Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

COM A CASA ÀS COSTAS...

IMG_6952.JPG 

Se há coisa que a malta aqui faz com muita frequência é mudar de casa, por isso os vizinhos são sempre diferentes... (o prédio onde eu moro foge um bocado a esta regra, mas acreditem que existem poucos edifícios assim) Por isso é muito frequente vermos as pessoas em mudanças, mas não são umas mudanças vulgares, são mudanças surreais que nos deixam de queixo caído... E sim, estamos a falar mesmo de Paris! 

 

Digamos que o carro serve para transportar quase tudo... Desde o colchão de uma cama de casal, em plena via rápida e de noite... Até o sofá da sala, em pleno domingo à hora do almoço...

IMG_6951.JPG

Por aqui vale mesmo tudo, mas tudo mesmo, até aquelas coisas mais doidas que vocês acham que seria impensáveis ou impossíveis! 

 

Estas duas fotografias são apenas dois pequeníssimos exemplos vivenciados por aqui, mas haveria pano para fazer um verdadeiro enxoval!

A LOJA DO PRINCIPEZINHO

Este fim-de-semana decidimos dar um saltinho à loja do "Petit Prince" em Paris... Já tinha um tempinho que queria ir até lá, como estava bom tempo aproveitamos e fomos os três até lá, de carro.

 

A loja situa-se numa ruela bastante engraçadinha e típica  (podem espreitar o vídeo que fiz no Instagram), mas para quem vai de carro estacionar para aqueles lados só mesmo num dos parques cobertos...

 

Estacionamos no parque mais perto que o GPS nos indicava, um parque coberto situado por baixo de um edifício, que tinha pelo menos uns 3 andares a baixo do nível do solo... Conseguimos lugar no - 2, o cúmulo foi o elevador do parque só dar acesso ao piso -1, a partir daqui tivemos que carregar o carrinho do Gui pelas escadas acima até chegarmos à rua (enquanto o Gui dormia sossegadinho lá dentro). Paris tem destas coisas maravilhosas: acessos para pessoas com mobilidade reduzida ou para carrinhos de bebé simplesmente não existem em muitos locais mesmo (ah pois é, não é só em Portugal que isto acontece)! Andamos um bocadinho e lá fomos ter à famosa loja do Principezinho... Um local pequenino mas cheio de encanto...

IMG_6938.JPG 

Para quem é fã desta história ou desta personagem vale a pena fazer um desvio até lá, se vier a Paris, pois existem diversos artigos giros a preços bastante variados. 

 

Enquanto percorríamos a loja a analisar os artigos expostos, o Gui acordou surpreso e bastante curioso com tudo o que havia à sua volta... A funcionária da loja, que tinha uns 30 anos (no máximo), aproximou-se do Gui e pensando que éramos ingleses começou a falar em inglês para nós... Contamos um bocadinho da nossa história e descobrimos que ela tinha um carinho muito especial por Portugal... Tinha estado em Portugal o ano passado nas férias de Verão, com o marido e o filho de 18 meses, em Lisboa e em Cascais, e adorou o nosso país.... Contou-nos que ficou impressionada com a simpatia das pessoas, o facto das crianças serem adoradas pelos portugueses, a nossa gastronomia, o nosso clima e a roupa fantástica que existe para bebés/crianças... Olhou para o Gui e disse que a roupa dele só podia ser portuguesa porque era super gira! É verdade, estamos a falar de alguém que mora em Paris, na capital da moda, dizia ela que era uma verdadeira perdição o que tinha visto por lá e que em Paris para comprar algo giro é preciso ir às marcas super caras... 

 

Foi mesmo bom ouvir uma pessoa daqui, uma verdadeira francesa, a falar tão bem do nosso Portugal, é óbvio que aproveitei para promover o Norte também (Eh... Eh... Eh...). Compramos três lembrancinhas e saímos da loja com um sorriso de orelha a orelha. Mas que bela surpresa tinha sido encontrar alguém assim por aqui.

