Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

O GUI FEZ 9 MESES

O Gui fez 9 mesinhos, no passado dia 6, um dia que foi comemorado em Portugal.

Fomos à consulta do nono mês, no dia 1 de Março pois tinhamos as férias marcadas para o dia 3, ficamos a saber que pesa 9kg100gr e mede 71cm. 


Neste mês, o Gui começou a comer comida mais sólida, experimentou arroz, açorda e massa, no início, como não estava habituado a ter que mastigar algum tempo, antes de engolir, enervava-se pois queria comer rápido e não conseguia. Hoje é muito mais paciente e alinha muito mais neste tipo de alimentos, mas continua a preferir a comida passada. 

 

Fruta, para além da maçã, pêra e banana, já experimentou manga, papaia, laranja, clementina e melão, e a experiência foi muito positiva. A banana já a tolera bem.

 

No dia que completou 9 meses comeu pela primeira vez iogurte ao lanche, e embora coma, desde o primeiro dia, tudo, nota-se que este alimento ainda lhe causa alguma estranheza.


Já gosta imenso de bolachas e pão, mas a sopa continua a ser o seu alimento de eleição. Ainda não gosta muito de água, volta e meia dá-lhe um pico de sede, mas é só de longe a longe, vamos lá ver quando é que passa a gostar... 

 

Em relação à amamentação os horários mudaram bastante, de dia praticamente só mama de manhã, já a noite pouco se alterou, continua a acordar a cada 2 ou 3 horas para comer.


O Gui está cada vez mais atrevido e risonho, lança gargalhadas contagiantes e está sempre a desafiar-nos, adora dançar e saltar connosco. Começou a repetir "palavras" para si próprio como “Papapapa” e a imitar sons simples.

 

Para chamar atenção apreendeu que gritar também é uma boa opção, e quando vê que não resulta chorar é sempre a sua segunda opção. 

 

Já sabe o significado da palavra "não”, por isso sempre que vai fazer algo que não está certo e dizemos-lhe "um não", ele pára de o fazer e, por vezes faz até beicinho... Outras vezes chora mesmo. O mais giro é ele abanar com a cabeça a dizer não, ainda não sabe bem o significado desta acção, mas reconhece o que tem que fazer se lhe dizemos para o fazer.

 

Voltou a acenar com o braço para dizer "Chau" (é verdade, aos 6 meses já o fazia, mas perto dos 7 deixou de o fazer)... Escusado será dizer que só faz quando quer! ( Eh... Eh... Eh...)

 

Reconhece perfeitamente o seu nome e começou também a reconhecer outros nomes.

 

Começou a ficar mais tímido na presença de estranhos, embora se adapte facilmente, após uns minutinhos de brincadeira. Por isso, fica um bocadinho ansioso quando se separa de nós pais e se apercebe que o deixamos nos braços de estranhos ou pessoas com que convive pouco. Quando está num colo mais familiar agarra-se como que a mostrar o seu agrado, e quando um desconhecido se aproxima esconde-se ou mostra o seu descontentamento. 

 

Consegue interagir mais com outras crianças, e tem preferência por crianças mais velhas do que ele. Fica todo entusiasmado cada vez que vê crianças!


Tirar fotografias e fazer vídeos começa a ser mais complicado pois não consegue estar quieto um segundo. É cada ginástica que é preciso fazer...

 

Adora passear e apreciar todo o ambiente à sua volta, quer esteja no carrinho ou no colo, mas sempre que ouve um som estranho ou mais forte assusta-se. O mais engraçado é ele entrar numa loja ou num supermercado e começar a desafiar as funcionárias, com sorrisos e olhares.


Continua a adorar que cantem, que falem, que o movimentem no ar, que brinquem, que lhe façam cócegas e que joguem ao "cu-cu" com ele. 


Delira com o momento do banho, que coincide com o final do dia, e apreendeu a brincar com a água, adora chapinhar! 

 

Consegue estar sentado sem qualquer apoio e rolar sobre si próprio, mas a grande novidade foi começar a gatinhar, rasteja mais do que gatinha, mas não deixa de ser super giro, e consegue deslocar-se relativamente rápido. É só colocar um brinquedo afastado dele ou um objecto diferente e lá está ele a rastejar a toda a velocidade para o alcançar.

 

Outra novidade que marcou este mês foi o gosto por andar. É verdade, o Gui adora que o segurem pelas mãos para ele dar passos e poder andar. Dá passos muito grandes e fica todo vaidoso e risonho cada vez que o fazemos.

 

Outra coisa gira foi começar a vê-lo a dominar a preensão fina apanhando migalhas com  o polegar e o indicador. Basta colocá-lo no chão e lá está ele a procurar ciscos no chão!

 

Os brinquedos (e não só) continuam a ser óptimos para levar à boca e atirar ao chão, por isso passa grande parte do tempo a fazê-lo. A grande novidade aqui é que agora demonstra preferência pelos brinquedos preferidos escolhendo inclusive com os que quer brincar.

 

Outra grande novidade que aconteceu mais perto de completar 9 meses foi o começo de comportamentos intencionais e ataques de fúria. Sempre que não gosta de algo grita, bate-nos, tenta morder-nos ou começa a atirar coisas para o chão, de forma a conseguir o que pretende. 

 

Como vêem foi um mês incrível e repleto de conquistas... É incrível como um ser tão pequenino se transforma tanto a cada dia que passa!

 

E porque nunca é de mais referir... Estamos super-super apaixonados pelo nosso Principezinho! ❤️

IMG_6973.JPG