Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

JARDIM DES TUILERIES

O Jardim de Tuileries é um dos mais importantes e antigos da região parisiense, e encontra-se inscrito na lista de Património Mundial da Unesco.

 

Localizado no 1º arrondissement de Paris, entre o Louvre e a Place de la Concorde, assim se chama devido do facto do local onde se encontra ter sido durante muito tempo, ocupado por fábricas de telhas e azulejos (tuiles = telhas).

 

Idealizado inicialmente em estilo italiano, o jardim foi renovado por André Le Nôtre, o mesmo artista que criou os Jardins do Parc de Sceaux e do Palácio de Versalhes, que o transformou num jardim francês clássico, simétrico e ornamentado com fontes e esculturas.

 

Para quem gosta de obras de arte, existem também dois Museus: o Musée de l’Orangerie (www.musee-orangerie.fr) e o Musée Jeu de Paume (www.jeudepaume.org). No primeiro podem-se ver as famosas Nymphéas de Claude Monet, bem como obras de Renoir, Picasso, Cézanne e Matisse; já o segundo é dedicado a exposições de fotografia e imagem. Em volta do Musée de L’Orangerie encontram-se muitas esculturas de Rodin, inclusive “O Beijo”.

 

O parque é sem dúvida muito frequentado quer pelos turistas como pelos parisienses, que aproveitam para desfrutar das muitas actividades que o parque oferece. Além disso, existem grandes lagos artificiais onde as pessoas se sentam, em volta, para contemplar a paisagem, ler um livro, conversar, descansar ou até aproveitar o sol.

 

Ao longo do parque existem cafés onde podemos lanchar e desfrutar das sombras das árvores (para os dias de maiores calor).

 

No Verão, de Junho a Agosto, existe ainda uma Festa (Fête des Tuileries) onde é montado um grande parque de diversões, mesmo ao lado do jardim, na Rue de Rivoli.

 

Um local sem dúvida a visitar!