Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

As Nossas Voltas

A vida dá muitas voltas, e foi numa dessas voltas, que nos tornamos emigrantes e viemos parar a Paris. Um blog sobre um pouco de mim, um pouco de nós, o dia-a-dia e não só.Simples mas cheio de ternura e dedicação!

ECOGRAFIAS NA GRAVIDEZ

image.jpeg

Amanhã é um dia muito importante, vamos fazer a Ecografia do Segundo Trimestre de Gravidez, que por sinal é a mais importante delas todas!

 

Como ainda não tinha abordado este tema em nenhum post, e em vez falar apenas da ecografia que vou fazer amanhã, achei que seria mais interessante fazer um apanhado geral sobre este asunto que tanto questiona as grávidas e os papás.

 

 

 

 

MAMÃ, PAPÁ, JÁ VOS CONSIGO OUVIR!

image.jpeg

Hoje entrámos na 22 semana de gravidez, e as alterações são tão maravilhosas que tinha que partilhar com vocês este delicioso momento!

 

Nesta fase o nariz e a boca já estão bem desenvolvidos, as pálpebras já devem estar formadas e as sombrancelhas estão a desenvolver-se, as unhas já estão formadas e o cabelo estará agora a crescer... Dá para imaginar a minha curiosidade em saber a cor e o tipo de cabelo que ele terá!

 

O cérebro continua a desenvolver-se rapidamente,  e este desenvolvimento irá continuar até aos 5 anos de idade.

 

O paladar começa a desenvolver-se cada vez mais, e normalmente, ele já consegue distinguir o que é doce e o que é amargo, por isso ele fará caretas sempre que comermos alguma coisa mais azeda.

 

Os braços e as pernas já se desenvolveram o suficiente, por isso o bebé mexe-se agora com muita mais facilidade, daí que é nesta fase que se começa a sentir o bebé a mexer... Eu ainda não senti nadinha, mas não vejo a hora de registar este momento!

bebé a mexer.jpg

A audição está tão desenvolvida que é capaz de ouvir com nitidez qualquer som à sua volta, inclusive ouvir a voz da mãe e do pai! A altura ideal para começar a falar-lhe, a cantar e pô-lo ouvir músicas.

 

Consegue sentir as carícias feitas na barriga da mãe, o qual o reconforta bastante, por isso ao massajar a barriga estabelecemos contacto e comunicá-mos com o nosso bebézinho.

 

São tantas alterações fantásticas que me deixam cada vez mais apaixonada, é impressionante como um ser tão pequenino é capaz de sentir e fazer tantas coisas maravilhosas!

O ESSENCIAL PARA UM QUARTO DE BEBÉ

image.jpeg

Toda a gente sonha com o quarto mais lindo do mundo para o seu bebé, ainda por mais quando se é mãe e pai de primeira viagem, como é o nosso caso, existem tantas coisas lindas e fofas no mercado que facilmente somos tentados em comprar artigos que muitas vezes nem sabemos até que ponto têm funcionalidade.

 

A pensar nisso, e dado que só temos um quarto, e não pretendemos mudar de apartamento de imediato, o quarto do Gui será inserido no nosso, pelo que iremos comprar apenas os artigos que são fundamentais para o bem estar do nosso Principezinho. 

 

Tendo em conta uma pesquisa baseada em vários testemunhos na internet, chegámos à conclusão que o essencial para o quarto do Gui passa por comprar:

 

 

O CORAÇÃOZINHO DO GUI

coração de mãe.jpg

Quando contámos aos nossos amigos que estava grávida, eles ofereceram-me uma prendinha muito fofa, um aparelho para ouvir o coraçãozinho do bebé em casa: o ecodoppler fetal. Confesso que me era totalmente desconhecido, mas assim que o vi apaixonei-me logo! Existe coisa melhor que podermos ouvir o coraçãozinho do nosso bebezinho? 

