Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

GRAN CANÁRIA

Em 2010, ficámos tão entusiasmados com Tenerife, que no ano seguinte decidimos que era uma boa ideia continuarmos a conhecer as Ilhas Canárias, por isso fomos de férias uma semana para a Gran Canária!

mapa canárias.png

Gran Canária é a segunda ilha mais povoada das Ilhas Canárias (depois de Tenerife), e tal como Tenerife, tem origem vulcânica. Possui uma forma quase circular, com uma superfície de 1.560 km² e cerca de 500 km de costa. A nordeste da ilha encontra-se a capital – Las Palmas.

 

A ilha possui apenas um aeroporto, o Aeroporto de Gran Canária, que se situa no município de Telde

 

Basicamente a ilha é dividida em duas partes: a zona sul (Playa del Inglés, Maspalomas, Meloneras, San Agustín, Puerto de Mogán, Puerto Rico...), mais quente e mais seca e a zona norte (Las Palmas, Playa de los Amadores...) muito mais verde e húmida. 

mapa gran canária.png

Sendo o sul da Gran Canária mais quente, esta é a região mais popular, contudo, é imperdível ir até à ilha e não percorrer as costas norte e oeste bem como o interior, onde existem paisagens únicas. A região central da ilha é coberta de montanhas, por isso as principais estradas estão perto da costa. O ideal será alugar um carro e cortornar a ilha, para conhecer alguns lugares mais remotos, esta pode ser contornada em poucas horas, mas para se desfrutar melhor de cada cantinho, o ideal é dividir a ilha e conhecê-la em dois dias. Um passeio onde verá áreas muito montanhosas e estradas muito estreitas e cheias de curva... Um cenário de cortar a respiração!

 

Se não quiser alugar um carro, saiba que a ilha possui uma extensa rede de autocarros (Global Bus) que passam pelas principais áreas turísticas. 

 

Tal como Tenerife, Gran Canária possui praias com grandes areais, paisagens montanhosas, um património cultural imenso, e um clima bastante agradável para passar umas férias, relaxar, divertir-se e desfrutar de um ambiente mágico. Uma ilha cheia de encanto que conquistou também o nosso coração!

 

Para quem quiser umas dicas, aconselho a visitar.... 

 

 

MASPALOMAS

Maspalomas possui uma faixa de 2000 hectares com 17 km de litoral maravilhoso, que oferece dunas, praias de areia branca, águas pouco profundas e um clima soalheiro durante todo o ano, não fosse esta região situar-se no sul da Gran Canária.

071.JPG

069.JPG

Aqui vai encontrar a famosa Playa del Inglés, as enormes Dunas de Maspalomas e o Farol de Maspalomas.

 

Playa del Inglês

Foi mesmo ao lado desta praia que ficámos hospedados. A Playa del Inglés possui um extenso areal de areia dourada, é uma das praias mais animadas de Gran Canaria, uma das mais famosas da Europa e a mais procurada de Espanha (atrai visitantes de todas as nacionalidades, sobretudo os amantes dos desportos aquáticos como a vela, o surf ou o kitesurf).

 

Muito turística, aqui encontrará tudo o que precisa... Lojas, bares, restaurantes e muita animação! 

230.JPG

239.JPG

025.JPG

042.JPG

 

Dunas de Maspalomas

Do outro lado da Playa del Inglês encontram-se as dunas mais famosas da ilha: as dunas de Maspalomas. Com cerca de 400 hectares, foram classificadas em 1994 como parque nacional. Podem ser atravessadas a pé ou de camelo, se não fosse o barulho das ondas da praia diríamos que estávamos no deserto.

015.JPG020.JPG

 

Farol de Maspalomas

Maspalomas não é apenas conhecida pelo seu enorme campo de dunas junto ao mar, ou pelo seu excelente clima, também é famosa graças ao seu antigo Farol (Farol de Maspalomas), de 55 metros de altura, que assistiu à chegada dos primeiros turistas e à conversão da zona num lugar de férias. 

 

Uma zona que vale a pena visitar!