 

De volta para o carro, e já quase a entrar para o parque, começamos a reclamar por termos que voltar a carregar "às costas" o carrinho do Gui pelas escadas do parque de estacionamento... O meu marido diz que o melhor é ir pela rampa dos carros, mas eu digo-lhe que talvez não seja boa ideia por causa da báscula... No mesmo instante o funcionário do parque, ouvindo a nossa conversa, diz que podemos ir antes pela rampa que até levantava a báscula se fosse preciso... Lá estava um português de Portugal, daqueles como nós, sem qualquer sotaque francês... Até nos esquecemos das malditas escadas.

 

Dois episódios simples do nosso dia-a-dia que marcaram bastante!

 

Para quem quiser comprar produtos na loja, saiba que acaba por compensar comprar os produtos online porque mesmo que se paguem os portes de envio o dinheiro que se gasta em parque de estacionamento acaba por ser o mesmo, se não mais até.

O CARNAVAL PARISIENSE

Hoje mal me conectei ao facebook deparei-me com uma série de fotografias de crianças mascaradas... Pois é, já nem me lembrava... O Carnaval está quase, quase, aí!

 

Por incrível que isto possa parecer por aqui essa data passa completamente ao lado dos Parisienses, o que causa em mim uma enorme nostalgia... Ainda vou pesquisar se se festeja em alguma terriola perto daqui... Logo eu que gosto tanto desta época...

 

Mal o Natal terminou às lojas começaram a substituir os artigos natalícios por produtos alusivos à Páscoa (que por sinal também pouco ou nada se comemora)... Máscaras de Carnaval quase não existem, por isso a primeira máscara do Gui foi comprada via internet pela Amazon.

 

Perante tanta fotografia que vi lá mascarei o Gui para ver como ele reagia... O resultado não foi muito positivo, 5 minutos depois de estar vestido de Mocho desatou a chorar todo enervado por estar com aquele fato... Que pena que foi, pois estava um Mochinho muito fofo!

 

 

Amanhã vou tentar vesti-lo mais uma vez, vamos lá ver como corre... De qualquer forma,  será sempre para ficarmos mascarados cá por casa pois se sairmos todos mascarados à rua é capaz do pessoal ficar a olhar um bocadinho mais para nós... Eh... Eh... Eh...

IMG_6936.JPG

UMA QUESTÃO DE SEXO...

Comprei o meu primeiro carro quando fui trabalhar para o Porto, na altura tinha 23 anos, e desde essa altura comecei a ficar mais familiarizada com coisas de mecânica... Tinha o exemplo da minha mãe, que sempre resolveu tudo sozinha nessa área (dominada mais pelos homens), por isso para mim fazia todo o sentido eu também me saber desenrascar...

 

Sempre tratei do meu carro sozinha, desde revisões, seguros, alinhamento de direcção, troca de pneus, limpezas e inspecções, nunca senti nenhum obstáculo nem nenhuma diferença no tratamento... Até ontem...

 

Marquei pela primeira vez uma inspecção do nosso carro português aqui em França, porque vamos legalizar o carro para francês (farei mais tarde um post sobre os passos a dar para fazer a legalização de um carro português)... À hora marcada compareci no centro de inspecções, no local apenas estava um funcionário com cerca de 30 anos... Expliquei porque estava ali (uma vez que o pedido tinha sido feito online) e disse que o veículo era português... Pediu-me a documentação necessária e informou-me que seriam precisos 30 minutos para a inspecção ser feita... 

 

Trinta minutos depois, entra no escritório, eu pergunto se há algum problema e ele responde que está tudo ok e já podia ir, só faltava colar a vinheta no vidro... Devolve-me a documentação do carro que lhe tinha dado e um papel com o resultado da inspecção, dirigi-se ao carro para colar a vinheta e eu limito-me a segui-lo enquanto guardo rapidamente todos os papéis...

