Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

COMO APRENDI FRANCÊS

Antes de decidir emigrar sabia que era preciso aprender francês. Não vou dizer que não tinha nenhumas noções porque estaria a mentir. Sim, tinha algumas bases da escola (do ciclo e do secundário) e gostava da língua, mas sabia que não era o suficiente até porque não praticava o francês há  algum tempo.

 

Perguntei-me muitas vezes se seria capaz de aprender sozinha tudo o que era preciso para trabalhar como enfermeira noutro país, pois sabia que era imprescindível saber falar e escrever para trabalhar.

 

Hoje acredito que toda a gente é capaz de aprender sozinha uma língua, mas para isso é preciso disciplina e determinação. E se tivermos alguém que estude connosco ou tenha o mesmo objectivo que nós, tudo se torna ainda mais fácil.

 

Comecei por estudar sozinha… Tinha os meus livros de francês da escola, um dicionário, um livro de gramática, e alguns sites na internet… Estipulei o número de horas que teria que começar por estudar por semana, pois sabia que quanto mais estudasse semanalmente, mais rápido aprenderia.

 

A internet foi também imprescindível para desenvolver o meu vocabulário.

 

Com o tempo, sentia que o meu nível de francês ía evoluindo, começava a ser capaz de ler blogs/sites de notícias estrangeiras, era mais fácil assistir a filmes estrangeiros (em francês), claro que com muitas limitações… Mas sem dúvida que me ajudaram imenso.

 

No entanto, e como o meu objectivo no início era ir para a Suiça, haviam pessoas que diziam que era preciso ter um certificado internacional da língua… Pesquisei na internet e encontrei a “Alliance Française” (http://www.alliancefr.pt/), onde fiz um teste para verificar o meu nível de francês… Inscrevi-me, frequentei alguns cursos e apesar destes serem um pouco dispendiosos, não me arrependo de os ter feito pois foram uma mais valia para mim. Ao mesmo tempo, obrigavam-me a estudar quando não tinha vontade, a cumprir horas de estudo, e a alcançar mais depressa os meus objectivos, porque quando se trabalha e se estuda ao mesmo tempo, arranjamos sempre uma desculpa para não estudar…

 

Hoje olho para trás e vejo que tudo isto foi importante para me ajudar a aprender francês.

 

Estou em França há um ano, sei muito mais do que sabia há um ano atrás, porque quando vivemos no país aprendemos ainda mais.

 

Tenho ainda muito para aprender, muitas vezes ainda tenho dificuldade em me exprimir, há expressões e palavras que não conheço… E apesar de me dizerem que até “falo bem francês”, estou ciente das minhas limitações, e tenho a perfeita noção que o caminho ainda agora começou!

 

 

Deixo aqui  alguns sites que eu aconselho a quem quer aprender ou até praticar Francês:

 

http://www.busuu.com/aprende-frances-online

pt.babbel.com/

http://www.tv5.org/

http://livemocha.com/

http://www.tresbienfrench.com/