Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

JANTAR DE RAINHAS

Tal como tinha prometido decidi partilhar umas fotos do meu Jantar de Rainhas que decorreu no passado dia 5 de Janeiro, no Restaurante Papagaio perto da Baixa do Porto.

 

Um Jantar simples mas repleto de carinho   

Jantar de Rainhas.jpg

Mais uma vez, e apesar da distância que agora nos separa, foi possível relembrar velhos tempos... Um tempo em que era frequente organizarmos jantares e convivermos fora do local de trabalho... 

 

Uma noite agradável onde tivemos direito a um adereço adequado ao tema e tudo...  Graças à Vaninha que nos presenteou com estas coroas feitas por ela 

 

Trocámos prendinhas... Mas acima de tudo matámos saudades e divertimo-nos imenso!

Troca de Prendas.jpg

 E no final, ainda fomos até às Galerias dançar e beber um copo... 

Na Baixa do Porto.jpg

Não sei até quando vamos continuar a partilhar momentos como estes... Às vezes tenho medo que o tempo e a distância nos afaste para sempre... Outras vezes sinto que posso contar para sempre com vocês...

 

De uma coisa podem estar certas: vou torcer para que continuemos a fazê-lo por muitos e longos anos, porque afinal a melhor rede social ainda é uma mesa rodeada de amigos! 

BOLO REI FRANCÊS

Galette-des-rois.jpg

Galette des Rois é o "Bolo Rei Francês" e, tal como o nosso tradicional Bolo Rei, come-se no dia 6 de Janeiro, para a celebração da Épiphanie (o chamado Dia de Reis, em Portugal) e representa um dos presentes dados a Jesus pelos reis magos. 

 

A receita é bem simples: massa  folhada recheada com frangipane, uma massa à base de amêndoas, ovos, creme e açúcar. Além do recheio outro ponto importante da receita é a fava, que fica escondida no meio da massa. Se bem que a fava propriamente dita não exista desde 1870, ano em que estas foram substituídas por bonequinhos de porcelana.

feves.jpg

A tradição de compartilhar a Galette des Rois é um momento de confraternização em família, onde há um ritual divertido a ser seguido... Segundo a tradição, o bolo deve ser dividido no número exacto de pessoas e aquele que achar a fava” é coroado o Rei da Épiphanie (ou Rainha) e tem direito de ficar com a coroa dourada de papelão que acompanha a galette. No ano seguinte, cabe ao "Rei" (ou Rainha) providenciar a galette.

 

Muitos franceses têm verdadeiras coleções desses bonequinhos, que são guardados como símbolos de boa sorte. Existe ainda um museu, o Musée de Blain, único em França, que possui uma coleção de mais de 20.000 "favas".

 

Por isso, hoje é dia de comer a Galette des Rois... 

 


Curiosidade

Sabia que a expressão francesa "trouver la fève au gâteau" (achar a fava no bolo) significa ter recebido sorte?

 

QUASE NO FIM....

reis magos.jpg

Hoje é Dia de Reis... Dia em que se celebra a visita dos três Reis Magos (Gaspar, Belchior e Baltasar) ao menino Jesus...

 

E embora o verdadeiro dia seja a 6 de Janeiro, esta data é celebrada, por norma, na noite de 5 para 6 (véspera do Dia de Reis).

 

Em Portugal, cantam-se as Janeiras e a seguir desta data começam-se a retirar os enfeites de Natal que decoraram as casas durante a época Natalícia...

 

É caso para dizer... Está quase no fim a época de Natal!

 

E hoje para mim o dia ainda é mais especial... Tenho um Jantar de Rainhas à minha espera... Um jantar na companhia daqueles que "deixei" quando saí do Hospital de São João para emigrar... Por isso lá vou eu até ao Porto... Se me deixarem, pode ser que ainda publique qualquer coisa depois... Até já amigos!

COMEÇARAM AS JANEIRAS!

As Janeiras.jpg

Depois de Dezembro, vem Janeiro... E com ele vem as Janeiras!... Mas afinal, o que são as Janeiras?

 

As Janeiras é uma tradição bem portuguesa, na qual um grupo de pessoas da terra se juntam, e vão "de porta em porta" a cantar, com ou sem instrumentos, desejando um Feliz Ano Novo. Normalmente começam no dia 1 e vão até ao dia 6, Dia de Reis, embora, muitos grupos prolonguem as Janeiras durante todo o mês.

 

As músicas e as letras são previamente estudadas, mas o grupo pode levar papéis para auxílio. São normalmente músicas conhecidas, e começam muitas vezes pela célebre frase "vamos cantar as janeiras" (se bem que a letra possa variar em cada terra).

 

Terminada a canção numa casa, espera-se que os donos dêem uma oferta, que normalmente se traduz em dinheiro e/ou chocolates... Para aqueles que não contribuem existem algumas quadras menos simpáticas que são cantadas também.

 

No fim de cantada as Janeiras, o grupo reúne-se e faz um convívio com aquilo que conseguiram ganhar.