 

Vinha toda contente por saber que o carro não tinha nenhum problema... Afinal o meu marido tinha visto defeitos no carro que não existiam... O meu marido liga a perguntar se estava tudo certo, e eu confirmo que sim.... Ao chega a casa, é curioso com o resultado, decidi ver o papel da inspecção... Afinal não estava tudo assim tão "ok", havia uma pequena lista de problemas, que embora não comprometesse a passagem na inspecção, precisavam de ser avaliados por um mecânico. Fiquei incrédula a olhar para o papel e sem perceber o motivo do rapaz do centro de inspecções não me ter explicado que o carro afinal apresenta uma série de pequenas anomalias.

 

Confesso que tinha notado um certo "ar" de machismo na sua expressão quando me viu na oficina, mas fiquei com algumas dúvidas... A partir do momento que eu lhe pergunto se o carro tem algum problema e este não me alerta sobre nada do que escreve, só posso concluir que ainda existe por aqui muita mente machista!

IMG_6929.JPG

TALÃO SEM PREÇO, POR FAVOR...

IMG_6923.JPG

A primeira vez que comprei uma prenda aqui em França e pedi um talão sem preço pensei que o funcionário da loja não estava a perceber o que eu queria por me estar a exprimir mal... Mas não, o problema não era mesmo meu!

 

Dá para acreditar nisto?! Em França existem imensas lojas que não emitem um talão do artigo comprado sem preço. Ora, nestes casos somos quase obrigados a dar o talão de compras à pessoa que está a receber o presente.

 

Fico furiosa cada vez que isto me acontece, e ontem foi mais um desses dias... Quando é assim, opto sempre por não colocar o talão na prenda, mas explico à pessoa o motivo de não existir o talão de troca... E no caso da pessoa querer trocar, aí sim sou obrigada a dar-lhe o talão com o preço!

 

Eu juro que evito comprar nas lojas que não emitem talões sem preços, mas às vezes torna-se uma missão quase impossível.

 

Mas será que só sou eu que me questiono a cerca disto?! Porque razão será que estas lojas funcionam assim?! Não será um direito do consumidor ter acesso a um talão sem preço?! 

 

Quando penso que em Portugal qualquer loja emite um talão sem preço, até mesmo as lojas dos chineses, custa-me a acreditar que este tipo de coisas aconteça por aqui! Se alguem me conseguir explicar este tipo de coisas, por favor, que me explique... 

EU E A YVES ROCHER

IMG_6711.JPG

Acho que toda a gente em Portugal conhece mais ou menos, ou pelo menos ouviu falar da famosa marca de cosméticos franceses "Yves Rocher", a única diferença é que aqui existem superfícies comerciais a vender os produtos e a disponibilizarem também uma série de tratamentos de beleza (limpezas de pele, massagens, depilações, entre outros...). 

 

Confesso que já conhecia muitos dos produtos, inclusive cheguei a ser "revendedora" da marca em Portugal, o que eu desconhecia era esta vertente de tratamentos de beleza... Ora, o ano passado pelo meu aniversário um casal amigo tinha-me oferecido um "cartão presente" da loja, que eu tinha decidido utilizar num tratamento... Como na altura estava grávida, e o cartão tinha validade de 1 ano, achei que seria melhor fazê-lo depois do  Gui nascer... O Gui nasceu, o tempo foi passando, até que achei que a altura era ideal... Perante as ofertas existentes, acabei por escolher algo que andava para fazer há muito tempo: um tratamento de limpeza facial.

 

Resultado: marquei a limpeza ao rosto e no dia compareci à hora marcada... Foram cerca de 50 minutos deitada numa marquesa super aquecida (não estivéssemos nós no Inverno) e a ouvir música chinesa (como diz a minha irma mais velha... Eh... Eh... Eh...) enquanto a funcionária me aplicava e retirava cremes e mais cremes... No meio destes cremes e após a dita limpeza (que consiste basicamente em espremer os pontos negros) a senhora pergunta-me se tenho alguma prótese metálica ou se estou grávida pois iria utilizar radiofrequência... Felizmente nem uma coisa nem outra caso contrário o tratamento teria ficado incompleto! Mas não fazia muito mais sentido terem-me perguntado isso antes de marcar a sessão?! Não sei se cometem sempre este tipo de lacunas, mas se o fazem só mostra falta de profissionalismo!

