Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

E VOCÊS, TAMBÉM BEBEM CEVADA?

cevada.jpg

Se há cheiros e sabores que nos lembram a nossa infância, a cevada para mim é um deles... E não é propriamente a erva da cevada... Bem... Pensando bem, até essa me traz belas recordações...

 

Quem é que nunca brincou com a espiga da cevada ou do trigo? Não eram propriamente brincadeiras simpáticas, pois corríamos o risco de nos magoar... Lembro-me de vir da escola e pelo caminho passar por campos com as ditas espigas... Era uma tentação para nós miúdos, que em modo de brincadeira atirávamos as espigas para as camisolas para ver se estas ficavam "coladas"... Até em casa com os nossos primos, os nossos pais ou até mesmo os nossos avós esta brincadeira era frequente... E quem tivesse vestido com uma camisola de lã então é que não escapava a este tipo de brincadeiras!

 

Mas o que me traz mesmo boas recordações é a cevada em pó... Esta bebida tão simples mas para mim tão saborosa, faz parte dos meus tempos de infância... Do tempo em que eu vivi com os meus avós maternos... 

cevada1.jpgLembro-me de chegar da escola e a minha avó preparar cuidadosamente a cevada para o nosso lanche... Enquanto isso eu ía a pé até à mercearia buscar o pão que já estava previamente encomendado...  Chegava a casa e lá estava aquele cheirinho de cevada no ar...

 

Aquela cevada era certo que era feita com o maior carinho, punha-se a água a ferver, juntava-se a cevada em pó e deixava-se repousar uns minutos... Ao deitar para a chávena, tinha-se que ter muito "cuidado para não bebermos a borra", dizia a minha avó...

 

Para acompanhar a cevada, comia um ou dois pães com manteiga... Antes de cada dentada mergulhava o pão na cevada... Era um pequeno prazer que nos aquecia, sobretudo nos dias de maior frio...

 

E ainda hoje, passados alguns anos continuo a beber a minha cevada com o meu pãozinho com manteiga... Não digo que seja sempre... Mas quando vem o frio é quase certo... Sabe mesmo bem!

cevada 2.jpg