR O MÉXICO e a RIVIERA MAYA

 

O México oficialmente Estados Unidos Mexicano é uma república constitucional federal que se localiza na América do Norte. É o quinto maior país das Américas por área total, possui um território de quase 2 milhões de quilómetros quadrados, e é o 14º maior país independente do Mundo.

image.jpegA Norte, o país é limitado pelos Estados Unidos; a sul e oeste pelo Oceano Pacífico; a sudeste pela Guatemala, Belize e Mar do Caribe e a leste pelo Golfo do México.

 

A cerca de 90 quilómetros do aeroporto de Cancun, localizada no estado de Quintana Roo no México, fica a Riviera Maya, o principal destino turístico do México (junto com Cancun, uma cidade muito mais agitada e com uma noite "pesada"), um verdadeiro paraíso natural banhado pelas águas do Mar das Caraíbas. Possui uma costa com mais de 120 quilómetros, que se estende desde a localidade de Puerto Morelos a Punta Allen, região da Península de Yucatan.

image.jpeg

Uma região conhecida pelas suas praias paradisíacas de água azul-turquesa e quentinha, resorts com mega estruturas, cidades coloniais, locais arqueológicos (ruínas maias que contam um pouco da história do país), inúmeros cenários naturais (como por exmplo, os cenotes, que são nada mais que rios e cavernas onde se pode fazer snorkel ou mergulhar de cilindro), uma grande variedade de atrações em contato com a natureza (parques temáticos, mergulho em piscinas naturais, com golfinhos...) e uma animada vida noturna. Isto tudo, aliado ao seu clima semitropical, com uma temperatura média anual de 25°C, faz desta região um dos destinos mais procurados, e foi por tudo isto que nós fomos lá parar! 

 

 

Passados quase quatro anos desta nossa viagem de sonho, decidi partilhar com vocês as maiores riquezas que vimos no México, mais concretamente na Riviera Maya... Percam uns minutos do vosso tempo e mergulhem nalguns dos locais mais surpreendentes que lá existem e que nós aconselhamos visitar...

 

 

 

1. Playa del Carmen

A Playa del Carmen, é uma praia mexicana localizada na costa da Riviera Maya, a cerca de 65 km de Cancun, um local tranquilo, que lembra um bocadinho as  praias de Portugal.

Fomos no final do dia, de táxi, antes de irmos visitar Cancún. Nesse fim de tarde choveu tanto que mal pudemos apreciar a praia e tirar fotografias...

 

O centrinho da Playa del Carmen é onde tudo acontece, um local pequeno, com cerca de 4 km de extensão e que fica a poucos metros da praia. O calçadão da Quinta Avenida é a principal via turística, onde ficam diversos hotéis, restaurantes, bares e diversas lojinhas onde se podem comprar recordações. 

 

 

2. Cancún

Cancun é uma cidade bem americanizada, com um público formado principalmente por turistas latinos e norte-americanos. Fomos visitar a cidade numa noite, também de táxi, percorremos a zona dos bares, onde se situa o famoso bar Coco Bongo, e ficámos realmente impressionados com o ambiente que lá existe...

 

Confesso que não imaginávamos que a cidade fosse tão desenvolvida e agitada!

DSC00567.JPGDSC00594.JPGimage.jpeg

 

 

3. Chichén Itzá 

O maior ex-líbris da região, o segundo sítio arqueológico mais visitado do México, declarada Património Mundial da Unesco em 1988.

image.jpeg

image.jpegimage.jpeg

Com um ano de construção de cerca de 455 A.C., Chichén Itzá, era o centro político e económico da civilização maia. Entre as ruínas destaca-se a famosa Pirâmide de Kukulcán, a enorme pirâmide que aparece nas fotos e nos cartões postais, considerada uma das Sete Maravilhas do Mundo moderno.  

image.jpegimage.jpeg

Optámos por ir de táxi visitar este local arqueológico, localizado a pelo menos duas horas de carro da Riviera Maya, de forma a que não perdessemos um dia inteiro numa escursão. Entrámos cedo no local das ruínas (para entrar, pagámos cerca de 20 euros por pessoa), ainda vazio sem a presença dos grupos turísticos, vimos tudo com calma, e debaixo de temperaturas suportáveis (pois quando viemos embora, por volta das 13h-14h... O calor era insuportável para se fazer este tipo de visita!).