 
Tinha cerca de 11 semanas de gestação quando ele nos foi oferecido, e embora na caixa viesse descrito que era possível ouvir o coraçãozinho do bebé a partir das 12 semanas, nós só o começamos a ouvir às 16 semanas.

 

Além de podermos ouvir os batimentos cardíacos em tempo real, o aparelho permite gravar os batimentos cardíacos do bebé de forma a poder guardar essa recordação para sempre!

 

Um presentinho bastante útil que utilizámos bastantes vezes... Sempre que nos lembramos, lá vamos nós ouvir o coraçãozinho do Gui!

 

 

ACERCA DO ECODOPPLER FETAL

ecodopler fetal.jpg

Em que consiste?

O aparelho é composto pelo:

- Aparelho de monitorizar os batimentos cardíacos (que possui duas entradas: uma para colocar os fones de ouvido e outra para conectar o cabo no computador)

- Fones de ouvido

- Cabo para conectar no computador (para ouvir e gravar no computador os sons)

- 2 Cd's (para gravar os sons no computador)

- Pilhas (normalmente não estão incluídas)

- Gel (opcional)

 

Como se utiliza?

Basta colocar o gel (igual ao que se utiliza para fazer as ecografias) ou algum creme de corpo ou óleo de corpo sobre a barriga e deslizar o aparelho até encontrarmos o som do coraçãozinho do bebé, que é muito mais rápido do que o nosso.

 

Existem inconvenientes na sua utilização? 

Não há indícios de que faça mal para o bebé, de qualquer forma recomenda-se a sua utilização no máximo de 3 vezes/ dia, porque ficar o dia todo a pressionar o útero para escutar o bebé a todo momento, não é lá muito confortável.

 

 

Para quem está a pensar adquirir o aparelho, saiba que nem sempre é possível ouvir o coraçãozinho do bebé pois basta ele estar numa posição mais estranha para que o aparelho não consiga captar o som... Por isso, nada de entrar em pânico se alguma vez isto acontecer!

O SUSTO DO ANO!

perigo na cozinha.jpg

Este fim-de-semana quase que provoquei uma tragédia lá em casa... Já a algum tempo que não me dedicava a fazer um bolinho, por isso, e como os nossos amigos vinham até cá, o momento era oportuno.

 

Comprámos o que era preciso, e estava decidida a fazer um bolinho de laranja ou de chocolate, o problema foi ter aberto o armário da cozinha e ter visto uma lata de ananás... Num ápice mudei de ideias e decidi fazer o nosso bolinho de ananás favorito... 

 

Maldita hora em que abri aquele armário e vi aquela lata de ananás... Foi graças a esta mudança de planos que quase peguei fogo à casa... Como só temos formas de fundo amovíveis, e uma vez que não era a primeira vez que o fazia, preparei o bolinho e coloquei-o no forno. Mal o coloquei, reparei que haviam umas gotas de caramelo a cair pelo fundo da forma, mas achei que com a cozedura do bolo aquela situação iria rapidamente parar... Engano meu! Foram apenas precisos 10 minutos para deixar de ver o bolo no interior do forno... 

 

Nem imaginam a nuvem de fumo preto que saiu quando abri a porta do forno... Numa fracção de segundos, a casa ficou repleta de fumo! Tinhámos um "bolo defumado" e um forno cheio de caramelo carbonizado, mas o pior ainda estava para vir... Naquele instante entre retirar o bolo e abrir as portas e as janelas, o fundo do forno incendiou-se... Valeu a presença do meu marido que rapidamente controlou a situação colocando um pano encharcado, em água, por cima das chamas. Felizmente ele estava em casa, pois naquele momento de pânico, eu teria deitado água directamente para dentro do forno... E aí sim, teria provocado uma catástrofe!!!

 

Felizmente as coisas acabaram por correr bem... É óbvio que tivemos um trabalhão enorme para desaparecer com aquele cheiro da casa, limpar aqueles estragos todos, e fazer outro docinho para receber os nosso amigos, mas uma coisa eu tenho certeza: não volto a fazer bolos em formas de fundo amovíveis!!!