 

Apesar deste percalço, e de uma forma geral, a sessão correu bem e saí de lá satisfeita com o resultado final. De qualquer forma aqui fica o aviso para a próxima vez... Mais vale prevenir e perguntar se existem contra-indicações antes de fazer uma marcação do que quer que seja!

OFICIALMENTE DE FÉRIAS!

Hoje estou oficialmente de férias, o que significa que a minha licença para estar a cuidar do Gui terminou! Mas isto de eu estar de férias é só mesmo o "nome oficial" porque na verdade continuo a trabalhar quase 24 horas por dia... 

IMG_6919.JPG (Só não tenho é o cão... Eh... Eh... Eh...)

O GUI, O GORDO E A RODA...

IMG_6914.JPGToda a gente conhece o famoso "Preço Certo", o programa de televisão que continua a fazer sucesso na RTP1 há mais de uma década... E cá em casa não é exceção... Que o diga o Gui que é fã número 1 deste programa! 

 

Mas alguém consegue explicar este fenómeno de popularidade?! É mesmo engraçado ver o Gui super concentrado... Gosta de ouvir o Fernando Mendes, principalmente quando este se ri, mas o que ele vibra mesmo é no momento da roda girar... Aí pára tudo! Por isso, sempre que os concorrentes empatam, o Gui tem sorte pois tem direito a mais uns minutos de diversão!

 

E por aí, há mais algum bebé que fica fascinado com este concurso?! 

PARA O MEU SUPER-HERÓI...

IMG_6910.JPG

Hoje é um dia muito especial, o meu SUPER-HERÓI completa mais um ano de vida...

Não falo de um herói qualquer...

Falo do meu Pai, do primeiro grande herói da minha vida...

Um Herói, com um super coração, que nunca precisou usar capa para ser chamado de Herói...

Quem o conhece, sabe bem do que falo...

 

Este ano, tal como o ano passado, a data será comemorada de forma Especial...

Mais uma vez o meu Pai (bem como a minha mãe e a minha irmã) estará aqui amanhã para festejar este dia...

Porque Aquariano que é Aquariano é mesmo assim...

Gosta de celebrar esta data!

 

Parabéns ao meu Super-Herói!  

QUERIDO STEAMPOD...

IMG_6877.JPG

Este ano o meu marido ofereceu-me, no meu aniversário, um presente que faz um grande sucesso aqui, entre as mulheres, um Steampod! 

 

Para quem não sabe, o Steampod é um ferro de alisar, o cabelo, a vapor de alta tecnologia criado a partir de uma parceria entre a Rowenta Salon e a L'Oréal Profissionnel.

 

A novidade, é que em vez das famosas placas de cerâmica, este alisador de cabelo utiliza vapor de água contínuo a alta pressão para alisar o cabelo, o que permite um alisamento mais rápido e duradouro. Além de permitir um acabamento superior a qualquer placa convencional, ao utilizar vapor de água para alisar o cabelo, o Steampod oferece uma proteção capilar imbatível!

 

E ainda há mais... Não deixa a marca das placas na raiz do cabelo e, o melhor, é mesmo super mega rápido a alisar o cabelo, basta 1 a duas passagens e já está!

 

Só para terem uma ideia, depois que cortei o cabelo (já devem ter reparado que cometi esta pequena loucura, no início do ano) demorava cerca de 35 minutos a alisar o cabelo com a minha prancha convencional, agora demoro uma média de 12 minutos (ainda estou a ganhar prática também)!

 

O único "se não" é mesmo o preço que é um bocadinho carote mas, para quem passa a vida a alisar o cabelo, como eu, o preço acaba por compensar, e muito, se tivermos em conta todas as vantagens que este alisador apresenta! 

 

Para o mais curiosos, achei que seria útil deixar a Ficha Técnica do Steampod (retirada daqui) no final do post, bem como uma foto minha antes e depois de alisar o meu cabelo com esta maravilha!

IMG_6897.JPG

E vocês, já conheciam esta inovação?