image.jpeg

image.jpeg

Depois de algumas horas, os turistas começaram a chegar em peso, e os vendedores de artesanato típico também, montando as suas barraquinhas ali mesmo, com peças esculpidas em pedras, tapeçaria, relógios astronómicos e máscaras de deuses maias. Para comprar alguma lembrancinha, é fundamental regatear com os vendedores, faz parte da cultura deles.

image.jpeg

No regresso ao hotel, parámos ainda numa casinha rural de um povo Maya... Comprámos alguns artigos feitos por eles e ainda pudemos registar o momento em fotografia!

image.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

 

 

4. Xcaret

Bem próxima da Playa del Carmen encontra-se o parque ecológico mais caro da região (cerca de 125 euros por pessoa, o chamado bilhete “Plus” que inclui um almoço com buffet e bebidas, permite o uso de armários, o empréstimo de snorkel para praticar o mergulho e inclui transporte), uma das principais atrações turísticas da região, que vale bem a pena visitar!

image.jpegimage.jpeg

A palavra Xcaret significa pequena baía, e o parque tem esse nome justamente porque há uma pequena enseada na sua área, localizada bem próxima à praia. Trata-se de um lugar que oferece dezenas de actividades que envolvem natureza e cultura, com rios subterrâneos (uma das atividades mais divertidas do parque), uma imensa lagoa, uma baía ainda maior, uma grande variedade de animais (tartarugas, jaguares, araras, flamingos, jacarés, macacos, borboletas gigantes, golfinhos...), uma vila maya, uma réplica de um autêntico cemitério mexicano, ruínas arqueológicas, a capela da senhora de Guadalupe, um viveiro de orquídeas, gastronomia e muita diversão. 

image.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpeg

image.jpegimage.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

O parque possui ainda atividades opcionais que não estão incluídas nos bilhetes, como o mergulho com golfinhos, o nado com tubarões, entre outras, mas existe tanto para explorar que torna-se desnecessário.

 

Há noite, o parque encerra com um mega espetáculo musical, chamado “Xcaret México Espetacular”, apresentado numa grande arena construída especialmente para a apresentação. No palco mais de 300 artistas participam do espetáculo, que mistura músicas, danças, lendas e festividades num tributo à cultura mexicana... Uma verdadeira viagem à cultura da região e às tradições mexicanas!

 

A área a explorar é tão grande que é necessário um mapa para não nos perdermos...

image.jpeg

Um dia verdadeiramente inesquecível!

 

 

5. Coco Bongo

O Coco Bongo é um  bar de shows super famoso, no México existem dois: um em Cancun (primeira foto abaixo) e outro na Playa de Carmen (segunda foto).

image.jpeg

image.jpeg

O famoso bar ficou mundialmente famoso após ter aparecido no clássico filme “O Máscara”, em 1994, daí a imagem deste ser exactamente a personagem principal do filme.

image.jpeg

Estávamos indecisos se deveríamos ir, dado o preço dos bilhetes (cerca de 50 euros por pessoa, com bebidas incluídas e transporte)... Fomos ao da Playa del Carmen, e não nos arrependemos nadinha, muito pelo contrário, ficámos verdadeiramente fascinados e tornávamos a repetir a dose...

 

Um misto de discoteca, espetáculos da Broadway e Las Vegas, com cenas de filmes de Hollywood e uma pitada de Cirque de Soleil. Imensa gente dançando em cima dos balcões, ao som das músicas mais atuais do momento, e no meio das músicas, um novo show, um novo espetáculo, com cenas de filmes como Batman, Homem Aranha, etc, etc, juntamente com um espectáculo de luzes, balões e confetis... Onde vários empregados incansáveis não permitem que o espaço fique sujo, pois andam sempre de vassoura e lanterna na mão... Os barmans pegam nas pessoas praticamente no colo para as colocar em cima dos balcões a dançar... Toda a gente vibra e dança... Um cenário verdadeiro louco e sensacional! 

image.jpeg

image.jpegimage.jpeg

 

 

OUTROS DADOS NÃO MENOS IMPORTANTES...

 

1. ALOJAMENTO

A hospedagem incluída no nosso pacote ficava num dos 4 hóteis do Gran Bahía Príncipe, mais precisamente no Luxury Bahia Principe Sian Ka'an, o qual nos recomendamos e adorámos!