RECICLAR ROUPA DÁ DINHEIRO!

arrumações.jpgHoje decidi acabar com a preguiça e fazer algo que já andava a adiar à algum tempo: fazer uma reciclagem na minha roupa! 

 

Há quem mude a roupa dos roupeiros à medida que muda a estação do ano, mas eu nunca tive este hábito talvez porque a minha mãe nunca o fez... Por isso, cada vez que me dedico a fazer isto descubro roupas que não me lembrava de ter... Sim, tenho que admitir um mau hábito: por mais voltas de dê ao roupeiro tenho sempre tendência a usar a mesma roupa!

 

Estava tão empenhada a desfazer-me de tanta coisa que acabei por fazer uma "limpeza" geral no quarto... Resumindo: ganhámos mais espaço no quarto e ainda vou ver se consigo ganhar um dinheirinho extra com roupa que estava destinada a parar ao caixote do lixo... Sim, porque aqui, ao contrário do que existe em Portugal, não existem contentores de roupa para deixar a roupa que não usámos,  aqui as pessoas vendem a roupa que não utilizam na internet (coisa que nunca experimentei mas penso não ter jeitinho nenhum) ou então vão para feiras de "velharias" (as chamadas "brocantes", em francês) e vendem os artigos de forma a ganhar um dinheiro extra. Ora o que eu descobri não dá para ficar rica, mas para quem não tem jeito para o negócio pode ser bastante útil...

 

Existe uma campanha lançada pela conhecida marca de roupa "H&M" que consiste numa recolha de roupa que as pessoas não utilizam, em troca, por cada 3 artigos entregues, a marca oferece 1 vale de redução de 5 euros (cada pessoa tem direito a levar 3 artigos por dia). O vale pode ser utilizado em todas as lojas da marca em compras superiores a 30 euros.

 

Eu já fiz a minha triagem cá em casa, agora resta-me ir a uma loja obter os vales!

 

ASSIM VOCÊ ME MATA...

image.jpeg

 

Não sei se são estas temperaturas negativas, ou se é da minha gravidez, mas esta semana ando com uma preguiça tão grande, mas tão grande, que não fiz nadinha de jeito... A não ser dormir!

 

Só para terem uma ideia, hoje, para fazer este simples post demorei uma média de 3 horas!

 

Vidinha difícil... Espero que amanhã seja melhor!

A LISTA DE ROUPINHA DO GUI

image.jpeg

Para muitos até pode parecer estranho, mas só começamos a comprar roupinhas quando descobrimos o sexo do nosso bebezinho. Achámos que era muito precoce começar a fazê-lo antes, e talvez por não o termos feito, fomo-nos deliciando mais com as roupinhas que nos eram oferecidas. 

 

Aproveitámos a época de saldos e começamos a comprar algumas roupinhas... Tarefa nada fácil... São tantas coisas lindas e irresistíveis que dá vontade de comprar quase tudo o que se vê! Por isso, e tendo em conta o que as pessoas nos íam dizendo, achámos que seria melhor fazer uma lista das coisas absolutamente necessárias, caso contrários corríamos o risco de entrar em despesas desnecessárias.

 

O ideal é comprar roupinha:

- prática e confortável para o bebé, às vezes um conjuntinho até pode parecer super fofo mas nada adequado para a criança;


- 100% em algodão, uma vez que a pele do bebé é bastante sensível, assim evitam-se possíveis alergias (o ideal é que toda a roupinha seja 100%, ao menos, no primeiro mês de vida. Os bodies devem ser sempre 100% em algodão, independentemente da idade);

 

- que no interior não seja áspera ou tenha bordados, para isso deve-se passar a mão por dentro das roupas;

 

- tendo em conta a estação do ano que o bebé vai nascer;

 

- e não muito pequena, porque se o bebé tiver um tamanho normal nem chega a vestir essa roupa, nada melhor que esperar pela última ecografia para ter uma ideia do tamanho do bebé. Assim, se este fôr pequenino está sempre a tempo de comprar.