076.JPG 

084.JPG073.JPG087.JPG085.JPG

 

 

LAS PALMAS
 
Las Palmas é a capital da Gran Canária e situa-se na região nordeste da ilha. Aqui encontra, quase no coração da cidade, as belas praias de areia dourada com águas muito tranquilas: a Playa de las Canteras e a Playa de las Alcaravaneras. 
 
Aproveite para visitar o centro da cidade, e não deixe de visitar o bairro de Vegueta (fundado em 1478), o bairro mais antigo da cidade que foi classificado Património Mundial da Humanidade pela UNESCO em 1990.
151.JPG

149.JPG 

 

PUERTO DE MOGÁN

Puerto de Mogán é um pequeno porto piscatório, cheio de charme, bem cuidado e sossegado, cuja marginal possui um complexo turístico com edifícios coloridos de estilo mediterrânico. As ruas são estreitas, e possuem pequenos jardins, bem como janelas repletas de vasos floridos. 

 

Por possuir uma uma rede de canais de água marinha, Puerto de Mógan é conhecido como a "Veneza Canária”. 

190.JPG

201.JPG

 

Playa de Mogán

Igualmente atraente é a praia de Puerto de Mógan, protegida por falésias, uma praia de areia vulcânica.

198.JPG

 

 

PUERTO RICO

Puerto Rico, outrora um pequeno porto piscatório, é um dos locais mais sossegados e mais encantadores do sul da ilha, que possui uma paisagem natural arrebatadora!

 

Situado na boca de um vale na costa sul da ilha, tem um dos melhores portos para partir em passeios de barco ao longo da costa. Sem falar que aqui o sol brilha quase todo o ano!

 

Um lugar a não perder onde encontrará duas praias de areia dourada com bastantes infra-estruturas: a Playa de Puerto Rico e a Playa de los Amadores, esta última (na nossa opinião) a praia mais bonita da ilha! 

 182.JPG

 

Playa de Puerto Rico

156.JPG
 
Playa de los Amadores 
A Playa de los Amadores, que significa, Praia dos Amantes, oferece 800 metros de areia dourada e águas cristalinas, uma praia quase paradisíaca e super acolhedora. 
163.JPG173.JPG

 

 

PUERTO DE LAS NIEVES

Puerto de Las Nieves é uma pitoresca vila piscatória na costa norte da Gran Canária. Cheia de charme e espírito das Canárias, é um local bastante popular entre os turistas. Basta um dia ou até meio-dia para explorar esta zona. As praias aqui são compostas de pedra mas não deixam de ser bem originais.

 

Na ponta sul desta vila encontrará o Dedo de Dios. Trata-se de uma pedra de basalto com 30 metros de altura que se ergue no oceano, diante das impressionantes falésias coroadas pelo Pinar de Tamadaba (um extenso pinhal). O Dedo foi danificado, em 2005, durante a tempestade tropical Delta mas continua o símbulo desta região.

219.JPG218.JPG215.JPG

 

 

SANTA LUCÍA DE TIRAJANA

Um lugar montanhoso onde vai encontrar uma aldeia pitoresca, com casas caiadas e numerosas palmeiras. No cume de um monte vai encontrar a Iglesia de Santa Lucía (construída em 1898).

123.JPG119.JPG118.JPG

 

 

TEJEDA

É a segunda menor aldeia da ilha, um lugar distante de tudo mas que é bem popular pelos seus restaurantes, bares animados, lojas de lembranças, especialidades locais, bem como passeios de burro para crianças.

141.JPG

140.JPG

 

 

 CURIOSIDADE (ou não)...

Quando visitámos esta ilha ficámos impressionados com a quantidade de gatos que existia na Playa del Inglês, ao longo da marginal no famoso "Paseo Costa Canaria". Gatos (e não só...) que eram alimentados devidamente, que estavam na rua e conviviam com os turistas... Escusado será dizer que cada vez que lá passava parava para fazer umas festinhas a cada um deles!

030.JPG

031.JPG

006.JPG

108.JPG

 

6 comentários

Comentar post