Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

A VIAGEM DA NOSSA VIDA

mensagem de partida.png

 

E assim passaram 2 anos em que fizemos as malas, entrámos no carro e fizemos a maior viagem das nossas vidas... Recomeçando uma nova vida num outro país, sem amigos, sem conhecidos, apenas os dois!

 

Não foi fácil amadurecer a ideia de emigrar, muito menos de emigrar para aqui, mas quando decidimos que tinha chegado o momento, mergulhámos a fundo e decidimos que não olharíamos para trás... Confesso que o dia da partida não foi tão doloroso como imaginara... Acho que ajudou o facto dos meus pais e a minha irmã (mais nova) estarem na Alemanha, e ter apenas, em casa, a minha irmã mais velha e o meu cunhado...

 

Sabíamos que nada iria ser como até ali, e os amigos de sempre não estariam mais... Tínhamos medo da adaptação ao país, da língua, e de tantas outras coisas... Mas estávamos determinados e sabíamos que não podíamos voltar atrás, por isso tinhamos que dar o nosso melhor e acreditar que tudo iria dar certo...

 

Foram dois anos cheios de aventuras e de grande aprendizagem.

 

Confesso que os primeiros meses foram bastante complicados, longe de tudo e de todos... Arrisco até a dizer que só quem passa por uma situação semelhante é que sabe exactamente do que falo... 

 

Aos poucos fomo-nos integrando e fazendo novas amizades que foram fundamentais em todo este processo. E hoje, não posso dizer que nos sentimos como se estivéssemos em "casa"(e até acho que isto nunca vai acontecer), mas também não estamos arrependidos de ter vindo até aqui... Não nos sentimos emigrantes, não sabemos quanto tempo vamos ficar ou até se vamos um dia regressar a Portugal... Apenas queremos viver um dia de cada vez e aproveitar cada momento!

 

A vida dá tantas voltas que aprendemos que não vale a pena fazer tantos projectos, o importante é que as pessoas que amamos (mesmo longe) continuem sempre por perto.

8 comentários

Comentar post