 

 

Mas antes de utilizar, não se esqueça de:

- descoser as etiquetas da roupa interior para que não irritem a pele do bebé;

 

- e lavar a roupa em separado (à mão, com água quente e sabão neutro; ou à máquina, com detergente especial para os bebés);

 

 

Mas afinal quantas peças devemos comprar? O que devemos comprar para na hora nada nos faltar? A pensar nisso, fiz uma pesquisa na internet e descobri que a lista de compras é realmente extensa, por isso nada melhor que partilhar com vocês as conclusões a que cheguei... 

 

 

ESTÁ ESCOLHIDO!

nomes do Principezinho.jpg

Tanto eu como o meu marido, antes de engravidar, nunca tinhamos pensado no nome de um filho (a) por isso, quando engravidei, decidimos que o nome seria escolhido assim que descobrissemos o sexo do nosso bebezinho.

 

Bem no início da gravidez tinha um feeling que iria ser um menino, já o meu marido achava que seria uma menina... Nenhum de nós tinha preferência, mas era inevitável não pensarmos no sexo do bebezinho... Tudo mudou quando fiz a primeira ecografia, não me perguntem o motivo até porque nenhuma hipótese nos foi apontada nessa altura, mas naquela dia ambos saímos com a intuição que seria uma menininha... 

 

Depressa uma amiga minha escolheu o nome de Matilde, e a ideia foi tão bem recebida que os dois brincávamos com a situação...

 

Quis o destino que a minha primeira intuição fosse afinal a certa... Afinal não era uma Matilde que vinha a caminho, mas sim "um Matilde"...  O nome tinha que ser mudado...

 

Escolher o nome de um bebé não é nada fácil, é algo que vai acompanhar a pessoa para a vida e que a identificará para sempre... Sabíamos que a responsabilidade era grande, daí que ambos colocávamos hipóteses e discutiamos depois, tendo em atenção que o nome teria que obdecer a 2 critérios:

 

- Ser português, mas pronunciável aqui em França. Português porque nenhum de nós queria que fosse francês, e fácil de pronunciar para não corrermos o risco de lhe chamarem algo como "Joaó" que é como quem diz "João"! 

 

- e ter significado. Sei que ninguém vai pensar nisso, mas eu acredito que o significado diz muito sobre uma pessoa.

 

Depois de alguma reflexão, chegamos a um consenso, decidimos que o nosso Principezinho vai chamar-se GUILHERME, que significa “protetor decidido” ou “protetor corajoso”. Um nome de origem germânico Willahelm, composto pela união dos elementos will, vilja, wailja, que significa “vontade, desejo” e helm, hilms, que quer dizer “proteção, capacete”. Há estudiosos que atribuem outro significado possível para Guilherme, proveniente também do germânico, mas que quer dizer “aquele que se encontra sob a proteção de Vili”, onde Viliseria seria um deus nórdico e germânico, irmão de Odin.

 

A partir de agora o nosso Principezinho pode ser chamado pelo seu nome! 

Guilherme.jpg

TAG: TOP 5 CHOCOLATES

Hoje temos um desafio bem guloso proposto pela Rute, que consiste em nomear os meus 5 chocolates favoritos. Antes de começar, agradeço esta nomeação!

 

Aqui vão eles:

 

1. M&M's (de amendoim)

m&m amendoin.jpg

 Só de olhar para a embalagem começo logo a salivar!

 

2. Kinder

kinder.png

 

Eu sei... Sou uma eterna criança!

Aquela combinação do chocolate com leite... Hum...

IRRESISTÍVEL! 

 

 

3. Nutella

nutella.jpg

Palavras para quê?!

 

 

 

O MELHOR DE 2015

Happy new year 2015.jpg

No final do ano de 2015 fui desafiada pela Jess a partilhar o melhor de 2015, por isso aqui ficam as minhas respostas...