 

O pacote dava acesso a todos os hóteis, todos eles com jardins e piscinas muito bem cuidados, quartos espaçosos com mini-bar, ar condicionado, buffets bastante variados, possibilidade de ir jantar todos os dias a um restaurante diferente (existe uma gama variada de restaurantes, onde se janta com reserva prévia), bebidas incluídas, lojas, bares, esplanadas, bem como uma série de actividades diurnas e noturnas, com shows e disco. 

image.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegimage.jpegDSC00460.JPGimage.jpegDSC00209.JPG

image.jpeg

Para nos deslocarmos entre os hotéis, existiam uma espécie de "comboios", daqueles parecidos com o golfe que levam os turistas para todo o lado, e os quais circulavam todo o dia até às 2h da manhã.

image.jpegDSC00202.JPG

Como era de se prever, a variedade de animais era imensa, não fosse o complexo de hóteis estar rodeado de vegetação tropical e fauna autóctone e fazer parte da Fundação Eco-Baía (uma fundação voltada para a preservação do meio ambiente e do acompanhamento das tartarugas autóctones na posta e eclosão dos ovos nas praias próximas do resort), mas eram as iguanas que mais faziam parte do dia-a-dia daquele local...

image.jpeg

Os funcionários do hotel, todos eles mexicanos, grande parte descendentes dos Mayas (tendo em conta às suas "mini-aturas), eram super simpáticos e estavam sempre prontos a ajudar!

image.jpegimage.jpegimage.jpeg

Usufruímos do hotel ao máximo... Ficámos horas na praia, entre as espreguiçadeiras e aquele mar fantástico, participámos nas actividades desportivas, as tarde nas piscinas, comemos sempre super-bem, usufruímos dos bares, dos restaurantes temáticos e dos espetáculos na Hacienda Doña Isabel (a discoteca do hotel).

 

Uma verdadeira estadia 5 Estrelas!

image.jpeg

image.jpegimage.jpeg

image.jpeg

image.jpeg

 

 

2. GASTRONOMIA

A cozinha mexicana hoje é mundialmente conhecida, baseada no milho, no feijão, no chile (a pimenta frita), no tomate e no abacate, entre os pratos típicos encontram-se as tortilhas, enchiladas, os tacos, as omeletes, o guacamole, tudo exorbitantemente apimentado!

 

E, claro, para beber a famosa Tequila!

 

 

3. MOEDA

Embora a moeda do México seja o Peso Mexicano, em quase todos os locais eles aceitam o euro, e quando não aceitavam facilmente se encontrava um local de câmbio.

 

 

4. TRANSPORTES

Para conhecer a Riviera Maya é necessário sair do hotel para explorar toda a riquesa que existe na região... As distâncias entre as atrações são bem longas e embora a estrada seja boa e bem sinalizada, a opção de alugar carro nunca esteve nos nossos planos.

 

Optámos por conhecer alguns locais de táxi juntamente com um casal português que conhecemos no hotel, e com os quais passamos a primeira semana juntos e nos divertimos imenso. Com eles, alugámos o táxi por dois dias, onde pagámos cerca de 400 euros (200 euros por casal) e fomos conhecer a Playa del Carmen, Cancún e Chichén Itzá. Visitámos ainda uma casa rural de povo Maya.

 

Os outros locais que pretendíamos ir (Xcaret e Coco Bongo), fizemos em excursões vendidas no hotel.

 

O que nos chamou atenção nas estradas do México, foi a quantidade de polícia na estrada e nas cidades, que andavam munidos com armamento pesado e praticamente mascarados... Os carros eram mandados parar aleatoriamente e os polícias faziam questão de perguntar ao taxista quem eram os passageiros e onde íam... Confesso que o primeiro impacto foi um bocadinho assustador.

 

 

EM SUMA...

Foram 15 dias muito intensos, onde descobrimos lugares únicos que ficarão guardados para sempre na nossa memória... Um país com um clima quente, águas cristalinas, pessoas simpáticas e acolhedoras e com uma enorme riqueza cultural! 

 

Esta foi, sem dúvida alguma, a viagem das nossas vidas, não fosse ela também a nossa Lua-de-Mel!  

image.jpeg

 

6 comentários

Comentar post