 

 

FICHA TÉCNICA DO "Steampod 2.0 Slim" de L'oreal

 

 

MY SWEET VALENTINE

IMG_6891.JPG

Este ano com um sabor ainda mais Especial...

Tenho o "Valentim" mais doce de sempre!

UM DIA ESPECIAL 💙

Este sábado juntamos os amigos e a família e festejamos juntos o meu Aniversário...

Uma noite simples mas bastante agradável que teve um "toque" doce

do nosso Principezinho! 

IMG_6875.JPG

A FORMA MAIS FÁCIL DE COZINHAR COELHO!

Hoje decidi deixar-vos uma receita de coelho para experimentarem este fim-de-semana, um petisco bem simples e delicioso que a minha Tia Rosa me ensinou, e daí o nome: coelho à moda da Tia Rosa.

IMG_6862.JPG

Tenho a certeza que muita gente não conhece, por isso nada melhor que experimentar e passar depois aqui para deixar a sua opinião...

 

 

Ingredientes

1 Coelho de tamanho médio (partido aos pedaços)

1 litro de Azeite

1 colher de sopa de Vinagre

1 folha de Loureiro

2 Cebolas médias 

10 gr de tomilho moído (cerca de meio frasco)

Sal (a gosto)

 

1. Coloque numa panela a cebola picada, o louro e, por último, o coelho.
2. De seguida junte o tomilho, o sal, o azeite e o vinagre.
3. Leve ao fogão e deixe cozinhar cerca de 1h 30min, em lume brando.
4. Sirva acompanhado com batatas cozidas e uma salada.

IMG_6861.JPG

 Bom Apetite!

PORTUGAL NO SEU MELHOR

Ontem fiz anos, tinha combinado com o meu marido fazermos uma pequena comemoração a três porque a verdadeira festa, com a família e os amigos, tinha sido programado para o fim-de-semana...

 

Não tivesse eu amigas especiais que me fizeram uma surpresinha, ontem, ao aparecerem na minha casa com um bolinho e uma vela, ao mesmo tempo que me cantavam os parabéns... Escusado será dizer que adorei o gesto! Com isto, acabamos o dia no restaurante a festejar, não a 3 mas a 7! 

 

Para ser um bocadinho diferente, já tinha escolhido que iríamos a um restaurante francês, de forma a mudar um bocadinho "de ares" e não estarmos sempre a frequentar restaurantes portugueses... Ninguém se opôs à ideia até porque havia quem já lá tivesse ido... O mais engraçado disto tudo foi a meio do jantar começarmos a ouvir música portuguesa... Foi mesmo muito estranho, parecia que estávamos a delirar... De repente, demos por nós concentradíssimos a tentar ouvir de quem era a música, que vinha discretamente da zona da cozinha e, por instantes, foi como se estivéssemos em Portugal... 

 

Pode parecer ridículo, mas o simples facto de se ouvir uma música portuguesa, num lugar distante e inesperado deixa qualquer Tuga neste estado... Ficamos todos com uma enorme vontade de perguntar se havia algum Tuga a trabalhar por ali, mas ficamo-nos só pela "vontade"...

 

Mais um momento que ficará nas nossas memórias...

IMG_6856.JPG

 

HOJE O DIA É MEU ❤️

IMG_6832.JPG

Hoje o dia é só meu, é o dia do meu Aniversário! Parabéns... Parabéns... A mim!

 

Não sei se vocês também gostam do dia do vosso Aniversário, eu gosto, e quem me conhece sabe bem disso. 

 

Para mim, este é um dia que deve ser comemorado... Comemorar os anos passados, e o presente, todas as nossas lutas e as nossas conquistas... A família que temos, a família que construímos e a felicidade que ela nos dá... Os amigos de sempre e os amigos de "agora"... Um dia muito especial, sim, onde devemos ver o lado melhor da nossa vida, pois esse é o lado que dá sentido à nossa existência!

 

A mim, e a todos vocês que continuam bem pertinho do meu coração, o meu muito obrigado!

 

 

Pág. 1/2