 

 

As regras do desafio são as seguintes: 

- Fazer o Top 3 de cada Item.

Substituir um dos items iniciais por um outro à escolha, criado por vocês.

Desafiar 3 blogs para continuar o desafio. 

 

As 3 músicas preferidas de 2015:

 Thinking Out Loud, Ed Sheeran

 Photograph, Ed Sheeran

 Hello, Adele

 

Os 3 momentos mais engraçados de 2015:

 Quando anunciamos aos amigos e à família que estava grávida (a cara de cada um ficará marcada para sempre nas nossas memórias)

 Quando aparecemos de surpresa na Alemanha, na casa do meu pai (adorei a cara de espanto do meu pai quando nos viu da janela da sala)

 Quando fomos ao Parc Astérix com os amigos (fartámo-nos de rir, um dia repleto de aventuras)

 

Os 3 melhores filmes:

Jurassic World 

 Qu'est-ce qu'on a fait au Bon Dieu? (Que mal fizemos a Deus?)

 50 Sombras de Grey

 

Os 3 momentos mais altos de 2015:

 A minha gravidez 

 O nascimento dos meus 2 sobrinhos do coração

 As viagens com os amigos

 

As 3 maiores mudanças na tua vida em 2015:

 Ser mãe

 Ser mais frontal com as pessoas 

★ A compra de um segundo carro

 

As 3 coisas que pretendes deixar para trás em 2015:

 As pessoas que não trazem nada de bom à minha vida

 Trabalhar de noite

 A falta de vontade para praticar desporto

 

Troco as 3 maiores mudanças na tua vida em 2015 pelos 3 maiores projectos para este ano, 2016 e desafio: 

A Senhora do Gatinho

Os Contos da Menina Mulher

O Melhor Blog do Mundo

 

E que 2016, que ainda agora começou, seja um Ano Espectacular!

20 SEMANAS DE AMOR

20 semanas de amor.jpg

E assim chegamos a meio da gravidez, sim 20 semanas já passaram! E se para muitos a minha barriga continua pequena, eu já a sinto bem crescidinha!  
 
Sinto-me na melhor fase da gravidez, por isso quero aproveitar ao máximo para organizar tudo a que me propus... A única coisa que sinto é a barringuinha e as mamas maiores, e um cansaço mais acentuado do que antes, de resto não sinto nada de alterado... Os enjoos/nauseas passaram, as dores de cabeça também, e o apetite esse continua o mesmo de quando não estava grávida.
 
Se não olhar para a minha barriga, às vezes, até penso que não estou grávida, estou ansiosa para começar a sentir o meu bebezinho mexer... Dizem que é uma sensação maravilhosa, e eu não vejo a hora de poder sentir o mesmo!
 
Às 20 semanas continuo a usar as mesmas roupas que usava antes, valem as calças de ganga com cintura  descida e as camisolas e camisas largas que eu sempre usei! A única coisa que tive que comprar foi mesmo roupa interior, de resto nada mudou.
 
Olho para trás e sinto que o tempo passou depressa de mais, agora que me sinto em plena forma é hora de começar a organizar e a planear tudo para que possamos receber o nosso Principezinho.
 
Estou tão Feliz que sinto necessidade de partilhar esta minha Felicidade com o Mundo!

IT'S A BOY!

image.jpeg

Ontem fui a mais uma consulta de obstetrícia... Uma consulta que mudou mais um bocadinho as nossas vidas...

Descobrimos que vem aí um PRINCIPEZINHO! 

O primeiro fatinho dos papás já foi comprado, falta agora decidir o mais complicado...

O nome pelo qual ele vai ser chamado...

E ASSIM TERMINAM MAIS UMAS FÉRIAS...

image.jpeg

Bem pertinho da hora de embarcar, aqui estamos nós a tomar o nosso último lanchinho em terras Lusas... No coração fica já uma grande saudade da família e dos amigos que continuam aqui! 

 

Felizmente, existem pessoas do outro lado que estão à nossa espera e que são fundamentais para que tudo isto seja bem mais fácil... E é, sobretudo, por este motivo que não temos razões para deprimir... É tão bom sentir o carinho das pessoas, e nós temos tido a sorte disso mesmo!

 

Aos que ficam aqui e aos que nos esperam do outro lado, um "até já"!

E O BURRO SOU EU?!

image.jpeg

Sempre que vimos de férias a Portugal fazemos questão de comer as famosas Bolas de Berlim de Viana, por isso no sábado lá fomos nós matar saudades... Como é habitual, esperamos na fila para arranjar uma mesa, sentamo-nos e esperamos que o funcionário viesse... O tempo ía passando e entretanto mais 4 ou 5 mesas ficaram livres e foram ocupadas por outras pessoas... Nesse momento um dos funcionários chegou, e começou a atender as pessoas tendo em conta o "factor C" (que é o mesmo que dizer: "de acordo com o grau de conhecimento que ele tinha das pessoas")... Uma mesa atendida, nós continuávamos à espera, e simultaneamente uma senhora que se encontrava na mesa ao lado da nossa gritava "e para aqui são 3 bolas"... O funcionário leva as ditas bolas como se fosse um pedido normal, ao mesmo tempo que a senhora, continuava o pedido: "e são 3 taças de vinho branco"... Incrédula com aquela "peixeirada", abordei o funcionário e mostrei-lhe o meu desagrado com toda aquela situação, disse-lhe que tinha que ter mais cuidado com a ordem de chegada dos clientes e fiz o nosso pedido... Claro que o funcionário não reconheceu o que estava a fazer, e sem ser chamada ao assunto a "xica esperta que gritou pelas Bolas de Berlim" ainda teve a lata de se sentir ofendida e dizer "sei que isso foi para mim, mas sabe, eu venho aqui muitas vezes e sei como isto funciona"... Nem queríamos acreditar no que ela estava a dizer... Rapidamente nos apercebemos que aquela "xiqueza" era só "fogo de vista"... O meu marido ainda ignorou e disse que era mais por causa da outra mesa, mas eu ainda senti que lhe devia demonstrar que não devia ser assim, por isso ainda lhe respondi: "nós também vimos aqui muitas vezes e conhecemos a falta de organização e profissionalismo daquele funcionário, por isso fizemos questão de lhe dizer que tem que ter mais cuidado na forma como trata os clientes, há que ter em atenção a ordem de chegada pois o espaço é minúsculo, sem falar que existe um risco das Bolas de Berlim se esgotarem rapidamente, por isso o melhor é prestar atenção à ordem de chegada."

 

Pensando eu que a história ficava por aqui, no momento que me vou levantar da cadeira para ir embora, a "xica esperta" ainda teve a "grandessíssima lata" de fazer o seguinte comentário: "está a ver, foram atendidos depois e comeram primeiro!"... Nem queria acreditar que ela me estava a provocar, ela que tinha idade para ser minha mãe, acompanhada de um casal que tinham aparência para ser seus filhos... Se ela pensava que eu "ía descer tão baixo como ela", enganou-se na pessoa... Olhei para ela e tornei a repetir: "já lhe disse que também venho aqui várias vezes, e acho que aquele funcionário não tem profissionalismo nenhum, já não é primeira vez que isto acontece... Além disso está alí uma mesa com espanhóis, e para quem recebe turistas e não só, isto só demonstra, no mínimo, falta de respeito pelos clientes... Mas é a minha opinião!"... Saí em direção à porta, respirei fundo 3 vezes, expliquei ao meu marido o que ela ainda me tinha dito e fiquei com a sensação que aquele ser continuou a achar que ela é que tinha sido esperta pois conhecia, melhor do que ninguém, o funcionamento daquela pastelaria...

 

É cada ser mais raro que se cruza no nosso caminho ultimamente... Haja paciência para aturar isto! Ai se eu não gostasse tanto daquelas Bolas de Berlim, podem ter certeza que não me viam mais lá!